A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Questões de Cavidade Nasal

Pré-visualização | Página 1 de 1

Descreva a função e as divisões do Nariz e Cavidade Nasal. 
Tem a função de aquecimento, umidificação e, de certa forma, filtragem do ar inspirado em razão da 
presença das vibrissas. Todas essas funções é por conta do epitélio que reveste todo aparato de 
condução do ar, o qual tem forma de cílios e células que produzem muco. 
A cavidade nasal é o espaço entre o teto da cavidade oral e a base do crânio. Externamente se abre 
através das narinas e se divide ao meio pelo septo nasal (osteocartilagíneo vertical). Na cavidade nasal 
encontra também a parte nasal da faringe, que está na porção final da faringe. Se comunica com os seios 
paranasais e tambem comunica sua porção final com a nasofarínge.
NARIZ E CAVIDADE NASAL 
Descreva os ossos que compõe a cavidade nasal, suas porções e seus limites. 
O esqueleto ósseo auxilia a formar a abertura piriforme (ossos nasais e maxila). O esqueleto 
cartilagíneo são processos laterais da cartilagem do septo nasal que irá se expandir para regiões 
próximas dos ossos nasais.
Toda cavidade tem um teto, parede lateral e assoalho, visto que a cavidade nasal também tem uma 
parede medial. A cavidade nasal é o espaço entre o teto da cavidade oral e a base do crânio. O teto da 
cavidade oral corresponde ao processo maxilar do osso palatino e o osso palatino. A base do crânio ou 
teto da cavidade nasal corresponde ao osso nasal, uma parte do osso frontal, osso etmóide (com a 
lamina cribriforme). A parede medial é formada pela quilha do vômer, lâmina perpendicular do osso 
etmóide, além da lâmina que forma a cartilagem nasal.
Na parede lateral encontra-se,dividas em três porções, as conchas nasais, sendo a inferior (100% óssea), 
média (osso e cartilagem) e superior (mais cartilagem que osso). Todas as conchas se curvam 
inferomedialmente, cada uma sendo teto de um sulco, isto é, o meato nasal.
Qual o suprimento vascular da cavidade nasal? De onde derivam?
A cavidade nasal será vacularizada pelas ramos de três principais artérias: a. Oftálmica, a. Maxialar e a. 
Facial, sendo a artéria maxilar e facial ramos da artéria carótica externa e a artéria oftálmica é o primeiro 
ramo intracraniano da artéria carótida interna.
A. Oftálmica — É dividida em etmoidal anterior e posterior, as quais irrigam as células etmoidais, seios 
frontais e o teto da cavidade nasal, incluindo o septo nasal.
A. Maxilar — Um dos ramos é a A. Esfenopalatina (principal ramo), a qual irriga a túnica mucosa, conchas 
nasais, meatos nasais e da parte posterior do septo nasal. Outro ramo é a a. Palatina maior.
Quanto a inervação da cavidade nasal, quais suas porções?
A inervação da cavidade nasal pode ser dividida em duas partes: porção olfatória e porção respiratória.
A porção olfatória deriva do nervo olfatório. A porção sensitiva deriva do nervo trigêmeo nas suas 
divisões maxilar e oftálmica.
Vascularização Inervação 
Quantas porções tem dos Seios Paranasais? Quais suas peculiaridades? 
Os Seios Paranasais são as aberturas nos ossos pneumáticos, sendo o seio frontal, células etmoidais, 
seio esfenoidal e seio maxilar.
Todos os Seios Paranasais vão se abrir para parede lateral da cavidade nasal, entre os meatos nasais. 
Permitem tanto o equilíbrio do ar entre os diferentes espaços aéreos, além da depuração do muco do 
seios e são revestidas pelo espitélio respiratório.
Seio Frontal — Posteriores aos arcos superciliares - lâmina externa e interna 
do osso frontal. Raramente são simétricos. A abertura de cada seio frontal se 
abre na parte anterior do meato nasal médio. Há também um recesso 
chamado de frontonasal.
Seio Efenoidal — São cavidades irregulares grandes dentro do corpo do 
esfenoide, posteriores a parte superior da cavidade nasal. Se abre para o 
recesso esfenoetmoidal. 
Os seios esfenoidais estão relacionados superiormente com o quiasma óptico 
e com a glândula hipófise. Além disso, de cada lado com a artéria carótida 
interna e com o seio cavernoso. 
Seio efenoidalSeio frontal
Células Etmoidais — São formadas por várias cavidades de paredes finas no 
labirinto etmoidal e são, em números, de 3 a 18 seios de cada lado. Ficam 
sitiados entre a parte superior da cavidade nasal e a órbita. Possuem dois 
grupos, um anterior (“agger nasi”) e um posterior.
Seio Maxilar — Preenche o corpo da maxila e tem forma piramidal. Tem 
reações com raizes dos dentes, como o segundo pré-molar e primeiro 
molar, até o terceiro molar e/ou anteriormente incorporado o primeiro pré-
molar e, algumas vezes, o canino.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.