A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Fenícios

Pré-visualização | Página 1 de 1

Os fenícios foram uma importante civilização da antiguidade, de origem semita, que se estabeleceram por 
volta de 3000 a.C entre as montanhas do Líbano e o Mar Mediterrâneo. Por se localizaram em uma região 
montanhosa e pouco fértil, os fenícios dependeram do comercio marítimo, feito pelo Mar Mediterrâneo, e 
por isso, desenvolveram para a sua época um moderno sistema de construção de navios a base de cedro. 
- Os fenícios não chegaram a formar um império. Assim, se organizavam em Cidades-estados, como Biblos, 
Tiro, Sídon, que eram independentes entre si, que poderiam ter sistemas políticos diversos, desde 
Monarquias Hereditárias a Conselho de Anciões no controle administrativo. As cidades, por muitas vezes 
disputavam as principais rotas de comércio de região, e apesar da diversidade, os povos fenícios se 
identificavam pela língua falada, o Fenício, e pela cultura. 
- O alfabeto fenício é considerado o primeiro da história que deu origem aos alfabetos modernos, que 
posteriormente foi incorporado pelos gregos, que adicionaram vogais. 
- A arte fenícia é muito influenciada pelas civilizações vizinhas, pois como eram povos que viajavam muito, 
pelo comercio, acabavam realizando trocas culturais importantes. Por isso, é possível observar sarcófagos 
similares aos egípcios ou prédios próximos dos gregos em cidades da região. 
- A religião fenícia é politeísta, com grande influência da religião dos povos Cananeus. Os principais deuses 
eram Baal, na língua fenícia significa senhor, e Astarte, que era deusa da lua e da fertilidade. Para os seus 
deuses, os fenícios promoviam oferendas e sacrifícios em rituais comandados por sacerdotes. 
- O comercio fenício é um dos mais importantes da antiguidade, pois tinham controle de grande parte do 
Mar Mediterrâneo, onde faziam comercio de escravos, madeira, tintas e vidro com a Grécia, ouro com os 
Egípcios, e até bronze e outros metais com a Península Ibérica. Breves relatos apontam que a navegação 
por ter chegado a Irlanda, a costa do Sul da África e até ao estreito de Gibaltar. 
- O grande apogeu da civilização fenícia se deu por entre 1200 a.C a 800 a.C, e seu declínio se deu com 
avanços do Império Persa, de Ciro I em 539 a.C e posteriormente por Alexandre, o grande, do Império 
Macedônico, que dominou a região em 332 a.C.