A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Os Hebreus

Pré-visualização | Página 1 de 1

Também conhecidos como israelitas ou judeus, os Hebreus eram um povo seminômade, que viviam inicialmente por volta do ano 2000 a.C na região do crescente 
fértil (mesopotâmia), nas proximidades da cidade de Ur. 
 Muitos vestígios do seu passado são baseados em textos do antigo testamento. 
Fase dos patriarcas: iniciando por volta de 2000 a.C, as tribos hebraicas tinham influências de patriarcas como Abraão, Isaac e Jacó, que exerciam funções de 
organização militar, economia e familiar. Essa fase é marcada pela imigração da suméria para a palestina (Canaã) do povo hebreu, após Abraão, receber um anúncio 
de Deus. 
 A região da Palestina era pouco fértil para a sobrevivência, e por isso, por volta de 1750 a.C houve mais uma migração, dessa vez para a região do Egito; 
justamente em um período em que a região passava por uma conturbada descentralização do poder, devido à invasão dos hicsos. Porém, devido ao 
restauro do poder dos faraós, os hebreus passaram por séculos de escravidão. Sendo libertos ao final da era dos patriarcas, quando ocorreu o êxodo, 
através do retorno à palestina, quando foram libertados por Moisés. 
Fase dos juízes (1390 a.C – 1030 a.C): Trata-se da fase de organização em doze tribos hebraicas na região da palestina, após o êxodo do Egito. Essa fase é marcada 
por maior organização social entre as tribos, que eram independentes entre si, mas que seguiam as orientações de juízes. 
Fase dos Reis (1303 a.C – 70 a.C) : Marcada pelos Reis Saul, Davi e Salomão. Esse período é marcado por maior centralização política dos reis, gerando insatisfação 
de seu povo, e enfim resultando na divisão em duas partes, o reino de Israel e no reino de Judá. Com a fragmentação da civilização , os hebreus perderam força, 
sendo dominados posteriormente pelos Assírios e Babilônicos. 
 No ano de 70 a.C, os romanos promoveram guerras contra o povo hebreu , questionando principalmente a sua cultura monoteísta. Os hebreus tiveram 
de fugir da palestina, iniciando a sua diáspora, se espalhando pelo mundo. Tempos depois, a região onde viveram por séculos foi ocupada pelo povo 
árabe. 
 Após a 1ª guerra mundial (1914 – 1918), através do mandato britânico de 1920, os judeus puderam retornar a Palestina, mas que até hoje se mantem 
conflitos com os Árabes. 
 A economia dos hebreus era inicialmente baseada em atividades pastoreias, desde a era dos patriarcas, mas a medida em que foram se estabelecendo 
na palestina, desenvolveram a agricultura, através do cultivo dos cereais, utilizando a propriedade privada, que estavam restritas as famílias mais 
poderosas e a utilização da escravidão por dívidas. Os hebreus utilizavam o comercio entre as tribos para trocas os seus gêneros agrícolas. 
 A religião dos hebreus era baseada no monoteísmo, acreditando em um único Deus (Jeová), acreditavam na imortalidade da alma, no juízo final e na 
vinda de um Messias.