A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Toxoplasmose

Pré-visualização | Página 1 de 1

Toxoplasmose
TOXOPLASMA GONDII
● Aspectos gerais:
● intracelular obrigatoria
● Digenetico (heteroxeno)
● Hospedeiro intermediario - varias especies de mamiferos e aves
● Hospedeiro defenitivo: felinos
EPIDEMIOLOGIA
● Distribuição cosmopolita (habitos alimentarres, zona urbana ou
rural, idade)
● Alta taxa de soropositivida (>50% pop mundial)
● Maior taxa é assintomatica
● Maior surto mundial: santa isabel do havaí (PR) - contaminação
hidrica
CLASSIFICAÇÃO TAXONOMICA
● Filo: apicomplexa
● Classe: Sporozoaa
● Ordem: Eucoccidea
● Subclasse: coccidea
● Familia: sarcocystidae
● Genero: toxoplasma
● Especie: Toxoplasma gondii
● Pertence ao grupo dos esporozoarios
● Alternam ciclos de reprodução sexuada e assexuada
● Apresentam varias de vida, todas infectantes
● Habitat: musculos esqueleticos, coração e no cerebro - mais O2
● Podem permanecer viaveis por toda a vida do hospedeiro
TAQUIZOITOS
● Fase aguda
● Multiplação rapida
● Assexuada - Endiogenia
● Formato de meia lua
● Regiao apical: organelas
● Reconhecimento, adesao e invasao da celula hospedeira pelo
complexo apical
BRADIZOITOS - cistos tissulares
● Fase cronica
● Multiplação lenta
● Endiogenia
● Cisto contem varios bradizoitos
● Vacuolo parasitoforo
● Pode permanecer encistado por toda a vida do hospedeiro
CICLO BIOLÓGICO
● Gato: hospedeiro definitivo
● No intestino do gato ocorre a multiplicação sexuada - occistos
(resistentes)
● Ooscitos são eliminados nas fezes
● Sofrem esporulação no meio externo
● Dentro dos ooscitos foram-se esporozoitos
● Esporozoitos são as formas contaminantes (aagua contamida,
carne mal cozida/crua)
● Transmissao vertical (mae/filho)
VIAS DE INFECÇÃO
● Carne mal passada - umas das principais
● Agua e alimentos mal higienizados
● Infecção congenita - uma das formas mais graves
● Transplante orgaos/tranfusao sanguinea
INTERAÇÃO PARASITO-CELULA HOSPEDEIRA
● Complexo apical
○ Micronemas - reconhecimento e adesao
○ Roptrias - invesao
● Formação do vacuolo parasitoforo
○ Permite a sobrevivencia dos taquizoitas
○ Inibição da acidificação
○ Não fusao com lisossomas
○ Resistencia aos mecanismos de defesa
○ Mutiplicação rapida (endogenia)
PATOGENESEE
● Dependente da fonte de infecção, diversidade genetica do
parasita e da resposta imunologica do hospedeiro
● A patogenese é resultado da destrruição parasitaria dos tecidos
infectados pela reação inflamatoria, dai a importancia dos orgaos
atingidos: cerebro e sistema visual
TOXOPLASMOSE NO INDIVIUO IMUNOCOMPETENTE
● Peridio de incubação: variavel, 5-20 dias
● Maioria assintomatica (90%)
● Casos sintomaticos: depende da loc do parasito
○ Ganglionar ou febril aguda: comprometimentto ganglionar e
febre alta > curso cronico e benigno
○ Ocular: retinocoroidite: hepatomegalia sem ictericia
○ Alterações de comportamento (esquizofrenia, depressao)
TOXOPLASMOSE NOS PACIENTES IMUNOCOMPROMETIDOS
● Coinfecção HIV
● Pacientes transplantados/uso de quimioterapia
● reagudização
● Cerebroespinhal ou meningoencefalica
○ Cefaleia, perde de coordenação motora, confusao mental,
convulsoes, letargia, coma e morte
● Miocardite
● Erupção cutanea e exantema difuso ou localizado
● Generalizada/sistemica: rara e mortal
TOXOPLASMOSE CONGENITA
● Fase aguda ou reagudização
● Primeiro trimestre da gestação: aborto
● Segundo trimestre: aborto ou parto prematura, criança normal ou
com anomalias
● Terceiro trimestre: 10-23% das crianças apresentam anomalias
variadas (sindrome de sabin)
○ 90% coriorretinite
○ 69% calcificações cerebrais
○ 60% pertubações neurologicas/retardamento psicomotor
○ 50% micro ou macroencefalia
DIAGNÓSTICO
● Clinico/laboratorial
○ Exames neurologicos (lesoes multiplas), retinocoroidite
necrosante focal, encefalite em imunodeprimidos
● Parasitológico
○ Fase aguda: esfregado do sangue (taquizoitos)
○ Fase cronica: biopsia de tecidos (cisto) - considerado invasivo,
preferivel teste sorologico
● Sorologicos - elisa, imunofluorescencia, immunoblot
○ Recem nascido: IgM
○ Adulto: IgM ou IgG
DIAGNOSTICO DE TOXOPLASMOSE EM GESTANTES
TRATAMENTO
● Não há drogas especificas
● Age apenas sobre os taquizoitas
● Tratar casos agudos, pacientes imunodeficientes e sintomaticos
○ Pirimetanina + sulfadoxina
○ Ocular: antiinflamatorio + antiparasitarios
● O tratamento materno precoce é aconselhado para previnir a
infecção fetal
PROLIFAXIA
● Lavar bem as maos após manipular carnes cruas
● Evitar comer alimentos crus
● Após contato com gatos, lavar as maos
● Manter o gato bem alimentado para que ele não precise caçar
● Não dar carne crua ao gato
● Caes tambem podem transmitir taxoplasmose se sujarem o pelo
onde haja fezes de gato
● Limpar caixa de areia do gato
● Controle de ratos e insetos
● Teste do pezinho inclui exame de toxoplasmose