A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
Casos Clínicos de Bases Biologicas 2

Pré-visualização | Página 2 de 2

um pouco de cartilagem se forma. A partir de qual crescimento cartilaginoso tem origem essa nova cartilagem? Explique esse processo de crescimento cartilaginoso. * 
A partir do tecido de granulação, pois como as bordas da ferida não contatam entre si, por perda tecidual excessiva, o espaço exposto vai ser preeenchido por tecido de granulção, cuja superfície posteriormente irá reepitalizar. Esse processo ocorre a partir do momento em que o epitelio migrará sobre sua superfície, promovendo assim o suprimento dos fibroblastos que vão produzir colágeno. 
1 ponto
3. O tecido adiposo é um órgão endócrino importante que produz hormônios peptídicos, conhecidos como adipocinas. Podem agir localmente (ação autócrina e parácrina) ou sistemicamente (ação endócrina), levando informações para outros tecidos e para o cérebro sobre a adequação das reservas de energia (TAG) armazenadas no tecido adiposo. A leptina (do grego, leptos, “magro”) é uma adipocina (167 aminoácidos) que, ao alcançar o cérebro, age nos receptores hipotalâmicos e reduz o apetite. Cite as funções da leptina, as consequências da interação leptina-receptor no hipotálamo e as consequências de sua baixa produção. *
 
A leptina é um hôrmonio que age diretamente no cerebro , também tem como principal função de controlar o apetite, com o intuito de reduzir a ingestão de alimentos e regular o gosto energético, para assim manter o peso corporal. Diante disso, a interação leptina-receptor no hipotálomo tem orientar a sensação de satisfação ao ingerir um alimento, como um ‘’stop’’ não precisa mais de nutrientes, logo, nota-se que a baixa produção de leptina pode gerar um caso de obesidade.