A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Etica_A2

Pré-visualização | Página 2 de 2

a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O cientista se refere a evolução da ciência, em sua busca pelo conhecimento, com mais respeito aos direitos fundamentais, a autonomia e dignidade das pessoas em pesquisas, recursos tecnológicos e científicos que podem ajudar no tratamento.
	Resposta Correta:
	 
O cientista se refere a evolução da ciência, em sua busca pelo conhecimento, com mais respeito aos direitos fundamentais, a autonomia e dignidade das pessoas em pesquisas, recursos tecnológicos e científicos que podem ajudar no tratamento.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta: o cientista afirma que comunicou o seu diagnóstico por acreditar na ciência e que saber de sua condição é o passo inicial para trabalhar em busca do melhor tratamento.
	
	
	
· Pergunta 7
0 em 1 pontos
	
	
	
	Galileu, o cientista responsável pelo início do método científico, trouxe à ciência moderna uma característica essencial, a validação dos experimentos por meio da experimentação, como fez na lei da queda dos corpos. Ele afirmava que “o instrumento da ciência é a experiência, não o raciocínio que serve para suprir onde a experiência não pode chegar. Muito menos a lógica que serve para conhecer os discursos e as demonstrações já feitas” (MONDIN, 1981, p. 58 apud SOUZA, 2010).  
SOUZA, G. I. Galileu e o método empírico. Pensamento extemporâneo , Mariana, 17 abr. 2010. Disponível em: https://pensamentoextemporaneo.com.br/?p=768. Acesso em: 3 jun. 2020.
Sobre os estudos experimentais, na área da saúde, e sua importância na ciência moderna, marque a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O objetivo de um estudo experimental é compreender uma realidade, a partir da observação, identificação, descrição e investigação de um objeto de estudo.
	Resposta Correta:
	 
Os estudos experimentais têm o objetivo de compreender um objeto de estudo, a partir de observação, descrição e investigação, sem empirismos e com métodos.
	Comentário da resposta:
	Resposta incorreta: os estudos experimentais, na área da saúde, respeitam os princípios bioéticos e têm como objetivo compreender um objeto de estudo, principalmente quando este possui uma teoria coesa que permite a sua identificação, descrição e investigação para experimentação. A experimentação em seres humanos e animais deve ser precedida de solicitação em comitê de ética em pesquisa e não por empirismo.
	
	
	
· Pergunta 8
1 em 1 pontos
	
	
	
	De acordo com o trecho inicial da resolução CNS nº 466/2012 (BRASIL 2012, p. 2-3): “a presente Resolução incorpora, sob a ótica do indivíduo e das coletividades, referenciais da bioética, tais como, autonomia, não maleficência, beneficência, justiça e equidade, dentre outros, e visa assegurar os direitos e deveres que dizem respeito aos participantes da pesquisa, à comunidade científica e ao Estado”. 
BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012 . Brasília, DF: Conselho Nacional de Saúde, 2012. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf. Acesso em: 29 jun. 2020.
 
Sobre a resolução, analise as afirmativas a seguir:
 I. Leva em consideração o Código de Nuremberg, de 1947, e a Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, pois classificam esses eventos como a afirmação da dignidade, liberdade e autonomia da pessoa humana.
II. Guia-se na Declaração de Helsinque, adotada em 1964, considerando as versões posteriores.
III. Afirma que todos projetos de pesquisa envolvendo seres humanos deverão
atender à resolução.
IV. Torna obrigatório que os voluntários sejam informados sobre os riscos envolvidos na pesquisa.
Agora, marque a alternativa com as afirmativas corretas
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I, II e IV.
	Resposta Correta:
	 
I, II e IV.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta: a resolução CNS nº 466/2012 se baseia no Código de Nuremberg, de 1947, na Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, na Declaração de Helsinque, adotada em 1964 e versões posteriores.
	
	
	
· Pergunta 9
1 em 1 pontos
	
	
	
	Um fisioterapeuta que trabalha em maternidade estava em atendimento no setor do pré-parto, auxiliando e orientando gestantes, sendo uma delas Testemunha de Jeová. Durante o atendimento, o fisioterapeuta perguntou se, caso acontecesse alguma complicação durante o parto e ela e/ou bebê precisassem de transfusão, qual seria a sua vontade.  A conduta do fisioterapeuta ao perguntar sobre a vontade da paciente em uma situação adversa do pós-parto está pautada nos seguintes princípios:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Princípio do respeito à autonomia.
	Resposta Correta:
	 
Princípio do respeito à autonomia.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta: o fisioterapeuta ao tratar um paciente com crença religiosa deve respeitá-la. No caso das Testemunhas de Jeová, há recusa em transfusão de sangue e o respeito à autonomia da paciente prevalece, pois ela tem o direito de decidir sobre autorizar procedimentos em seu corpo. Em casos de hemorragia no pós-parto, e como a paciente não tem o poder de decisão, e a equipe multiprofissional tem o dever de salvar vidas, ocorre uma questão entre os princípios da bioética e que pode necessitar de resolução jurídica.
	
	
	
· Pergunta 10
0 em 1 pontos
	
	
	
	A Declaração de Helsinque, de 1964, é considerada o marco inicial na padronização de pesquisa clínica e trouxe à tona o reconhecimento da vulnerabilidade, necessidade de respeito à autonomia e consequente necessidade de proteção aos voluntários de pesquisas.
Marque a alternativa correta em relação à Declaração de Helsinque.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Aborda a necessidade de novos procedimentos médicos serem comparados com o melhor método em uso ou que seja utilizado o placebo.
	Resposta Correta:
	 
É o marco inicial para que fossem produzidos documentos para subsidiar o processo de elaboração, avaliação, conclusão e divulgação de pesquisas.
	Comentário da resposta:
	Resposta incorreta:  a Declaração de Helsinque aborda um conjunto de princípios éticos que guiam a pesquisa com seres humanos, não incluindo os animais. Aborda a necessidade de utilizar o melhor método disponível para um tratamento e restringe o uso de placebo aos casos de inexistência de terapia efetiva. Não é responsável pelas primeira normas de pesquisa em saúde, o que se atribui à resolução nº 1/88, do Conselho Nacional de Saúde. A atualização da Declaração de Helsinque, em 1975, ressaltou a necessidade do consentimento livre e esclarecido e da criação de comitês de ética em pesquisa.