A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Avaliação de Farmacognosia pura 1

Pré-visualização | Página 1 de 1

Avaliação de Farmacognosia pura 
Curso de Farmácia 
 LUCIVANDA BARBOSA 
 
1. Farmacognosia é uma disciplina que avalia os processos metabólicos presentes nas espécies vegetais, e como estes se correlacionam com a biossíntese de moléculas ativas. Muitas dessas substâncias produzidas por vegetais são de interesse terapêutico para a indústria farmacêutica. Plantas medicinais podem ser utilizadas em sua forma natural (dessecadas), na preparação de fitoterápicos ou ainda através do isolamento de seus fitofármacos. Com relação ao texto acima, defina os termos abaixo, citando um exemplo (de uso conhecido) para cada um. 
- Medicamento fitoterápico
é aquele alcançado de plantas medicinais, onde utiliza-se exclusivamente derivados de droga vegetal tais como: suco, cera, exsudato, óleo, extrato, tintura, entre outros. É caracterizado pelo conhecimento da eficácia e dos riscos de seu uso, assim como pela reprodutibilidade e constância de sua qualidade. 
Ex: aroeira, ginseng, xarope de cumaru.
- Medicamento homeopático 
 é fabricado com substâncias extraídas dos reinos vegetal, animal e mineral. Essas substâncias são manipuladas e diluídas para oferecerem doses pequenas do princípio ativo, que ingeridas com certa constância, restabelecem o equilíbrio orgânico.
São os exemplos das vacinas. 
- Planta medicinal:
É a espécie vegetal, que cultivada ou não, que possui propriedades terapêuticas. Essa propriedade dá-se pela presença de princípio(s) ativos(s).
Ex: lavanda, hortelã, gengibre e etc.
- Droga vegetal 
É a plante medicinal ou partes, que já passou por processos de coleta, estabilização e secagem, podendo estar na forma rasurada, íntegra, triturada ou pulverizada. 
Ex: alfavaca, angico e etc.
 
2. Compreender as rotas biossintéticas do metabolismo secundário vegetal é um processo extremamente necessário para a obtenção de plantas medicinais “melhoradas” ou com maior quantidade de determinado ativo que desejamos obter. Condições de solo, adubagem, luz dentre outros fatores podem influenciar diretamente neste processo. Com relação à este assunto, explique a origem do ácido chiquímico (mostrar reações) e aponte os metabólitos secundários que o mesmo pode dar origem. 
O ácido chiquímico é formado pela condensação de dois metabólitos da glicose, ou seja, o fosfoenolpiruvato e a eritose-4-fosfato. O seguinte passo dessa via é a formação do ácido corísmico através da junção do ácido chiquímico e uma molécula de fosfoenolpiruvato, por sua vez, a ácido corísmico gera os aminoácidos (triptofano, fenilalanina e tirosina que são precursores de vários alcaloides. 
Contudo, um dos primeiros grupos de compostos fenólicos formados a partir do ácido carísmico são os fenilpropanóides, que são também precursores da lignina, já que esta nada mais é do que um polímero de fenilpropanos. 
 
3. Os compostos fenólicos são conhecidos no mundo todo. Diversas publicações abordam esta temática, pois esses produtos polihidroxilados possuem extrema ação antioxidante, atuando na neutralização de radicais livres, extremamente nocivos aos organismos vivos. Neste contexto, caracterize estruturalmente a molécula de um flavonóide, apontando seus benefícios já conhecidos para o homem e também suas funções na espécie vegetal.
 Caracterização estrutural de um flavonóide: são compostos bioativos do grupo dos polifenóis encontrados em hortaliças, frutas e sementes. Tendo como função a proteção das plantas contra danos axidativos. 
São pigmentos vegetais de cores azul, azul avermelhado e violeta. Característica em comum, hidroxila ou metoxila ligada a anel aromático. 
São benefícios de ações fisiológicas são de antioxidante, que atua na captura e neutralização de espécies oxidantes como ânion superóxido, ação anti-inflamatória, antitumoral, hemostática, hormonal e sedativa. 
E suas funções na espécie vegetal são de fotoproteção, ações antifúngicas, inseticidas, antimicrobianas, antioxidante, controle endócrino na vegetal e inibidores de enzimas. 
 
 
4. Diversos produtos do metabolismo vegetal são dotados de atividade terapêutica, podendo serem utilizados como medicamentos e ou suplementos num contexto da saúde integrativa. O profissional farmacêutico representa a maior competência no entendimento das plantas medicinais e seus ativos. Sobre este tema, analise a figura abaixo e responda: 
 
 
 
a)Podemos afirmar que este ativo é um adaptógeno, regulando a produção de testosterona. 
b)Tal composto é um flavonóide, possuindo intensa atividade antioxidante. 
c)A presença do sistema trianelar confere atividade broncoldilatadora à esta cumarina 
d)Este ativo é útil como laxante, podendo ser utilizado para prisão de ventre 
e)Este composto fenólico é encontrado no Ginkgo Biloba. 
Resposta: d)Este ativo é útil como laxante, podendo ser utilizado para prisão de ventre 
 
5 A prescrição de fitoterápicos têm se tornado cada vez mais comum no meio medicinal, haja visto algumas moléculas vegetais serem impossíveis de serem sintetizadas em laboratório. Um paciente dá entrada em sua farmácia relatando fadiga e perda de energia. Estando os exames bioquímicos tireoidianos, hematológicos e demais condições metabólicas em perfeito estado, qual fitoterápico seria uma boa escolha? 
 
a)Prescrição de extrato seco de Ruibarbo, rico em saponinas 
b)Prescrição do extrato seco das folhas de Passiflora incarnata 
c)Adotaria o uso do Tribulus terrestres, afinal possui bastante cumarinas 
d)Cápsulas de cáscara sagrada auxiliariam na absorção de nutrientes, melhorando o quadro. 
e)Prescrição de Panax ginseng, afinal possui compostos saponínicos adaptogênicos. 
 
RESPOSTA: e)Prescrição de Panax ginseng, afinal possui compostos saponínicos adaptogênicos.