A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Lesão- entorse

Pré-visualização | Página 1 de 1

Trabalho ortopedia e traumatologia 
Tema escolhido: entorse 
 
 
 Imagem 1: https://www.saudebemestar.pt/media/87184/entorse-de-tornozelo.jpg 
 
• Patologia 
A articulação do tornozelo é composta por uma estrutura de 
ligamentos elásticos (distendem e retornam ao normal) que mantem sua 
posição correta. Sabendo que todo ligamento tem sua capacidade máxima 
de distensão podemos afirmar que a ruptura (parcial ou completa) 
acontece quando o ligamento é forçado além de sua capacidade. 
Existem dois tipos de entorses: por inversão (sola do pé para dentro) 
e eversão (sola do pé para fora), o mais comum é inversão, pois tem maior 
mobilidade. 
A lesão no ligamento pode variar e é classificada em: 
 
Imagem 2: https://www.saudebemestar.pt/media/87190/graus-de-entorse-do-tornozelo.jpg 
 
 
• Fatores que levam a ocorrer 
Ocorre com muita frequência em pessoas com vida ativa, 
desportistas, onde exige movimentos inesperados, e na exacerbação 
de ADM como: futebol, futsal, basquete, vôlei, handebol, atletismo, 
salto, dança, etc. 
https://www.saudebemestar.pt/media/87184/entorse-de-tornozelo.jpg
https://www.saudebemestar.pt/media/87190/graus-de-entorse-do-tornozelo.jpg
 Também pode ocorrer no dia-a-dia quando a pessoa não posiciona o 
pé corretamente e descarrega o peso corporal sobre a articulação, por usar 
calçado inadequado, ou fraqueza muscular. Existe chance de reincidência. 
 É uma lesão traumática que envolve dor, exsudato (liquido 
inflamatório), alteração de marcha. Conforme a gravidade da lesão, mais 
aparentes ficam os sinais, e é necessário pedido de exames 
complementares quando há suspeita de fratura. 
 
 
• Tratamento 
PRICE- proteção, repouso, gelo, compressão, elevação 
Proteger o tornozelo de movimentos repentinos. 
No tratamento deve ser feito repouso na articulação evitando 
caminhar, ou utilizar apoio como muletas ou cadeira. 
Devemos aplicar gelo para reduzir edema e dor (20 minutos de cada 
vez no máximo). 
Fazer compressão para imobilizar e controlar o edema, fornecer 
estabilidade para cicatrizar o ligamento. 
Manter o pé elevado para melhorar circulação. 
 Fazer uso de analgésico caso tenha muita dor ou um edema. 
 
 
*No estudo mostra alguns exemplos de tratamentos com 
cinesioterapia, técnicas analgésicas e imobilização1: 
 
¹BILGIC, Serkan (2015) – Método de avaliação: escala analógica visual. 
Afirma que intervenção com bandagens/faixas elásticas, crioterapia e 
termoterapia, a dor diminui significativamente em 7 dias e que bandagem 
elástica é mais eficaz que tala para reduzir edema. 
²ZOUITA, A.B.M (2013) – Método de avaliação: teste anterior de 
gaveta. A intervenção utilizada foi bicicleta ergométrica balísticos exercício 
de alongamento dinâmico. Diz que após 8 semanas trabalhando 
propriocepção aumenta força máxima, pois podem estabilizar o tornozelo 
e quebrar o círculo vicioso de entorses e evitar atrofia muscular. 
 
 
1 BILGIC, Serkan et al. Comparison of two main treatment modalities for acute ankle 
sprain. Pak J MedSci, v.31, n.6, nov./dez 2015. Disponível em: 
<http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4744308/>. Acesso em 16 jul. 2016. 
 
² ZOUITA, A.B.M.; et al. The ef fect of 8-weeks proprioceptive exercise program in 
postural sway and isokinetic strength of ankle sprains of Tunisian athletes. 
AnnalsofPhysicalandRehabilitation Medicine. v.56, p.634-643, dez. 2013. 
Com base nos textos lidos e apresentados para a melhor conduta de 
tratamento de entorse de tornozelo, vimos que existem várias abordagens, 
mas todas elas têm enfoque em diminuir edema e dor e o retorno do 
paciente para as atividades normalmente. 
Quanto mais rápido tivermos a ação de tratamento e realizarmos de 
forma adequada, mais rápido o paciente poderá se recuperar. No estudo 
também nos mostra que os tratamentos funcionais são mais confortáveis 
para os pacientes porque reduzem o impacto da lesão e facilita o retorno 
ao dia-a-dia. 
 
 
• Maneiras de prevenir 
 
Usar um calçado adequado, resistente e de qualidade. 
Atenção ao caminhar em alguma superfície instável. 
Aquecer antes de algum exercício. 
Fortalecer a musculatura. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
LETICIA GRANZOTTO, 201802136576