A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Afetividade e Sexualidade na Educação Inclusiva 1

Pré-visualização | Página 1 de 2

Acadêmico:
	Valdilene Oliveira Sousa (1156182)
	
	Disciplina:
	Afetividade e Sexualidade na Educação Inclusiva (LEE18)
	Avaliação:
	Avaliação I - Individual (Cod.:676631) ( peso.:1,50)
	Prova:
	32624723
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	"Pensando em termos neurofisiológicos, sabe-se que as percepções sensoriais seguidas de critério de sinalização de perigo e indícios de ameaça acontecem nas amígdalas, sendo estas as responsáveis pelo desencadeamento do alarme do medo" (LAVOURA; MACHADO, 2008, p. 3). A respeito do medo, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) O medo nos impede de correr riscos desnecessários, ou tolos, quando nos atrevemos a fazer algo perigoso.
(    ) O medo é experimentado em nossos corpos, e nossa tendência de ação é de nos afastar, recuar ou paralisar.
(    ) O medo existe para a nossa segurança. Assim, o medo é sempre uma emoção positiva e útil, inclusive no contexto escolar.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: LAVOURA, Tiago Nicola; MACHADO, Afonso Antonio. Investigação do medo no contexto esportivo: necessidades do treinamento psicológico. Rev. bras. psicol. esporte, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 01-28, jun. 2008.
	 a)
	V - V - F.
	 b)
	F - V - F.
	 c)
	F - F - V.
	 d)
	V - F - F.
	2.
	Mendes e Seidl-De-Moura (2009, p. 110) fizeram um estudo sobre aspectos universais, inatos e os determinantes culturais do sorriso humano: "Uma das primeiras e mais instigantes questões a serem enfrentadas no estudo do sorriso é sua origem. Ao ser abordada, remete a muitas perguntas sobre o modo pelo qual e quando surgem suas primeiras manifestações, se é uma habilidade inata, adquirida por herança genética ou por um processo de aprendizagem ou, ainda, se decorre de uma combinação de ambas as possibilidades. Terá o meio sociocultural uma atuação direta e determinante em suas manifestações? Por outro lado, se inata, pode ser explicada como fruto da filogênese humana? Permanece invariável desde o seu surgimento ou passa por algum processo de transformação ao longo da vida dos indivíduos?" Em todas as culturas é possível reconhecer sete emoções. Por isso, elas são chamadas de emoções "universais". Quais são elas?
FONTE: MENDES, Deise Maria Leal Fernandes; SEIDL-DE-MOURA, Maria Lucia. O sorriso humano: aspectos universais, inatos e os determinantes culturais. Arq. bras. psicol., Rio de Janeiro, v. 61, n. 1, p. 109-120, abr. 2009.
	 a)
	Amor, fúria, otimismo, carinho, gratidão, remorso e tesão.
	 b)
	Paixão, felicidade, vergonha, bravura, horror, revolta e liberdade.
	 c)
	Saudade, empolgação, dó, desejo, afeto, desesperança e apego.
	 d)
	Alegria, tristeza, raiva, surpresa, medo, nojo e desprezo.
	3.
	De acordo com Bueno (et al. 2015, p. 161), "[...] a regulação de emoções apresentou nuances importantes, indicando que provavelmente haja processos mentais distintos para o controle de emoções de baixa e de alta potência em si mesmo e em outras pessoas". Sobre estratégias para aumentar a capacidade dos alunos de usar estratégias cognitivas, associe os itens utilizando o código a seguir:
I- Supressão.
II- Catastrofização.
(    ) Está associada ao pensamento sobre o que aconteceria se algo negativo ocorresse. É uma avaliação errada do antecedente. Não é uma estratégia muito eficaz, embora possa manter uma pessoa segura em uma situação potencialmente perigosa.
(    ) É uma estratégia considerada ineficaz na maior parte do tempo, embora haja algumas situações perigosas em que ela possa ser útil. Leva a problemas de memória para situações e interações sociais. Resulta em maior sofrimento causado por pensamentos intrusivos.
(    ) Um provável precursor temperamental para ela pode ser a baixa extroversão. Essa estratégia interfere na aprendizagem, em parte porque mantém altos níveis de ansiedade. De fato, reduz a tristeza e o medo no curto prazo, porém gera mais estresse.
(    ) Pessoas que a utilizam frequentemente, não estão claramente conscientes de suas emoções e estão menos conscientes de seus humores. Experimentam um apoio social reduzido e podem apresentar sintomas aumentados de depressão.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: BUENO, José Maurício Haas et al. Competências emocionais: estudo de validação de um instrumento de medida. Aval. psicol.,  Itatiba, v. 14, n. 1, p.153-163, abr. 2015.
	 a)
	I - II - I - II.
	 b)
	II - I - I - I.
	 c)
	II - I - II - I.
	 d)
	II - II - II - I.
	4.
	Gondim e Borges-Andrade (2009, p. 528) pesquisaram sobre a regulação emocional no trabalho: um estudo de caso após desastre aéreo: "A última estratégia de ação profunda mencionada pelos aeroviários foi a reavaliação cognitiva. As principais formas de avaliação foram: pensar que a grosseria dos passageiros não é com eles, pensar que outras empresas já passaram por isso e conseguiram vencer e colocar-se no lugar do outro. Pensar que a grosseria vinda dos passageiros era por causa da situação que estavam vivendo, sem ter relação com eles, permitiu que fossem mais compreensíveis com os passageiros e os escutassem com mais atenção, mesmo que muitas vezes estivessem reclamando sem razão; pensar que as outras empresas já haviam passado por eventos semelhantes e sobreviveram deu-lhes força para pensar que conseguiriam superar os momentos mais difíceis". Sobre o exposto, associe os itens utilizando o código a seguir:
I- Reenquadrar eventos e situações de outra maneira.
II- Imaginar o que está perturbando você como se estivesse longe.
(    ) Requer a capacidade de "pensar em alternativas". Substitui pensamentos estressantes por pensamentos e mais úteis, calmantes. Ao fazer isso, envia-se uma mensagem diferente para a amígdala, o que pode mudar a forma como avaliamos a situação, bem como diminuir nossa resposta emocional a ela.
(    ) Os alunos devem alterar sua relação com o evento ou situação. A escrita expressiva é uma estratégia eficaz para diminuir o sofrimento emocional e melhora o bem-estar físico e psicológico. Falar, escrever e pensar podem ajudar os alunos a reprocessar as emoções.
(    ) O treinamento de alunos para o uso dessa estratégia pode começar com a visualização de imagens em que mais do que uma explicação é possível. Estudantes que conseguem pensar em uma explicação e são treinados para chegar a uma segunda explicação, revelam que estão usando essa estratégia.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: GONDIM, Sonia Maria Guedes; BORGES-ANDRADE, Jairo Eduardo. Regulação emocional no trabalho: um estudo de caso após desastre aéreo. Psicol. cienc. prof., Brasília, v. 29, n. 3, p. 512-533, set. 2009.
	 a)
	I - I - II.
	 b)
	I - II - I.
	 c)
	II - I - II.
	 d)
	II - II - I.
	5.
	"Conhecer os processos de socialização das emoções é peça fundamental para se entender o desenvolvimento da competência emocional da criança. Embora, irmãos, pares e professores também figurem como participantes relevantes na socialização da criança, são os pais os primeiros agentes nessa jornada" (SOUZA; MENDES, 2018, p. 545). Sobre a raiva e a ansiedade, associe os itens utilizando o código a seguir:
I- Raiva.
II- Ansiedade.
(    ) Em grande quantidade, ou em quantidade reduzida, pode resultar em problemas físicos que afetam a saúde. Expressá-la não reduz a intensidade da sensação dela.
(    ) Pessoas em que essa emoção prepondera, têm pouca confiança em sua própria capacidade de regular as emoções. Por isso, as intervenções também precisam lidar com a construção da confiança.
(    ) Ela dura muito tempo para algumas crianças, enquanto para outras crianças é vivenciada em rajadas curtas. Para algumas pessoas a intensidade dela diminui rapidamente e outras experimentam-na de modo prolongado.
(    ) Ela prejudica a concentração e pode interferir na aprendizagem, pois estreita o foco de atenção. Além do mais, piora com o tempo e é um risco para depressão e uso ou abuso de substâncias.  
Assinale a alternativa