A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Regime Militar - Questões

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. (UEL 08) “O movimento de 31 de março de 1964 tinha sido lançado aparentemente para 
livrar o país da corrupção e do comunismo e para restaurar a democracia, mas o novo regime 
começou a mudar as instituições do país através de decretos, chamados de Atos Institucionais 
(AI). Eles eram justificados como decorrência ‘do exercício do Poder Constituinte, inerente a 
todas as revoluções’”. 
(FAUSTO, B. “História do Brasil”. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1996. p. 
465.) 
Com base no texto, assinale a alternativa correta. 
a) O AI-5 foi o instrumento que mais contribuiu para que o regime militar seguisse o curso de 
uma ditadura. A partir da sua instituição, vários atos de repressão passaram a fazer parte dos 
métodos utilizados pelo governo. 
b) O Ato Institucional n¡. 1, instituído pelos comandantes do Exército, atingiu principalmente o 
patrimônio da Igreja Católica e promoveu o início da secularização da sociedade brasileira. 
c) Logo após o golpe militar de 1964, as eleições para Presidente da República foram 
estabelecidas de forma democrática através de eleições diretas. 
d) A principal orientação dos governos militares foi a aproximação com os Estados Unidos, 
afastando-se da tendência nacionalista que vinha sendo empreendida antes do golpe de 1964. 
e) Os grupos de luta armada, de orientação socialista, nas conversas e encontros que tinham 
com os representantes do governo federal reivindicavam o direito à formação de partidos 
políticos de esquerda. 
2. (FMJ SP/2009) Em 31 de março de 1964, os militares brasileiros, apoiados pelos Estados 
Unidos e por parcelas da classe política e empresarial do país, assumiram o controle do Estado 
por meio de um golpe. A justificativa para esse golpe de Estado baseava-se na proteção contra 
a) O Comunismo representado pelas propostas de Reformas de Base do Presidente João 
Goulart. 
b) as ditaduras fascistas em franco processo de expansão no continente sul-americano, já 
instaladas na Argentina e no Chile. 
c) a tentativa dos partidos de esquerda de implantar um regime parlamentarista, considerado 
estranho à tradição brasileira. 
d) a violação dos direitos individuais garantidos na Constituição que vinha sendo praticada 
desde a renúncia de Jânio Quadros. 
e) a hiperinflação que paralisava a economia do país, e cuja origem estava no endividamento 
externo do período Vargas. 
3. (Upf 2012) Em 1970 o Brasil tornou-se tricampeão mundial de futebol na Copa do Mundo, 
realizada no México. Sobre esta conquista, pode-se afirmar: 
a) Propiciou uma operação de propaganda do governo Médici, tentando associar a conquista 
ao regime autoritário. 
b) Não teve qualquer repercussão no campo político, por se tratar de um acontecimento 
estritamente esportivo. 
c) Alentou o trabalho das oposições, que deram destaque à capacidade do povo brasileiro de 
realizar grandes proezas. 
d) Favoreceu o projeto de abertura do general Geisel ao criar um clima de otimismo pelas 
realizações do governo. 
e) Alcançou repercussão muito limitada, pois os meios de comunicação não tinham a eficiência 
que têm hoje. 
4. (Cftsc 2010) Durante o período do governo militar (1964 a 1985), era comum a utilização dos 
chamados Atos Institucionais, impostos pela repressão aos que fossem contrários ao regime. 
Sobre os Atos Institucionais, é correto afirmar que: 
a) os Atos Institucionais representaram o que houve de mais democrático na República 
Brasileira. 
b) os Atos Institucionais eram aprovados pelo Congresso Nacional. 
c) os Atos Institucionais pregavam a maior participação da população na vida política do país. 
d) os Atos Institucionais tiveram apoio total de todas as classes políticas do país. 
e) o mais famoso foi AI-5 (Ato Institucional nº 5), decretado no governo do Presidente Costa e 
Silva, que dava amplos poderes ao presidente da República de governar, bem como, de 
suspender várias garantias individuais. 
5. O movimento denominado "Diretas já!", que começou reunindo poucos milhares de pessoas 
nas principais cidades brasileiras, acabou ganhando a simpatia da maior parte da população do 
país e tomou proporções gigantescas. Esse movimento exigia 
a) eleições diretas depois da renúncia de Jânio Quadros. 
b) o fim do AI-5, a volta dos direitos políticos e o retorno das eleições pelo voto universal. 
c) o fim das torturas e a aprovação da lei de anistia política. 
d) a anistia política e o retorno dos exilados políticos para o Brasil. 
e) o fim da ditadura militar e eleições diretas para presidente. 
6. O Golpe de 1964 foi uma conjunção de eventos que começou com uma rebelião militar, 
passou por um golpe parlamentar e, por fim, entregou o poder a uma junta militar. Os 
historiadores sabem que a conspiração golpista era debatida e organizada no Brasil desde, 
pelo menos, 1962. O golpe de 1964 destituiu qual presidente do poder: 
a) Jânio Quadros 
b) João Goulart 
c) Getúlio Vargas 
d) Juscelino Kubitschek 
e) Leonel Brizola. 
7. . (EMESCAM/ES) - Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória - 
No período em que o Brasil foi dirigido por governos militares, a decretação do AI 5 (Ato 
Institucional n 5) representou um “endurecimento” do regime militar instalado em 1964, que 
pode ser explicado pela(s): 
A - Ação dos grupos de oposição, que trocaram a luta armada pela oposição parlamentar ao 
regime. 
B - Crise decorrente do impedimento do Presidente Costa e Silva. 
C - Crescentes manifestações oposicionistas de líderes políticos, estudantes e intelectuais 
contra o regime no ano de 1968. 
D - Crise econômica resultante do esgotamento do “milagre brasileiro”. 
E - Inquietação dos militares favoráveis a redemocratização. 
8. (UFJF/MG) - Universidade Federal de Juiz de Fora - 
A citação abaixo refere-se a um momento de crise política no Brasil.“A crescente radicalização 
política do movimento popular e dos trabalhadores pressionando o executivo (...) levou o 
conjunto das classes dominantes e setores das classes médias – apoiados e estimulados por 
agências governamentais norte-americanas – a condenar o governo (...). A derrubada do 
governo contou com a participação decisiva das forças armadas, as quais (...) impuseram ao 
país uma nova ordem político-institucional, com características crescentemente 
militarizadas.”TOLEDO, C. N. – Cientista Político Após ler a citação, indique a que 
acontecimento o autor se refere: 
A - Deposição do presidente Washington Luís, na Revolução de 1930. 
B - Deposição do presidente Getúlio Vargas, em 1945. 
C - Suicídio do presidente Getúlio Vargas, em agosto de 1954. 
D - Queda do presidente João Goulart, por ocasião do Golpe de 1964. 
E - Impeachment do presidente Fernando Collor, pelo Congresso Nacional, em 1992. 
9. . (ULBRA/RS) - Universidade Luterana do Brasil - 
Uma política de privatizações que estabelecia regras para o ensino pago e o conjunto dos 
acordos denominado MEC/USAID, assim como o abandono da LDB de 1961, junte-se a isso a 
movimentação contrária à Ditadura Militar estabelecida em 1964. Este quadro articulou, 
efetivamente, algumas ações do movimento estudantil brasileiro que teve maior repercussão 
em 1968 através: 
A – Manifestações da praça de maio. 
B - da Constituinte Escolar; 
C - dos Anos Rebeldes; 
D - do movimento dos Caras Pintadas; 
E - da Passeata dos 100 mil. 
10. (UDESC 2016/1) - A Marcha da família com Deus pela liberdade: “Movimento surgido em 
março de 1964 e que consistiu em uma série de manifestações, ou "marchas", organizadas 
principalmente por setores do clero e por entidades femininas em resposta ao comício 
realizado no Rio de Janeiro, em 13 de março de 1964, durante o qual o presidente João 
Goulart anunciou seu programa de reformas de base.” 
Adap. Disponível em: 
http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/Jango/artigos/AConjunturaRadicalizacao/A_marcha_da
_familia_co m_Deus acessado em: 12/08/2015. 
Assinale a alternativa correta sobre