A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Aap2- TEORIA GERAL DO DIREITO CONSTITUCIONAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

Aap2 - Teoria Geral do Direito Constitucional
1)Texto base:
Considere as assertivas abaixo, julgando-as como corretas ou incorretas.
I. O art. 5º, §1º, da CF/88, afirma que os direitos e garantias fundamentais possuem aplicação imediata. Por isso, ninguém poderá ser privado do exercício de qualquer direito ou garantia fundamental sob o argumento de que o referido direito ou garantia está contido em norma programática ainda pendente de regulamentação.
II. Os fundamentos da República Federativa do Brasil, tais como soberania, cidadania, pluralidade política, possuem eficácia plena.
III. Os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil são valores, objetivando o bem-estar social, constituindo, por conseguinte, normas de natureza programática que devem ser observadas pelos governos para elaborar e executar as políticas públicas.
É correto o que se afirma em:
a)I e II, apenas.
b)II e III, apenas.
c)I, II e III.
d)I, apenas.
e)III, apenas.
2)Texto base:
ENADE 2012 (Adaptada):
HALVERSON, B. Disponível em: http://download.inep.gov.br/educacao_superior/enade/provas/2012/07_DIREITO.pdf. Acesso em: 09 jul. 2012.
Considerando as definições de validade, vigência e eficácia da norma, pode-se afirmar que:
a)A pergunta feita por Calvin sobre a autoria da "Constituição do pai e da mãe de Calvin" levanta questões acerca da eficácia social da norma constitucional.
b)A afirmação acerca da necessidade de um novo pai se relaciona à validade da “Constituição do pai e da mãe de Calvin”.
c)A informação de que a mãe de Calvin teria participado na redação da "Constituição do pai e da mãe de Calvin" evoca questão acerca da vigência da norma constitucional.
d)A resposta do pai de Calvin, que nega o término de seu mandato, se refere à vigência da norma constitucional.
e)A afirmação do pai de Calvin sobre a impossibilidade de recontagem de votos evoca um problema de eficácia jurídica da norma constitucional.
3)Texto base:
Parte dos cidadãos brasileiros, desde a reeleição da Presidente Dilma Rousseff, têm se organizado e promovido manifestações contra a corrupção e contra as medidas adotadas pelo governo. Os movimentos sociais e os cidadãos que apoiam o governo da Presidente também têm se manifestado, posicionando-se contrariamente ao grupo anterior. Essas manifestações, independente do posicionamento adotado, são legítimas e constitucionalmente asseguradas no art. 5º, XVI, da CF/88, que dispõe que “todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente”. Diante disso, avalie as assertivas abaixo e, na sequência, assinale a alternativa correta.
I. A norma contida no art. 5º, XVI, da CF/88, é de eficácia limitada, porque ela demanda regulamentação para gerar seus regulares efeitos, tendo aplicabilidade apenas indireta.
II. A norma contida no art. 5º, XVI, da CF/88, é de eficácia plena, porque produzem efeitos imediatos, independentemente de regulamentação, o que é corroborado pelo disposto no art. 5º, §1º, da CF/88, que determina que todas as normas constitucionais, que traduzem direitos e garantias fundamentais, possuem aplicabilidade imediata.
III. A norma contida no art. 5º, XVI, da CF/88, é de eficácia contida, por ter aplicabilidade imediata, independendo de regulamentação infraconstitucional, mas que poderá sofrer reduções ou restrições em seu campo de atuação, o que define, por conseguinte, a produção de efeitos mediatos.
IV. Nos termos do art. 5º, §1º, da CF/88, a aludida norma possui efeitos jurídicos, ou seja, assim como todas as normas constitucionais, definidoras de direitos e garantias fundamentais, ela possui aplicabilidade imediata.
a)Somente III está correta.
b)Somente III e IV estão corretas.
c)Somente II e IV estão corretas.
d)Somente I e IV estão corretas.
e)Somente I está correta.
4)Texto base:
O art. 37, VII, da CF/88, determina, em relação aos servidores públicos, que o “direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em lei específica”. Com base no referido artigo, não se pode afirmar que:
a)Trata-se de norma de eficácia limitada, de aplicabilidade mediata e efeitos jurídicos, ante a necessidade de regulamentação por lei infraconstitucional para que o direito de greve possa ser exercido pelos servidores públicos.
b)Trata-se de norma constitucional de eficácia contida, uma vez que ela determina que o direito de greve pode ser exercido de imediato pelos servidores públicos, podendo ser editada lei que traga restrições a esse direito. Por isso, diz-se que se trata de norma de aplicabilidade imediata e efeitos mediatos.
c)Com base no art. 5º, §1º, da CF/88, trata-se de norma que possui efeitos jurídicos, bem como qualquer outra norma constitucional.
d)Não tendo sido até o momento editada a lei regulamentadora do direito de greve dos servidores públicos, eles não podem exercê-la, sendo uma medida adequada para combater a síndrome da inefetividade da norma jurídica constitucional, nesse caso, a adoção da ADIn por omissão ou do mandando de injunção.
e)Provocado sobre o tema, o STF manifestou-se, autorizando a greve dos servidores públicos, que, para exercê-la, devem observar, enquanto a norma infraconstitucional regulamentadora não for editada, a lei de greve aplicada aos trabalhadores da iniciativa privada, como forma de suprir a omissão do poder regulamentar e possibilitar o exercício desse direito pelos os servidores públicos.