A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Prova Ciência Política

Pré-visualização | Página 1 de 1

PERGUNTA 1 
1. Para Nicolau Maquiavel, o príncipe deve, para se manter no poder: 
 
a. incorporar a arte da guerra, tanto do ponto de vista do pensamento quanto 
da ação, mesmo no momento de paz. 
 
b. desconsiderar as ações dos grandes homens. 
 
c. ficar ocioso nos tempos de paz. 
 
d. usar só da força. 
PERGUNTA 2 
1. Portadora de memória, a paisagem ajuda a construir os sentimentos de 
pertencimento; ela cria uma atmosfera que convém aos momentos fortes da vida, 
às festas, às comemorações. 
CLAVAL, P. Terra dos homens: a geografia. São Paulo: Contexto, 2010 
(adaptado). 
No texto, é apresentada uma forma de integração da paisagem geográfica com a 
vida social. Nesse sentido, a paisagem, além de existir como forma concreta, 
apresenta uma dimensão: 
 
a. 
simbólica de relação subjetiva do indivíduo com o espaço. 
 
b. 
econômica de uso de recursos do espaço. 
 
c. 
privada de limitação sobre a utilização do espaço. 
 
d. natural de composição por elementos físicos do espaço. 
 
e. política de apropriação efetiva do espaço. 
PERGUNTA 3 
1. Tomando-se em conta que legisladores e governantes são representantes do 
povo, que em instância absoluta os elegeu para trabalhar em seu nome e a seu 
favor, conclui-se que a elaboração/administração de políticas públicas: 
 
a. 
busca atender às necessidades e solicitações populares, para as quais tais 
representantes devem, exclusiva e continuamente, estar voltados. 
 
b. 
visa a superpor a vontade do aparato do Estado às aspirações da sociedade 
civil. 
 
c. 
são meios de por em prática as ideias políticas particulares dos 
representantes eleitos, combinadas minimamente às aspirações populares. 
 
d. 
resulta no exercício de uma modalidade de democracia direta. 
 
e. deve atender precipuamente aos setores da sociedade civil que sejam os 
mais influentes nas casas legislativas e junto aos governos. 
PERGUNTA 4 
1. A análise geográfica é feita a partir de várias lentes e conceitos. Assim, é preciso 
conhecer bem esses conceitos para que a leitura da sociedade e do espaço seja 
feita de forma adequada. Pensando por esse prisma, observe o conceito a seguir: 
“É uma instituição formada por povo, território e governo. Representa, 
portanto, um conjunto de instituições públicas que administra um território, 
procurando atender os anseios e interesses de sua população.” 
A que conceito refere-se a afirmação acima? 
 
a. Estado 
 
b. Nação 
 
c. 
Território 
 
d. Governo 
 
e. País 
PERGUNTA 5 
1. “Penso que, atrás do ódio que o povo tem da justiça, dos juízes, dos tribunais, das 
prisões, não se deve apenas ver a ideia de outra justiça melhor e mais justa, mas 
antes de tudo a percepção de um ponto singular em que o poder se exerce em 
detrimento do povo” (FOUCAULT, 2008, p. 73). 
Analise o trecho acima e assinale a alternativa correta: 
 
a. 
Foucault aponta que, sobretudo para o Estado, mas não só, a população é 
interpretada como um trunfo do poder 
 
b. 
Foucault aponta que, sobretudo para o Estado, mas não só, a população é 
interpretada como um trunfo do poder 
 
c. 
Para Foucault o espaço é um atributo neutro, sendo a ação das instituições 
as únicas realizadoras do poder 
 
d. 
Foucault toma as categorias de luta de classes e de distribuição desigual da 
riqueza socialmente produzida como centrais em sua obra 
PERGUNTA 6 
1. A fase da política pública em que uma situação qualquer é reconhecida como um problema 
político e a sua discussão passa a integrar as atividades de um grupo de autoridades denomina-
se: 
 
a. formação de agenda 
 
b. planejamento de políticas 
 
c. monitoramento ambiental 
 
d. implementação de ações 
 
e. tomada de decisão 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
PERGUNTA 7 
1. As chamadas fake news (notícias falsas) preocupam aqueles que se dedicam ao 
entendimento e ao aperfeiçoamento da democracia. Considerando os estudos 
sobre democracia e decisão política, é correto afirmar que as fake news: 
 
a. 
Comprometem o sistema democrático porque interferem no processo de 
tomada de decisão do eleitor, passando o eleitor a decidir num contexto de 
informações inadequadas, já que a qualidade das informações é 
considerada fundamental para o avanço democrático. 
 
b. 
Comprometem o sistema democrático, apesar de não interferirem no 
processo de tomada de decisão do eleitor, visto que a assimetria de 
informação já está calculada no processo decisório, não ficando, assim, a 
democracia dependente dela. 
 
c. 
Não comprometem o sistema democrático porque a assimetria de 
informação já está calculada no processo decisório, não ficando, assim, a 
democracia dependente dela. 
 
d. 
Não interferem nem comprometem a democracia, pois fazem parte do jogo 
democrático e da disputa política em torno do leitor. 
PERGUNTA 8 
1. “Tanto em Estados fortes e hegemônicos como em movimentos pela 
independência, afirmações como ‘nós sempre fomos um povo’ são, no fundo, 
apelos que se tornem povos – apelos sem base histórica que na verdade são 
tentativas de criar a história. O passado, como sempre foi dito, é um país 
estrangeiro, e nunca nos encontraremos por lá” (In: GEARY, Patrick J. O mito 
das nações: a invenção do nacionalismo. São Paulo: Conrad, 2005, p. 51). 
A partir dessa afirmação, marque a alternativa que melhor representa a formação 
dos Estados nacionais modernos. 
 
a. As nações modernas são comunidades imaginadas, pois são, entre outros 
fatores, a homogeneização de uma série de “passados” que acabam sendo 
esquecidos em prol da uniformização. 
 
b. 
As nações sempre existiram, as coisas não mudam. Sendo assim, sempre 
existiram brasileiros, argentinos, bolivianos, paraguaios, entre outros 
 
c. O passado é sempre o mesmo, não existe perspectiva de mudança. Por 
isso, as nações sempre existiram. 
 
d. Imaginar a nação no passado é juntar todas as memórias sobre um povo. 
 
e. 
A nação histórica nada mais é do que a representação da vontade divina.