A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
introducao_a_pesquisa-convertido

Pré-visualização | Página 2 de 2

sobre ela 
Pesquisa de levantamento – estudos de recenseamento que fazem uma análise 
descritiva de um determinado aspecto da realidade 
Pesquisa survey – estudos que coletam dados a partir da aplicação de questionários, 
normalmente com amostras com grande número de sujeitos 
Estudo de caso – estudos sobre um sujeito ou um caso específico, normalmente, 
atípico ou raro, com poucos estudos anteriores, ou de caráter exploratório 
Pesquisa participante – estudos em que o pesquisador se envolve com a realidade 
estudada, manipula pessoalmente a variável dependente e mensura a dependente 
5 
 
 
 
Pesquisa-ação – estudos sobre a dinâmica de ação social e política de um grupo no 
qual o pesquisador se envolve e acompanha a construção de conhecimentos e a compreensão 
da realidade social 
Pesquisa etnográfica – estudos em que o pesquisador convive com um grupo étnico 
específico para entender a cultura do grupo, seus valores e significados a partir do ponto de 
vista do próprio grupo 
Pesquisa etnometodológica – estudos que utilizam os princípios chaves da proposta 
etnográfica, mas, não necessariamente para o estudo da cultura, como metodologia para o 
acesso a outros aspectos da realidade 
 
3.5. QUANTO À DELIMITAÇÃO TEMPORAL 
 
Estudos transversais – estudos que coletam dados sobre a realidade em um momento 
específico e comparam os diversos subgrupos da amostra com diferentes sujeitos 
Estudos longitudinais – estudos que coletam dados sobre os mesmos sujeitos ao 
longo do tempo, para verificar os efeitos relacionados com o desenvolvimento ou com a 
exposição contínua às variáveis de estudo 
 Estudos retrospectivos – estudos que analisam situações problemas que já ocorreram 
(analisam o passado) 
Estudos prospectivos – estudos que analisam as situações problemas em uma 
perspectiva hipotética (analisam um possível desdobramento dos fenômenos no futuro) 
 
4. MATERIAIS E MÉTODOS 
 
- Este artigo foi desenvolvido através de pesquisas e análises fundamentadas de outros 
autores, nos quais relatavam os vários aspectos sobre pesquisa científica para encontrar 
soluções ou dissertar sobre algum assunto de forma analógica, onde possamos introduzir esses 
métodos nas nossas formas de pesquisa. Utilizamos como referência os livros; introdução a 
pesquisa ( Lori, 2003 ), show vê trinque ( Dewey, 1910 ) e livro UNIASSELVI – 
Metodologia Científica. Assim como buscamos informações através de sites da internet e foi 
estruturada através da plataforma Microsoft Word com normas padrões ABNT. 
 
 
6 
 
 
 
5. RESULTADOS E DISCUSSÃO 
 
Os resultados encontrados são de forma objetiva, sem possuir estatísticas, demostram 
formas e tipos de execuções de projetos de pesquisa, de certa forma também apresentam 
aspectos necessários nas pessoas que se comprometem com o buscar do conhecimento através 
da pesquisa, como por exemplo: a perseverança do pesquisador e a perspectiva que ele 
encherga os resultados obtidos. 
 
6. CONCLUSÃO 
 
O presente trabalho buscou apresentar os diferentes tipos de formas de pesquisa e 
também ilustrar sua importância na sociedade. Sabe-se que nos tempos atuais a educação vem 
perdendo sua qualidade devido a falta de interesse em pesquisas além das que já se possuem, 
é muito fácil hoje em dias buscar informações através da rede com fundamentações prontas 
para serem usadas. Este hábito de pesquisar deve ser desenvolvido desde os primórdios de 
uma pessoa em sua vida acadêmica para ela criar o interesse no novo e seguir com a sua 
evolução pelo conhecimento e sanar suas dúvidas. 
 
REFERÊNCIAS 
 
Alice, Lori. Introdução à pesquisa. São Paulo: Loyola, 2003. 
 
BAZZANELLA, André ; PENZLIEN , Elizabeth MÜLLER, Antônio José (Org.). 
Metodologia Científica. Indaia l: Uniasselvi, 2013. 
 
Dewey, John. How we think. Boston: D.C. Heath & Company, 1910.