A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Histologia - Tecido epitelial glandular

Pré-visualização | Página 1 de 1

Unicelular (célula caliciforme): núcleo voltado
para a porção basal
Multicelular: se arranjam em lóbulos e entre
eles têm faixas de tecidos conjuntivos
Mucoso: produz conteúdo viscoso (maior
quant. de carboidrato) e joga no lúmen da
glândula; pressiona o núcleo que se desloca
pra periferia; afinidade pela hematoxilina
Seroso: fluído (mais proteína) com lúmen
menor; não pressiona o núcleo; afinidade pela
eosina; forma acinar (arredondada)
Seromucoso: mistura dos 2; tubulosa mucosa
com meia lua serosa
Lipídico: glândula sebácea
FUNÇÕES:
- Sintetizar, armazenar e liberar (secretar)
proteínas, lipídeos ou complexos de carboidrato e
proteína
TIPOS DE GLÂNDULAS:
- Exócrina: presença de ductos excretores para
fora do corpo ou interior de cavidades
- Endócrina: íntima relação com vasos sanguíneos
ORIGEM DAS GLÂNDULAS:
- Ectodérmica, sempre formadas a partir de
epitélio de revestimento que as células proliferam
e invadem o tec. conjuntivo
GLÂNDULAS EXÓCRINAS:
- Mantém conexão com o epitélio do qual se
origina, essa conexão toma forma de ductos
tubulares por onde saem as secreções
- Se dividem em porção secretora e ductos
excretores
CLASSIFICAÇÃO DO EPITÉLIO GLANDULAR:
- Quantidade de células:
- Conteúdo produzido:
Simples (1 ducto não ramificado) ou composta
(ductos ramificados)
Tubulosa (porção secretora em forma de
tubo): tubulosa simples, tubulosa mucosa
(alongada com lúmen dilatado, ducto excretor,
cromatina condensada e corada. núcleo
achatado e citoplasma claro) ou tubulosa com
meia lua serosa
Acinosa (porção secretora arredondada, lúmen
reduzido, núcleo arredondado): ácino seroso
Essas células estão mais presentes em
glândulas secretoras
Apócrina: o produto sai com pequenas porções
do citoplasma apical (ex.: glândulas mamárias)
Merócrina: secreção liberada por exocitose
sem perda de material celular, através de
vesículas
Holócrina: o produto é secretado junto com a
célula (glândulas sebáceas)
- Morfologia:
- Relação com células mioepiteliais:
- Modo de eliminação da secreção:
GLÂNDULA SEBÁCEA:
- Glândula alveolar, exócrina
GLÂNDULA SUDORÍPARA:
- Glândula tubulosa enovelada, produz suor
GLÂNDULAS ENDÓCRINAS:
- Não possuem ductos, as secreções vão para o
sangue
- Arranjos estruturais: cordonais (cordões
anastomosados - entremeados por capilares
sanguíneos) ou vesiculosas/foliculares
(preenchidas de material secretado)
GLÂNDULA MISTA:
- Porção exócrina: constituída por ácinos serosos
- Porção endócrina: constituída por glândula
cordonal
histologiaHISTOLOGIA
TECIDO EPITELIAL GLANDULAR