A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Parasitologia - resistencia parasitária

Pré-visualização | Página 1 de 1

@medveterinarias 
 Parasitologia 
• Disponibilidade poucos compostos 
comerciais. 
• Outras formas de controle não são 
aplicáveis. 
• Lento e raro o desenv. de novas 
drogas. 
• Transmissão genética da perda da 
sensibilidade em uma população, 
previamente sensível a determinada 
droga. 
• Número maior de indivíduos de uma 
população consegue tolerar mais 
doses de um composto que outra pop. 
Da mesma espécie. 
• Transmitida de pai p/ filho – progênie. 
– Será a população, não somente o 
indivíduo. 
• Monogênica: controlada por 1 gene, 
seleção rápida. 
• Poligênica: vários genes, seleção lenta. 
• Parasitas: 
Homozigoto: SS (sensíveis) ou RR 
Heterozigoto: SR – RS 
Dominante ou recessivo. 
• Com o passar do tempo a sensibilidade 
vai diminuindo e a resistência vai 
aumentando. 
 
 
 
 
• Polimorfismo genético – taquifilaxia: 
rápida diminuição do efeito com 
doses consecutivas. 
• Fatores de seleção em refugia: Tratar 
em curtos intervalos de tempo, tratar 
todos os animais do rebanho, 
mudanças bruscas de princípio ativo, 
medicamentos de longa ação, comprar 
animais parasitados, estratégias 
errôneas. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 @medveterinarias 
 Parasitologia

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.