A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
Correção PET 2 História 2021 6º ano PDF

Pré-visualização | Página 1 de 7

9595
PLANO DE ESTUDO TUTORADO
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS
COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA
ANO DE ESCOLARIDADE: 6º ANO
PET VOLUME: 02/2021
NOME DA ESCOLA:
ESTUDANTE:
TURMA: 
NÚMERO DE AULAS POR SEMANA: 
TURNO:
TOTAL DE SEMANAS: 
NÚMERO DE AULAS POR MÊS: 
SEMANA 1
UNIDADE (S) TEMÁTICAS: 
História: tempo, espaço e formas de registros.
OBJETO (S) DE CONHECIMENTO: 
Formas de registro da história e da produção do conhecimento histórico.
HABILIDADE(S): 
(EF06HI01X) Identificar diferentes formas de compreensão da noção de tempo e de periodização 
dos processos históricos (continuidades e rupturas), comparando os marcos referenciais dos perío-
dos históricos.
CONTEÚDOS RELACIONADOS: 
- Introdução ao estudo de História.
- O trabalho do historiador.
TEMA: O ESTUDO DA HISTÓRIA E O TRABALHO DO HISTORIADOR.
Caro (a) estudante, nessa semana você irá aprender sobre o trabalho do historiador e sobre o uso das 
fontes históricas. Nas atividades você deverá ser capaz de identificar o que são fontes históricas e dife-
renciar seus tipos, além de refletir sobre a importância de se estudar história. Bons estudos!
APRESENTAÇÃO 
Imagine um detetive que precisa desvendar um crime. Ele precisa usar ferramentas para procurar ves-
tígios, ou seja, provas que o ajudem a explicar o que aconteceu. Com os vestígios encontrados, o dete-
tive os analisa e reconstrói a cena do crime. Caso outro detetive também vá à cena e descubra outros 
vestígios, ele pode reconstruir o crime de uma maneira diferente ou complementar à primeira versão. 
Da mesma maneira, para entendermos o passado, existe a profissão do historiador.
O historiador é o profissional responsável por analisar e interpretar o passado para entender o que 
ocorreu em determinado período da história e construir uma versão sobre o passado. Para essa análi-
se, o historiador utiliza as fontes históricas, que podem ser textos, imagens, objetos, relatos etc. que 
servem como vestígios do passado, ou seja, ajudam a desvendar como determinados fatos históricos 
ocorreram. A interpretação das fontes pode variar de acordo com o objetivo do historiador, pois cada 
um pode analisá-la com uma visão diferente e encontrar outras informações sobre o passado, por isso 
podemos dizer que a história é composta por verdades no plural, pois podem variar de acordo com o 
historiador e com o período em que a fonte foi analisada.
O trabalho dos historiadores portanto é constante, pois a visão sobre o passado pode ser novamente 
reinterpretada de acordo com as questões e os problemas do presente, identificando as rupturas (mu-
danças) e as permanências (continuidade) da história.
PARA SABER MAIS: 
Sugestão de texto: Por que estudar História? Disponível em <https://ensinarhistoriajoelza.com.br/por-
-que-estudar-historia/> . Acesso em: 12 abr. 2021.
Sugestão de Livro: BOSCHI, Caio César. Por que estudar História? São Paulo: Ática. 2007, 72p.
Sugestão de Vídeo: Como Se Estuda A História? | Vídeos Educativos para Crianças. Disponível em 
<https://youtu.be/SBAvwk0oGyM>. Acesso em: 12 abr. 2021.
Sugestão de site: O que são fontes históricas? Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/o-que-
-e/historia/o-que-sao-fontes-historicas.htm>. Acesso em: 12 abr. 2021.
ATIVIDADES
1. Para compreender a história é preciso entender alguns conceitos. EXPLIQUE os conceitos abaixo:
a) Historiador
e) Permanências
Historiador é o indivíduo com formação profissional para pesquisar e compreender a História do 
passado e a História do tempo presente da humanidade. Ele se utiliza de teorias e metodologias de 
investigação de diversas áreas do conhecimento (tais como geografia, demografia, antropologia, 
economia, biologia, etc.) para realizar o seu trabalho.
b) Fontes Históricas
São os vestígios deixados pelos seres humanos que permitem ao historiador investigar o 
passado. Qualquer vestígio humano é considerado uma fonte histórica, como por exemplo 
fontes escritas, fontes orais, arquitetura, obras de arte, indumentária (vestimentas), etc.
c) Fatos Históricos
Fatos históricos são os acontecimentos ocorridos no passado. Os fatos históricos são irreversíveis,
ou seja, eles não podem ser alterados. O que muda são as interpretações sobre os fatos históricos
sempre que novas fontes históricas são descobertas, oferecendo novos pontos de vista e novas
interpretações.
d) Rupturas
Rupturas são mudanças extremamente bruscas e violentas que alteram completamente a forma 
de funcionamento de uma sociedade, como por exemplo a Revolução Francesa e a 
Independência do Haiti. 
Permanências históricas são vestígios culturais de sociedades do passado ainda presentes na sociedade 
na atualidade. Por exemplo, a Escravidão acabou oficialmente no Brasil em 1888. Porém, ainda 
existem formas de trabalho análogas (semelhantes) à escravidão no Brasil atualmente. O racismo 
estrutural também é um vestígio do pensamento escravista que vigorou no Brasil por quase 400 anos.
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
jenergoncalves
Realce
97
2. ANALISE quais as semelhanças entre o trabalho do historiador e do detetive.
3. RELACIONE os tipos de fontes históricas com seus exemplos, colocando a letra da primeira coluna 
correspondente com a segunda coluna.
Tipo de fonte histórica
A – Fonte escrita
B – Fonte material
C – Fonte pictórica ou visual
D – Fonte oral
E – Fonte audiovisual
Exemplo
(C) Fotografia
(D) Entrevista
(B) Baú de madeira
(A) Carta
( E ) Filme
4. Imagine que daqui a 100 anos um historiador decida estudar o Brasil de 2021. CITE três exemplos
de fontes históricas que ele poderia usar.
5. Com base na leitura do texto desta semana, EXPLIQUE por que na história existem verdades ao
invés de uma única verdade.
6. Escreva um parágrafo refletindo a seguinte questão: Por que é importante estudar História?
Tanto o Historiador quanto o detetive utilizam-se de métodos de investigação para extrair informações.
Além disso, os dois trabalham com fragmentos de informações para montar um complicado quebra-
cabeça e chegar o mais próximo possível da realidade dos eventos que lhes interessam.
Devemos levar em consideração as principais fontes de produção de informação na atualidade. Devemos
analisar ainda informações sobre a vida pessoal e de natureza coletiva que permitam acessar assuntos políticos,
econômicos, culturais e científicos sobre a sociedade. Por conta disso eu escolheria os vídeos do Youtube,
postagens audio-visuais no Facebook e Instagram, pesquisas científicas relatando o desenvolvimento de acões
de combate à pandemia da COVID-19. Eu utilizaria ainda registros sobre os enterros realizados nos cemitérios.
As verdades são interpretações parciais feitas a partir das fontes disponíveis e das ideias culturais
predominantes em um dado momento. Por exemplo, houve um