A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
289 pág.
BUSINESS INTELLIGENCE COM POWER BI

Pré-visualização | Página 7 de 10

EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Para calcular o Saldo, precisamos criar 3 medidas: uma com o total de entradas,
outra com o total de saídas e uma para o saldo.
• Iremos utilizar uma importante função DAX chamada CALCULATE para criar uma
medida para cada tipo de movimentação.
= CALCULATE([Expressão];[Filtros])
• A função CALCULATE consegue alterar o contexto de filtro e ela necessita de uma
expressão e algum tipo de filtro que se deseja aplicar.
• Para calcular o valor total de entradas, a expressão será a soma da coluna Valor.
=CALCULATE (SUM(Valor); ……)
• O segundo argumento é o filtro que desejamos aplicar para realizar essa soma.
• Nesse caso, queremos somar os valores somente das linhas que estiverem descritas
como “ENTRADA” na coluna Tipo Movimentação.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Precisamos filtrar a tabela Fluxo de Caixa e a condição será quando a coluna Tipo de
Movimentação for igual a “ENTRADA”.
• Sendo assim, a medida para calcular a soma das entradas será:
• O mesmo será feito para calcular a soma das saídas:
• Para calcular o saldo, criaremos uma terceira medida:
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Selecione a medida e altere na guia Modelagem o formato para Moeda.
• Crie um cartão para cada medida criada: Entradas, Saídas e Saldo.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Incluía no seu relatório os filtros de Ano e Mês para filtrar os valores utilizando
segmentadores de dados.
• Escolha a orientação Horizontal, para que o Segmentador de
Dados fique nesse formato e não esqueça de ativar a opção
responsivo, para que ele se adeque ao tamanho que você
determinar.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Observe que a coluna Mês segue uma ordem alfabética e não cronológica, pois ela
está classificada como texto. Para resolver esse problema, é necessário utilizar a
classificação por colunas para ordenar a coluna de Mês corretamente. Nesse caso,
iremos classificar a coluna Mês através da Coluna Mês Num, que contém o número
correspondente a cada mês. Cliquei no campo Mês e vá na aba Modelagem ->
Classificar por Coluna e escolha a coluna o campo Mês Num
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Crie um gráfico de barras para ver a evolução do saldo mês a mês.
• Para ficar uma melhor apresentação e não unificar o meses dos anos de 2017 e
2018, seria interessante criar uma coluna de Mês-Ano para apresentar os dados.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Vamos então retornar ao Power Query clicando em Editor de Consultas.
• Criaremos a coluna Mês-Ano, utilizando uma coluna de exemplos a partir de todas
as colunas.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Digite Jan-2018 e as demais linhas serão preenchidas automaticamente,
selecionando sempre a coluna Mês e a coluna Ano. Clique em OK e altere o nome da
coluna para Mês-Ano.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Assim como na coluna de mês, a coluna Mês-Ano seguirá a ordem alfabética dos
meses e não a ordem cronológica, por ser do formato texto. Dessa forma, é
necessário criar uma coluna auxiliar com um valor numérico para o Mês-Ano, para
que seja possível ordenar os meses na ordem correta.
• Para isso vamos, Adicionar uma Coluna Personalizada:
• A expressão para calcular o valor numérico do Mês-Ano é:
Ano * 100 + Mês Num
• Exemplo: 2018*100 + 1 = 201801→ Jan-2018
• Obs: Se fosse utilizado o mês primeiro, a ordem ficaria errada: 012017, 012018,
022017, 022018, ... . Uma soma direta também não daria certo.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Utilizaremos então a expressão para criar uma Coluna Personalizada.
• Clique em Fechar e Aplicar para retornar ao Power View.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• De volta ao relatório, classifique a coluna Mês-Ano a partir da Mês-Ano Num,
conforme fizemos com o Mês.
• Troque a coluna Mês do gráfico de barra para Mês-Ano.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Crie um gráfico de área para comparar as entradas com as
saídas mês a mês.
• Faça as configurações necessárias no Rolinho.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Crie uma Segunda Página do Relatório para trabalhar com outros visuais.
• Crie uma matriz de fluxo contendo o Ano e o Mês em Linhas e as entradas, as saídas
e o saldo em valores.
• Utilizar o Drill Down para mostrar Ano e Mês.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Para facilitar a visualização e verificar se o saldo está negativo ou positivo, vamos
aplicar uma Formatação Condicional.
• Tipos de Formatação Condicional:
• Nesse exemplo, iremos utilizar Escalas de cor da tela de fundo.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Nos campos da tabela, ir no campo Saldo e escolher a Opção Formatação
Condicional→ Escalas de Cor Tela de Fundo.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Escolha a opção Formatar por Regras.
• Em cada regra é sempre necessário colocar duas condições.
• Na primeira regra teremos: Se o Saldo for maior ou igual a 0 e menor que “deixar
vazio, assim ele irá considerar o valor Máximo”, então Cor Verde. Esse número
garante que o valor do saldo sempre atenderá às condições.
• Adicionar uma nova regra: Se o Saldo for maior ou igual a “deixar vazio, assim ele irá
considerar o valor Mínimo” e menor que 0, então Cor vermelha.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• O Fundo da coluna Saldo irá alterar de cor de acordo com o valor:
se maior ou igual a 0 (verde) ; se menor que 0 (vermelho)
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
OBJETIVOS:
• Análise do Consumo de energia em GWh (Gigawatts / hora) por região geográfica 
do Brasil nos últimos 3 anos e comparativo com metas.
CONHECIMENTOS:
• Transformar Colunas em Linhas
• Comparativo com metas
• Visual KPI com meta
• Visuais personalizados: Bullet Chart e Card With States
• Funções DAX: CALCULATE, ALL, ALLSELECTED, DIVIDE e BLANK.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Abrir a base de dados “Consumo Energia” no Excel e observar que os dados não
estão bem estruturados: cada região está em uma coluna diferente.
• Para realizar a análise dos dados, o ideal é que os dados estejam colunares, ou
seja, uma coluna para cada tipo de campo: Data, Região e Consumo.
• Importar os dados do Excel para o PBI e clicar em “Editar”.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Para transformar os dados em colunares, selecione as colunas que deseja
transformar em linhas (Norte, Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste), clique com
o botão direito e escolha a opção “Transformar somente as colunas
selecionadas em Linhas”.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Renomear as colunas como “Região” e “Consumo”, conferir se o formato das
colunas está correto.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Importar agora a planilha “Metas”, que contém as metas mensais e por região, e
importar também a planilha “Regiões”.
• Importar a planilha dCalendario.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Depois de importar todas as tabelas, clique em “Fechar e Aplicar”.
• Vamos agora fazer o relacionamento entre as tabelas:
• Fazer relacionamento da tabela dCalendario com Metas e Consumo.
• Fazer relacionamento da tabela dRegiao com a Metas e Consumo.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Feito os relacionamentos, vamos agora criar as medidas.
• No Power Pivot, crie uma medida para a soma do consumo:
Consumo Energia = SUM(Consumo[Consumo])
• Crie também uma medida para a soma da meta:
Meta= SUM(dMetas[Valor])
• Insira um gráfico de linhas, utilizando a data da 
dCalendario no eixo, e as duas medidas criadas como 
valor:
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Crie um gráfico de área para comparar o consumo de
energia dos anos.
• Assim é possível fazer um comparativo entre os mesmos
meses de diferentes anos.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Vamos agora criar um visual de KPI para acompanhar o consumo.
• O KPI mostra um totalizado do último ano e o fundo do KPI é o gráfico de todos os
anos.
• Esse visual mostra a porcentagem que está acima ou abaixo da meta.
• É possível também configurar se “Alto é bom”
(maior que a meta é bom) ou “Baixo é bom”
(menor que a meta é bom). Essa opção está na
Codificação de Cores.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Vamos agora utilizar um visual personalizado disponível no marketplace do Power
BI: o Bullet Chart. Esse