A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
55 pág.
K216516

Pré-visualização | Página 1 de 10

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES 
PÓS-GRADUAÇÃO “LATO SENSU” 
PROJETO A VEZ DO MESTRE 
 
 
 
 
 
LOGÍSTICA REVERSA: OS SHOPPINGS CENTERS A 
FAVOR DO MEIO AMBIENTE 
 
 
Por: Ana Paula Pinho de Macedo 
 
 
 
Orientador 
Prof. Sérgio Majerowicz 
 
 
 
Rio de Janeiro 
2011 
 2
 
 
 
 
UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES 
PÓS-GRADUAÇÃO “LATO SENSU” 
PROJETO A VEZ DO MESTRE 
 
 
 
 
 
LOGÍSTICA REVERSA: OS SHOPPINGS CENTERS A 
FAVOR DO MEIO AMBIENTE 
 
 
 
 
 
Apresentação de monografia à Universidade Candido 
Mendes como condição prévia para a conclusão do 
Curso de Pós-Graduação “Lato Sensu” em Logística 
Empresarial. 
 
Por: Ana Paula Pinho de Macedo 
 
 
 3
AGRADECIMENTOS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Agradeço especialmente aos meus pais, 
meu irmão e minha tia Marilúcia, que 
sempre me apóiam e estão ao meu lado. 
Aos meus amigos Thiago Mathos e Gisele 
Carmo que sempre me incentivam e 
escutam. Ao meu chefe e grande amigo, 
Otávio Vieira, uma referencia, que 
diariamente me ensina como conquistar e 
se encantar com o mercado de Shopping 
Center. A equipe do São Gonçalo 
Shopping e a todos da rede Ancar Ivanhoe 
que direto ou indiretamente me ajudaram 
neste trabalho e contribuem para o meu 
crescimento profissional. 
 4
DEDICATÓRIA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dedico esta monografia a todas as 
pessoas relacionadas anteriormente: 
meus pais, Marize e Felipe, meu irmão 
Hallan, minha tia Marilúcia e aos meus 
amigos Thiago, Gisele e Otávio. 
 
Este último um exemplo de profissional 
que com dedicação e paciente me faz 
aprender e crescer profissionalmente e 
pessoalmente. 
 5
RESUMO 
 
 
Com foco na Sustentabilidade e no Meio Ambiente, a Logística Reversa 
torna-se um interesse crescente, uma excelente ferramenta empresarial que atua 
de forma gerencial e operacional, contribuindo significativamente para o 
reaproveitamento de produtos e materiais após seu uso. Ela ameniza os prejuízos 
causados a natureza, além de incentivar a implantação de atitudes e estruturas 
em centros de compras que visem causar menor impacto ambiental. 
No mundo atual dos negócios, a Logística Reversa tornou-se extremamente 
importante, sinônimo de competitividade empresarial, imagem corporativa, 
relacionamento e fidelização de clientes, redução de custo, estratégias, 
oportunidades e etc. E a indústria de shoppings centers também já percebeu isso. 
Motivados pela conscientização ambiental e por estas vastas oportunidades 
geradas, hoje em dia, não se pode pensar em mercado sem falar em Logística 
Reversa, seja através do processo de reciclagem de lixo, da cogeração no sistema 
de ar condicionado, da especialização de executivos focados na sustentabilidade 
entre outros. 
Esta discussão já esteve presente em várias revistas do segmento, e foi 
tema do 10° Congresso Internacional do Shopping Centers e Conferência das 
Américas, promovida pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), 
em parceria com o International Concil of Shopping Centers (ICSC), maior 
entidade mundial de shopping centers. Neste evento, foi apontado possibilidades 
na indústria da construção sustentável no País e utilização das forças de 
mercados para a adoção de práticas em processos integrados de concepção, 
implantação, construção e operação de shoppings com o conceito green building. 
 
 
 
 
 
 6
METODOLOGIA 
 
 
No desenvolvimento do projeto foram realizadas pesquisas de cunho 
bibliográfico e metodológico contendo citações de alguns autores e informações 
apresentadas em sites de empresas do ramo eletrônico e revistas especializadas 
em Shopping Center. Para exemplificar melhor os conceitos e correlaciona-los 
com os principais objetivos do trabalho, a visita a alguns sites tornou-se 
fundamental para o enriquecimento do conteúdo e o acúmulo de experiências. 
Na captação dos dados, sites de alguns Shoppings Centers, tais como 
Iguatemi São Paulo, Shopping Palladiun, Shopping Cidade Jardim, Flamboyant 
Shopping Center, Center Vale Shopping entre outros, foram visitados para 
associar teoria e prática, tornando o tema mais atraente e compreensível. 
Tendo como foco o Meio Ambiente e a Logística Reversa, o projeto aqui 
proposto visa apontas praticas sustentáveis e estratégias operacionais e 
gerenciais adotadas por centros de compras. Através do estudo será mais fácil 
apresentar atitudes simples e eficientes, que possam ser adotadas em diferentes 
segmentos empresariais, e estejam em prol da natureza e das questões 
ambientais. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 7
SUMÁRIO 
 
 
INTRODUÇÃO 
 
CAPÍTULO I - A LOGISTICA REVERSA E A ONDA ECOLÓGICA DOS CENTROS 
DE COMPRAS 10 
 
CAPÍTULO II - LIXO: O QUE OS SHOPPINGS ESTÃO FAZENDO COM ELE? 22 
 
CAPÍTULO III – PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS QUE FAZEM A DIFERENÇA 33 
 
CONCLUSÂO 46 
 
BIBLIOGRAFIA 48 
 
SITES CONSULTADOS 51 
 
ÍNDICE 52 
 
FOLHA DE AVALIAÇÃO 54 
 
 
 
 
 
 
 
 
 8
INTRODUÇÃO 
 
 
As questões ambientais e a sustentabilidade chegaram à vida corporativa e 
deixaram de ser apenas teoria para se tornarem decisão estratégias de empresas 
importantes no mundo inteiro. Utilizando ferramentas como a certificação ISO 
14000 e o Selo Verde, por exemplo, é possível aumentar o potencial competitivo, 
a compreensão das exigências internacionais de produção e exportação e o 
aperfeiçoamento dos processos decisórios quanto às condições ambientais. Entre 
os objetivos da ISO 14000 citamos: 
 
• Formular normas universais para a gestão ambiental; 
• Estruturar o sistema de gestão ambiental nas organizações; 
• Harmonizar iniciativas de normalização pelos países; 
• Estabelecer padrões que levem a excelência ambiental; 
• Servir de guia para a avaliação do desempenho ambiental; 
• Simplificar exigências de registros e selos ambientais; 
• Minimizar barreiras ambientais e etc. 
 
 Já integrada no contexto das empresas, a Gestão Ambiental é direcionada 
para contribuir com empresários, investidores, gerentes e técnicos no atendimento 
às exigências do mercado, no que diz respeito às questões ambientais e a 
sustentabilidade. Esta contribuição pode ter como base discussões atualizada e 
sistemas contendo exigências atuais para execução da gestão ambiental nas 
empresas e/ou avaliação e vantagens frente ás demandas sugerias pela 
globalização da economia e a imagem corporativa. 
 
 Tendo em vista as barreiras ambientais e a conscientização ecológica que 
existente hoje em dia, há, por parte da Organização Mundial de Comércio (OMC), 
um incentivo à homogeneização de padrões de produtos, de gestão empresarial e 
de processos. Cabe às empresas olharem para as oportunidades, buscando se 
 9
antecipar dos fatos, de forma que seus produtos sejam aceitos em todo mundo, 
que seus os diferenciais competitivos sejam percebidos e explorados pelo 
mercado, gerando reflexos positivos a imagem da organização e minimizando 
custos. 
 
 O estudo aqui proposto visa explorar o mercado de shopping Center e os 
inúmeros resíduos produzimos e gerados diariamente por ele. Seja nos 
corredores, na praça de alimentação, nos estacionamento ou em qualquer dos 
setores, a quantidade de pessoas circulando e o investimento necessário para 
construir e manter este empreendimento exige uma estratégia extremamente 
eficiente, todas atualmente focadas para o Meio Ambiente, a Sustentabilidade e a 
Logística Reversa. Sendo assim o objetivo deste trabalho é: 
 
§