A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Projeto de Vida - Pós Descomplica - Exercicio

Pré-visualização | Página 1 de 1

Pós Descomplica Exercícios 
Projeto de Vida - Vida - Sentido da Vida
1 Sócrates diria que a vida contemporânea, da maneira como é vivida, nos impede de fazer algo essencial, que é:
pensar na vida
2 De acordo com o pensamento socrático, o que significa “pensar na vida”?
Pensar no propósito que nos leva a fazer as coisas, refletirmos sobre os “porquês” de fazermos o que fazemos
3 Assinale a alternativa abaixo que traz uma frase atribuída a Sócrates:
“A vida sem investigação não é digna de ser vivida”
4 Qual a tradução básica (resumida e mais comum) do conceito de mindfulness?
Plenitude da mente
5 Há uma outra tradução básica para o termo mindfulness, que nos remete à importância do ser humano manter o foco no presente, esta seria:
Atenção Plena
6 Pode-se dizer que para Epiteto, uma vida feliz e uma vida virtuosa são:
Sinônimos
7 Sócrates foi um filósofo que defendeu a importância de uma vida pensada, ou seja, segundo ele, quanto mais uma pessoa refletir sobre como está vivendo, melhor será sua vida. A partir do que foi estudado, analise a importância do pensamento socrático para a atualidade, neste início do século XXI.
Sócrates é considerado o pai da maneira ocidental de pensar, por isso influencia até hoje a estrutura de pensamento de todos nós. Ele dizia que a existência humana seria uma experiência mais agradável tanto quanto mais se pense as ações no dia a dia.
8 Diante de todo o exposto, explique a relação entre as ideias socráticas e aristotélicas com o moderno conceito de mindfulness (plenitude da mente).
As ideias socráticas se associam diretamente com a teorização feita por um outro grande filósofo, o aclamado Aristóteles. Ele falava em plenitude da alma, conceito muito similar ao que hoje conhecemos como mindfulness (plenitude da mente). Este termo ganhou o gosto popular, principalmente no ambiente empresarial, trazendo através do estrangeirismo, um nome moderno, que, no final, possui significado muito próximo ao conceito aristotélico.
Em resumo, estamos falando que, independentemente das circunstâncias da vida, que ora podem ser melhores ora piores, nós podemos e devemos vivê-la inteiramente. Se fazendo presente de corpo e mente (alma), porque, de fato, a vida é o que acontece agora. Toda divisão significa fragilidade, portanto, se existe uma certa força em você, se existe alguma chance de você performar com muita qualidade, certamente será onde você está, com todos os seus recursos disponíveis neste momento.
Assim, entendemos que mindfulness é estar com a mente completamente preenchida pela atividade realizada pelo corpo, ter a mente focada naquilo que se está fazendo no presente, consciente do que acontece em si e ao redor no agora.