A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
REVISÃO SISTÉMATICA - HG III

Pré-visualização | Página 1 de 1

Arlinda Marques Moitinho Dourado – Medicina 2021 1 
 
REVISÃO SISTÉMATICA 
É um tipo estudo, que contém dados secundários e o 
nosso objeto de pesquisa são artigos já publicados. 
O público é os artigos. 
Utiliza ensaios clínicos – realiza uma síntese. 
“Aplicação de estratégias cientificas para limitar viés 
na reunião sistemática, avaliação critica e síntese de 
todos os estudos relevantes em um tópico especifico.” 
Revisão narrativa = revisão de literatura. – para 
contar história – como foi realiza a cirurgia. 
- Não realiza pergunta específica; 
- Não tem sistematização nas buscas; 
- Possui metodologia enviesada. 
 
 
Construção de uma revisão sistemática: 
 A pergunta; 
 O protocolo; 
 Pesquisa em base de dados; 
 Seleção dos estudos; 
 Extração dos dados; 
 Análise da qualidade dos estudos; 
 Síntese dos dados; 
 Análise e interpretação dos dados. 
1. A pergunta: é a pergunta que deseja 
investigar. 
Utiliza bases de dados eletrônicas: MEDLINE, 
PUBMED, WEB OF SCIENCE, LILACS, COCHRANE, 
SCIELO, EMBASE – Revisar a literatura para saber o 
que já se tem pesquisado. 
 
Usa a estratégia PICOS: 
 
 
 
2. O protocolo: 
Critérios de seleção dos artigos; 
Tipo de estudo (qual o melhor tipo de estudo 
que responde o seu objetivo?); 
Tipo de participantes; 
Tipo de intervenção; 
Tipo de desfecho. 
3. Pesquisa em base de dados; 
Realizar em bases de dados. 
Utiliza bases de dados eletrônicas: MEDLINE, 
PUBMED, WEB OF SCIENCE, LILACS, 
COCHRANE, SCIELO, EMBASE. 
I. COMPARTIMENTALIZAÇÃO DA 
PERGUNTA: termos fundamentais da 
pergunta investigadora que necessita usar 
para realizar a pesquisar (descritores- 
sinônimos); 
II. OPERADORES BOLEANOS: AND, OR, AND 
NOT. 
 
 
4. Seleção dos estudos; 
2 revisores, após a estratégia de busca, vão selecionar 
os estudos seguindo o protocolo da sua revisão; 
Primeira analise através de titulo e resumo -> 
identificar os artigos que atendem os seus critérios 
Arlinda Marques Moitinho Dourado – Medicina 2021 2 
 
Segunda analise -> artigo na integra. 
 
5. Extração dos dados; 
Informações gerais; 
Informações especificas; 
A depender da pergunta da revisão; 
Pensar nos principais pontos- desfechos analisados; 
Considerar todos os detalhes de cada estudo. 
 
6. Análise da qualidade dos estudos; 
Qualidade dos estudos faz uso das escolas: 
Jadad; 
Delphi; 
Maastrichit; 
PEDro. 
Colaboração Cochrane – ela não da nota, mas avalia 
cada elemento do estudo com: 
Baixo risco de viés; 
Risco de viés incerto; 
Alto risco de viés 
 
 
 
** viés: é tudo aquilo que pode está presente no 
estudo, e isso vai alterar o resultado desse estudo. 
 
7. Síntese dos dados; 
Sumarizar os resultados do estudos incluíndos – por 
meio de uma tabela; 
Investigar se os efeitos são consistentes; 
Avaliar se é possível uma metanálise. 
Toda metanálise é uma revisão sistemática, mas nem 
toda revisão sistemática pode zerar um metanálise. 
METANÁLISE: avalia estatisticamente a revisão 
sistemática. 
Faz uso de gráfico de floresta. 
Avalia incidência. 
Realiza a síntese final. 
 
 
8. Análise e interpretação dos dados. 
Interpretação dos resultados. 
 
REGISTRAR A REVISÃO SISTEMÁTICA: 
- PROSPERO= O Registro Internacional Prospectivo de 
Revisões Sistemática. (base em inglês). 
- Não paga; 
- Ter feito a revisão sistemática; 
- Deve ser feito em inglês.