Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
APOL 1 Antigo Testamento

Pré-visualização | Página 1 de 8

Questão 1/10 - Teologia do Antigo Testamento 
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Na Bíblia os juízes não tinham formação oficial para julgar disputas legais como a palavra juiz dá hoje a entender”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DOCKERY, David S. Manual Bíblico Vida Nova. São Paulo: Editora Vida Nova, 2010. p. 242. 
Conforme os conteúdos do livro-base Teologia sistemática, se o extrato de texto citado mostra o que um juiz não 
é, podemos dizer que faz parte de suas atribuições: 
Nota: 10.0 
 
A Julgar as disputas legais dos israelitas 
 
B Liderar os israelitas durante os períodos de crise. 
Você acertou! 
O período dos juízes foi um período anárquico em Israel, sem um governo unificado. Nesse sentido, os juízes 
eram líderes temporários que eram levantados por Deus em períodos específicos da História em regiões 
geográficas específicas (livro-base, p. 334). 
 
C Manter as tribos do Sul unidas diante dos problemas com o Norte. 
 
D Estabelecer a monarquia em Israel. 
 
E Levar a guerra para expandir os territórios de Israel. 
 
Questão 2/10 - Teologia do Antigo Testamento 
Leia atentamente fragmento de texto: 
“O pequeno livro de Habacuque indica que ele, como teólogo competente, conhecia bem as Escrituras e tinha 
grande fé em Deus. Em função do salmo registrado no capítulo 3, alguns estudiosos acreditam ser possível que ele 
fosse um sacerdote que dirigia adoração no templo. Se esse é o caso, como Jeremias e Ezequiel, era um sacerdote 
chamado para ser profeta – um ministério ainda mais difícil”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: WIERSBE, Warren, W. Comentário Bíblico Expositivo. Santo André: Editora Geográfica, 2008. v. 3, p. 509. 
Conforme os conteúdos do livro-base Teologia sistemática, assinale a alternativa correta a respeito do profeta: 
Nota: 0.0 
 
A Duas evidências internas apontam para a autoria do próprio Habacuque para seu livro. 
 
B Salmo constante no capítulo 3 do livro de Habacuque nos leva a constatar que ele fazia parte da tribo 
de Levi. 
 
C A questão central do livro está na justiça de Deus em usar o povo de Judá para disciplinar os caldeus. 
 
D A lição do livro de Habacuque é que, mesmo que a aparente injustiça na prosperidade dos ímpios possa 
desanimar os justos, é papel dos piedosos levar uma vida justa e fiel. 
O foco do livro de Habacuque está no fato de que o justo viverá pela fé, e não por aquilo que os homens podem 
mensurar, que é o dinheiro, a prosperidade e o sucesso segundo padrões humanos (livro-base, p. 369). 
 
E O foco do livro é que o justo viverá pelas obras, mais que pela fé. 
 
Questão 3/10 - Teologia do Antigo Testamento 
Leia o excerto de texto: 
“Os anais demonstram que os reis assírios costumavam resolver o problema das populações incontroláveis por 
meio de deportações em massa. Quando uma cidade rebelde era derrotada, sua nobreza, seus trabalhadores 
qualificados e soldados eram reassentados nas proximidades da região central da Assíria, nas quais podiam ser 
controlados com mais facilidade. O restante da população geralmente ficava sem recursos militares e econômicos 
para iniciar outra revolta”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: ZONDERVAN Corporation. Bíblia de Estudo Arqueológica. São Paulo: Editora Vida, 2013. p. 1337. 
Considerando os conteúdos do livro-base Teologia Sistemática, a estratégia de deportação dos núcleos 
importantes de um território derrotado em batalha foi utilizada durante o cativeiro de Judá perante os babilônios. 
Considerando o cativeiro de Judá, relacione, na ordem sequencial, os três cercos de Jerusalém aos livros a que se 
referem bem como os livros aos seus temas centrais: 
(1) Primeiro Cerco de Jerusalém 
(2) Segundo Cerco de Jerusalém 
(3) Terceiro Cerco de Jerusalém 
(4) Tema Central de Jeremias 
(5) Tema Central de Ezequiel 
(6) Tema Central de Daniel 
 
( ) Julgamento Purificador 
( ) Daniel 
( ) Jeremias 
( ) Soberania de Deus 
( ) Destruição e Restauração de Jerusalém 
( ) Ezequiel 
Agora, assinale a alternativa que menciona a sequência correta: 
Nota: 0.0 
 
A 4 – 1 – 5 – 3 – 2 – 6 
 
B 6 – 1 – 5 – 2 – 3 – 4 
 
C 4 – 1 – 3 – 6 – 5 – 2 
(1) Daniel foi levado para a Babilônia no primeiro cerco e (6) o tema central de seu livro é a Soberania de Deus; 
(3) Jeremias foi o remanescente na cidade após a terceira leva de refugiados e (4) o tema de seu livro é o 
julgamento purificador; por fim, (2) Ezequiel foi levado durante o segundo cerco a Jerusalém e o (5) tema 
central de seu livro é a destruição e reconstruções de Jerusalém (livro-base, p. 353; p. 356; p. 357, 358). 
 
D 6 – 5 – 3 – 4 – 1 – 2 
 
E 4 – 2 – 1 – 3 – 5 – 6 
 
Questão 4/10 - Teologia do Antigo Testamento 
Analise o fragmento de texto: 
“Não há dúvidas de que Jonas era um personagem histórico: é mencionado em 2Reis 14:25, em que se diz que ele 
predisse a expansão de Israel durante o reinado de Jeroboão II. O fato de Jonas ser citado por ter proferido uma 
profecia de sucesso militar sugere que ele era um profeta dos mais nacionalistas e militaristas, talvez não muito 
diferente de Zedequias, a quem o profeta Micaías se opõe em 1Re 22. Esse fato, no entanto, não esclarece se o 
livro de Jonas é um registro verídico e histórico. Se for pura ficção, o autor pode ter usado esse profeta como uma 
personagem, para ressaltar a compaixão divina: Deus, ao mostrar misericórdia aos ninivitas, humilhou esse profeta 
indignado e patriótico”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: ZONDERVAN Corporation. Bíblia de Estudo Arqueológica. São Paulo: Editora Vida, 2013. p. 1474. 
Quando os textos bíblicos são colocados em cheque pelos eruditos de linhas teológicas liberais, como é o caso do 
trecho citado, é necessário encontrar evidências que corroborem a existência de personagens históricos e verídicos 
dos escritos bíblicos. Considerando os conteúdos do livro-base Teologia Sistemática, no caso específico do profeta 
Jonas, assinale a alternativa que aponta para a maior evidência interna para a historicidade do livro de Jonas: 
Nota: 0.0 
 
A Embora raro, não seria impossível que um grande peixe como uma baleia estivesse no caminho do 
Mediterrâneo onde Jonas naufragou. Esse é o componente miraculoso do evento. 
 
B A cidade de Társis, no sudoeste da atual Espanha, é uma referência à historicidade da obra. 
 
C Jesus deu testemunho da existência de Jonas, do livramento miraculoso e do seu ofício profético. 
Jonas “[...] era galileu, de Gate-Hefer, localizada em Zebulom [...], ao norte de Nazaré, na Galileia. Jesus deu 
testemunho da existência de Jonas, do livramento miraculoso e do seu ofício profético [...]” (livro-base, p. 364). 
 
D Registros em Nínive de uma mudança religiosa que substituiu a adoração politeísta por, apenas, o culto 
ao deus Marduque, pode apontar para uma segunda fonte do mesmo evento histórico. 
 
E O estilo da embarcação utilizada por Jonas corresponde àquelas existentes no século VIII a.C., 
corroborando uma escrita contemporânea da obra. 
 
Questão 5/10 - Teologia do Antigo Testamento 
Leia o fragmento de texto abaixo: 
“Deus julga as nações e, um dia, retribui de acordo com seus pecados. Nenhuma nação pode menosprezar a lei de 
Deus nem desafiar seu governo sem sofrer as consequências. A profecia de Jeremias deixa isso bem claro”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: WIERSBE, Warren. Comentário Bíblico Expositivo. Santo André: Editora Geográfica, 2008. v. 3. p. 89. 
Conforme os conteúdos do livro-base Teologia sistemática a respeito do profeta Jeremias, é correto afirmar que: 
Nota: 0.0 
 
A Jeremias profetizou pelo reino do Norte por 40 anos. 
 
B Jeremias foi honrado pelos reis que serviu durante seu ministério. 
 
C Não é possível afirmar que foi Jeremias quem escreveu o livro das Lamentações de Jeremias.
Página12345678