A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
238 pág.
apostila portugues para concurso

Pré-visualização | Página 21 de 50

Rodoviária Federal
Apostila de Português para Concursos 68
b) 6, 3, 7, 1,4.
c) 2, 4, 3, 7, 5.
d) 2, 4, 7, 1, 7.
13- Os superlativos absolutos sintéticos de comum, soberbo, fiel, miúdo são, respectivamente:
a) comuníssimo, super, fielísimo, minúsculo.
b)comuníssimo, sobérrimo, fidelíssimo, minúsculo.
c) comuníssimo, superbíssimo, fidelíssimo, minutíssimo.
d) comunérrimo, sobérrimo, fidelíssimo, miudérrimo.
e) comunérrimo, sobérrimo, fielíssimo, minutissimo.
14- Os adjetivos Iígneo, gípseo, níveo, braquial significam, respectivamente:
a) lenhoso, feito de gesso, alvo, relativo ao braço.
b) lenhoso, feito de gesso, nivelado, relativo ao crânio.
c) lenhoso, rotativo, abalizado, relativo ao crânio.
d) associado, rotativo, nivelado, relativo ao braço.
e) associado, feito de gesso, abalizado, relativo ao crânio.
15- Aponte a alternativa incorreta quanto à correspondência entre a locução e o adjetivo.
a) glacial (de gelo); ósseo (de osso)
b) fraternal (de irmão); argênteo (de prata)
c) farináceo (de farinha); pétreo (de pedra)
d) viperino (de vespa); ocular (de olho)
e) ebúrneo (de marfim); insípida (sem sabor)
16- O plural de terno azul-claro, terno verde-mar é, respectivamente:
a) ternos azuis-claros, ternos verdes-mares.
b) ternos azuis-claros, ternos verde-mares.
c) ternos azul-claro, ternos verde-mar.
d) ternos azul-claros, ternos verde-mar.
e) ternos azuis-claro, ternos verde-mar.
17- Marque:
a) se I e II forem verdadeiras
b) se I e III forem verdadeiras
c) se II e III forem verdadeiras
d) se todas forem verdadeiras
e) se todas forem falsas
"... eu não sou propriamente um autor defunto, mas um defunto autor..."
I. No primeiro caso, autor é substantivo; defunto é adjetivo.
II. No segundo caso, defunto é substantivo; autor é adjetivo.
III. Em ambos os casos, tem-se um substantivo composto.
18- Assinale a alternativa em que o termo cego(s) é um adjetivo.
a) "Os cegos, habitantes de um mundo esquemático, sabem aonde ir..."
b) "O cego de Ipanema representava naquele momento todas as alegorias da noite escura da alma..."
c) "Todos os cálculos do cego se desfaziam na turbulência do álcool."
d) "Naquele instante era só um pobre cego."
e) "... da Terra que é um globo cego girando no caos."
19- Observe as proposições abaixo:
O1.Poucos autores escrevem poemas herói-cômicos.
02. Os cabelos castanhos-escuros emolduravam-lhe o semblante juvenil.
04. Vestidos vermelhos e amarelo-laranja foram os mais vendidos na exposição.
08. As crianças surdo-mudas foram encaminhadas à clinica para tratamento.
16. Discutiu-se muito a respeito de ciências político-sociais na última assembléia dos professores.
32. As sociedades luso-brasileira adquiriram novos livros de autores portugueses.
Marque as frases corretas e some os valores que lhes são atribuídos.
20- O adjetivo está mal flexionado em grau em:
a) livre: libérrimo
b) magro: macérrimo
c) doce: docílimo
d) triste: tristíssimo
e) fácil: facílimo
21- Sigao exemplo:
Não chame a torre de alta, mas de altíssima.
Não considero sua atitude nobre, mas (*).
Polícia Rodoviária Federal
Apostila de Português para Concursos 69
22- No trecho "... o homem não fala simplesmente uma língua, não a usa, como mero instrumento de
comunicação...", o termo sublinhado é um:
a) substantivo e significa "simples".
b) advérbio e significa "genuíno".
c) adjetivo e significa "quase".
d) advérbio e significa ''estreme".
e) adjetivo e significa "puro".
23- Assinale a alternativa em que ambos os adjetivos não se flexionam em gênero.
a) elemento motor, tratamento médico-dentário
b) esforço vão, pasçeio matinal
c) juiz arrogante, sentimento fraterno
d) cientista hindu, homem célebre
e) costume andaluz, manual Iúdico-instrutivo
24- Das frases abaixo, apenas uma apresenta adjetivo no comparativo de superioridade, assinale-a.
a) A palmeira é a mais alta árvore deste lugar.
b) Guardei as melhores recordações daquele dia,
c) A Lua é menor do que a Terra.
d) Ele é o maior aluno de sua turma.
e) O mais alegre dentre os colegas era Ricardo.
25- Dê o grau normal dos superlativos:
a) macérrimo
b) tetérrimo
c) minutíssimo
d) personalíssimo
e) feracíssimo
26- Relativamente à concordância dos adjetivos compostos indicativos de cor, uma, dentre as seguintes
alternativas, está errada. Qual?
a) saia amarelo-ouro
b) papel amarelo-ouro
c) caixa vermelho-sangue
d) caixa vermelha-sangue
e) caixas vermelho-sangue
RESPOSTAS
1. a) Por se tratar de textos narrativos, a adjetivação tem caráter descritivo e não argumentativo. E
ambos os textos, nota-se uma caracterização enaltecedora, que desenha um quadro idealizado cujos
elementos se aproximam da perfeição. No segundo texto, essa construção é o objetivo do escritor;
no primeiro, o escritor faz referência a certo tipo de escrito em que os elementos apresentados são
sempre os mesmos – sempre idealizados, sempre caracterizado pelos mesmos adjetivos.
b) Deve-se notar o uso dos artigos definidos no primeiro texto que substantivam as expressões a que
se referem – não é um castelo, é o “imponente castelo” das típicas histórias românticas. Esse
tratamento permite perceber que o primeiro texto é metalinguístico.
2. b
3. a
4. b
5. d
6. a) pluvial
b)passionais
c) infantis, pueris
d) antiofídico
7. a) felicíssimo
b) libérrimo
8. a) especular
b) vítrea
c) legal
d) linear
9. a) vespertino
b) vital
c) discente
10. a) borboletas azul-claras
b) Borboletas cor-de-laranja
11. e
12. c
13. c
14. a
15. d
16. d
17. a
18. e
19. 01+04+16=21
20. c
21. nobilíssima
22. e
23. d
24. c
25. a) magro
b) tetro (tétrico)
c) miúdo
d) pessoal
e) feraz ( fértil, fecundo)
26. d
Polícia Rodoviária Federal
Apostila de Português para Concursos 70
Concordância Nominal
Os adjetivos e as palavras adjetivadas concordam em gênero e número com os elementos a que
se referem. Por exemplo: gatas malhadas e cachorros brancos. Quando o adjetivo surgir junto de mais
de um substantivo, teremos regras especiais, que veremos agora:
01) Adjetivo posposto a dois ou mais substantivos
Adjunto adnominal
Quando o adjetivo posposto a dois ou mais substantivos funcionar como adjunto adnominal e estiver
qualificando todos os substantivos apresentados, poderá concordar com o elemento mais próximo ou com
a soma deles.
Ex.
• O Estado compra carros e maçãs argentinas.
• O Estado compra carros e maçãs argentinos.
Há três casos em que o adjunto adnominal concordará apenas com o elemento mais próximo:
01) Se qualificar apenas o elemento mais próximo:
Ex.
• Comprei óculos e frutas frescas.
02) Se os substantivos forem sinônimos:
Ex.
• Desrespeitaram o povo e a gente brasileira.
03) Se os substantivos formarem gradação:
Ex.
• Foi um olhar, uma piscadela, um gesto estranho.
Predicativo do sujeito
Quando o adjetivo imediatamente posposto a dois ou mais substantivos funcionar como predicativo do
sujeito, deverá concordar com a soma dos elementos, apesar de existirem gramáticos que admitam a
concordância também com o elemento mais próximo.
Ex.
• O operário e a esposa, preocupados, saíram para o trabalho.
Predicativo do objeto
Quando o adjetivo imediatamente posposto a dois ou mais substantivos funcionar como predicativo do
objeto, deverá concordar com a soma dos elementos, apesar de existirem gramáticos que admitam a
concordância também com o elemento mais próximo.
Ex.
• Encontrei o operário e a esposa preocupados com a situação da empresa.
Obs.: Uma maneira fácil de se estabelecer a diferença entre o adjunto adnominal e o predicativo é
quando substituímos o substantivo por um pronome: todos os adjuntos adnominais que gravitam ao
redor do substantivo têm de acompanhá-lo nessa substituição, ou seja, os adjuntos adnominais
desaparecem. Portanto, se o adjetivo não desaparecer na substituição, será predicativo.
02) Adjetivo anteposto a dois ou mais substantivos
Adjunto adnominal
Quando o adjetivo anteposto a dois ou mais substantivos funcionar como adjunto adnominal e estiver
qualificando todos os substantivos apresentados, deverá concordar apenas com o elemento mais
próximo.
Ex.
• Trouxe belas

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.