A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Citoesqueleto

Pré-visualização | Página 1 de 1

Citoesqueleto 
Células: 
→ Algumas células tem a capacidade de se 
movimentar ativamente, como as células do 
sistema imunológico. 
→ Possuem morfologia diversa 
→ São capazes de modificar sua forma 
→ Conseguem reorganizar seus componentes 
internos (organelas) 
Citoesqueleto 
→ Conjunto de fibras e túbulos proteicos 
existentes no citoplasma de células eucarióticas. 
→ Célu las procariotas não possuem 
citoesqueleto. 
Funções: 
→ Principal função é dar suporte à membrana 
plasmática. 
→ Proporciona resistência mecânica contra 
estresse e esforços. 
→ Guia e direciona o tráfego intracelular de 
organelas. 
→ Locomoção celular - permite que células 
como os espermatozóides possam nadar e 
outras como leucócitos possam deslizar sobre 
superfícies. 
→ Contração das células musculares. 
→ Diversidade de formas (morfologia) das 
células eucariotas. 
Filamentos do citoesqueleto: 
→ Eles são dinâmicos e adaptáveis. 
→ São formados pela união de diversas 
moléculas proteicas menores, as chamadas 
subunidades. 
→ Essas subunidades, por serem pequenas, 
podem se difundir rapidamente pelo interior da 
célula. Permitindo uma reorganização estrutural 
rápida, ela consegue se dissociar de filamentos 
em uma determinada região e se reassociar em 
outra região da célula. 
→ Conseguem se montar e desmontar de 
acordo com a necessidade da célula. 
→ Podem também se tornar estáveis, as 
células especializadas tem uma morfologia 
diferenciada e estável, como exemplo, os 
neurônios. 
3 tipos de filamentos do 
citoesqueleto: 
→ Cada um tem uma distribuição específica no 
citoplasma. 
→ Microtúbulos (perto do núcleo) 
→ Filamentos de actina (fica mais perto da MP) 
→ Filamentos intermediários (espalhados pelo 
citoplasma). 
Filamentos de actina: 
→ Também conhecidos como microfilamentos. 
→ São formados pela união de várias 
subunidades de proteínas actina que se 
organizam formando uma estrutura de fita dupla. 
→ São estruturas flexíveis. 
→ São encontrados dispersos pela célula, mas 
estão em maior concentração logo abaixo da 
Membrana plasmática. 
→ São responsáveis pela: 
- Morfologia celular (formato) 
- Locomoção 
- Contração muscular 
→ São estruturas polarizadas, possui uma 
extremidade mais polarizada e outra menos. 
 → Extremidade mais: o crescimento e a 
dissociação ocorrem mais rapidamente (mais 
dinâmica). 
→ Extremidade menos: o crescimento e a 
dissociação ocorrem mais lentamente. 
Contração muscular: 
→ Depende de um filamento do citoesqueleto, 
que seriam os filamentos de actina. 
→ O filamento de actina sempre estará 
associado a proteína miosina, que é responsável 
pela geração de força (energia que vem do ATP) 
para a contração muscular. 
→ Sarcômero é a unidade de contração 
muscular. 
 
→ No sarcômero, tem camadas de miosina e 
actina intercalados, onde a actina tem uma de 
cada lado, e um espaço entre elas, e a miosina 
sobrepondo esse espaço. 
→ Quando se tem uma contração muscular, 
ocorre o encurtamento do sarcômero. Onde a 
actina quebra o ATP, e a energia do ATP faz 
com que esse espaço diminua, juntando a actina 
dos dois lados 
Microtúbulos: 
→ São longos e retilíneos cilindros ocos 
formados pela união de subunidades de proteínas 
tubulina. 
→ Mais rígidos do que os filamentos de actina. 
→ As subunidades de tubulinas são formadas 
pela união de duas proteínas: 
- tubulina α 
- tubulina β 
→ Apresentam uma das extremidades ligada a 
um centro organizador de microtúbulos 
denominado de centrossomo. 
Principais funções: 
- Transporte intracelular de organelas (determina 
a localização) e vesículas (trilhos) 
- Separação de cromossomos durante a divisão 
celular 
- Participam na formação de estruturas 
celulares, como cílios e flagelos 
→ São extremamente dinâmicos e possui uma 
estrutura polarizada: 
- Extremidade mais: o crescimento e a 
dissociação ocorrem mais rapidamente (mais 
dinâmica) – exposição das α Tubulinas 
- Extremidade menos: o crescimento e a 
dissociação ocorrem mais lentamente – 
exposição das β Tubulinas 
→ Algumas drogas afetam a dinâmica de 
crescimento e encurtamento dos microtúbulos, 
essas são os quimioterápicos. 
 
Flagelos X Cílios 
→ Cílio, são muito numerosos e curtos, fazem o 
movimento de ondas 
→ Flagelos, pouca quantidade e longos e fazem 
o movimento de hélice 
 
Filamentos intermediários 
→ São fibras semelhantes a cabos que 
encontram-se distribuídos pela célula. 
→ Compostos por proteínas de filamentos 
intermediários, que se unem formando longas 
fibras. 
→ Não apresentam uma estrutura polarizada. 
→ Existem muitos tipos de filamentos 
intermediários. 
Principais tipos de filamentos intermediários: 
→ As diferentes famílias de filamentos 
intermediários são expressas em diferentes 
tipos celulares 
→ São abundantes no citoplasma de células 
sujeitas a estresse mecânicos. 
→ Participam na formação de componentes que 
permitem a ligação entre células vizinhas, o que 
confere a resistência e estabilidade mecânica às 
tensões. 
→ Lâminas nucleares - rede que reveste a 
membrana interna da carioteca de eucariotos, 
onde proporcionam sítios de ancoramento para 
cromossomos e poros nucleares, além de 
fornecer suporte estrutural para essa organela

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.