Buscar

Queda livre - Relatório

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Título: Experimento de queda livre 
Aluno: Kevin Ávila Rehem/174400034 
Objetivo: Estudar e observar as características do movimento de um corpo em queda livre a 
fim de: 
 Interpretar gráficos que envolvam posição, velocidade, aceleração e tempo; 
 Determinar equações horárias do movimento; 
 Verificar se os resultados obtidos reproduzem o que é anunciado teoricamente; 
 Determinar a aceleração média da gravidade. 
 
INTERPRETAÇÃO DOS DADOS OBTIDOS 
*JANELA DE GRÁFICOS: 
 Gráfico das posições (y, t): 
 
A imagem acima representa o gráfico da posição em função do tempo, pode-se observar através 
do gráfico resultados bastante satisfatórios em relação à base teórica (parábola de cor verde), 
os resultados do experimento foram praticamente iguais aos teóricos. 
 
 
 Gráfico da velocidade vertical (𝑽𝒚, t) 
 
A imagem acima representa o gráfico da velocidade em função do tempo, neste caso também 
é observado resultados bastante coerentes com a base teórica (linha azul), mas com uma taxa 
de erro maior que a do gráfico das posições, ainda que pequena. A velocidade demonstra um 
crescimento negativo linear. 
 
 Gráfico da aceleração vertical (𝒂𝒚, t) 
 
A imagem acima representa o gráfico da aceleração em função do tempo. Neste caso, podemos 
observar uma grande discrepância com relação à base teórica (linha rosa). O esperado é que a 
aceleração em y fosse constante, igual à aceleração gravitacional (aproximadamente 9,8m/s²), 
mas o que observamos é uma variação provavelmente causada por fatores externos como, por 
exemplo, a resistência do ar. 
*JANELA DE DADOS: 
 Análise do tempo (t) 
a) Qual é o valor do instante inicial t1? 
> 0 segundo; 
 
b) Qual é o valor do instante t2? 
> 0,033 segundo; 
 
c) Qual é o valor do instante t3? 
> 0,067 segundo; 
 
d) Qual é o valor do instante t4? 
> 0,100 segundo; 
 
e) Qual é o valor do instante t5? 
> 0,133 segundo; 
 
f) Qual é o valor do instante t6? 
> 0,167 segundo; 
 
g) Qual o intervalo de tempo existente entre t1 e t2? 
> 0,033 segundo; 
 
h) Qual o intervalo de tempo existente entre t2 e t3? 
> 0,034 segundo; 
 
i) Qual o intervalo de tempo existente entre t3 e t4? 
> 0,033 segundo; 
 
j) Qual o intervalo de tempo existente entre t4 e t5? 
> 0,033 segundo; 
 
k) Qual o intervalo de tempo existente entre t5 e t6? 
> 0,034 segundo; 
 
l) Entre os demais instantes esse intervalo varia ou permanece o mesmo? Leve em consideração a 
porcentagem de erro. 
> Permanece o mesmo intervalo; 
 
m) Quanto tempo o objeto levou para chegar ao solo? 
> 0,534 segundo. 
 
 
 Análise da posição (y) 
a) Para o instante inicial t1 qual a posição y1 do objeto? 
> 1,488 metro; 
 
b) Para o instante t2 qual a posição y2 do objeto? 
> 1,480 metro; 
 
 
c) Para o instante t3 qual a posição y3 do objeto? 
> 1,464 metro; 
 
d) Para o instante t4 qual a posição y4 do objeto? 
> 1,435 metro; 
 
e) Para o instante t5 qual a posição y5 do objeto? 
> 1,393 metro; 
 
f) Para o instante t6 qual a posição y6 do objeto? 
> 1,338 metro; 
 
g) Qual a diferença de valor (variação de posição) existente entre a posição y2 e a posição y1? 
> -0,008 metro; 
 
h) Qual a diferença de valor (variação de posição) existente entre a posição y3 e a posição y2? 
> -0,016 metro; 
 
i) Qual a diferença de valor (variação de posição) existente entre a posição y4 e a posição y3? 
> -0,029 metro; 
 
j) Qual a diferença de valor (variação de posição) existente entre a posição y5 e a posição y4? 
> -0,042 metro; 
 
k) Qual a diferença de valor (variação de posição) existente entre a posição y6 e a posição y5? 
> -0,055 metro; 
 
l) Entre as demais posições essa variação permanece ou sofre alteração? Leve em consideração a 
porcentagem de erro. 
> Sofre alteração; 
 
m) Levando em consideração a porcentagem de erro, esses dados reproduzem o que é anunciado 
teoricamente dentro do estudo do movimento de queda livre? Discuta. 
> Sim, representa quase perfeitamente. Como demonstrado na análise do gráfico da posição, a 
parábola gerada com os valores teóricos do experimento quase completamente se sobrepõe à 
parábola gerada pelo próprio experimento empírico; 
 
n) Qual a distância total percorrida pelo objeto? 
> 1,488 metro. 
 
 
 Análise da velocidade vertical (𝑽𝒚) 
a) Apenas observando os dados mostrados na coluna da velocidade, pode-se considerar que o 
movimento é uniforme ou variado? 
> Variado; 
 
b) Para o instante t1 qual a velocidade 𝑉 do objeto? 
> 0m/s; 
 
c) Para o instante t2 qual a velocidade 𝑉 do objeto? 
> -0,352m/s; 
 
 
d) Para o instante t3 qual a velocidade 𝑉 do objeto? 
> -0,674m/s; 
 
e) Para o instante t4 qual a velocidade 𝑉 do objeto? 
> -1,070m/s; 
 
f) Para o instante t5 qual a velocidade 𝑉 do objeto? 
> -1,451m/s; 
 
g) Para o instante t6 qual a velocidade 𝑉 do objeto? 
> -1,686m/s; 
 
h) Qual a diferença de valor (variação de velocidade) existente entre a velocidade 𝑉 e a velocidade 
𝑉 ? 
> -0,352m/s; 
 
i) Qual a diferença de valor (variação de velocidade) existente entre a velocidade 𝑉 e a velocidade 
𝑉 ? 
> -0,322m/s; 
 
j) Qual a diferença de valor (variação de velocidade) existente entre a velocidade 𝑉 e a velocidade 
𝑉 ? 
> -0,396m/s; 
 
k) Qual a diferença de valor (variação de velocidade) existente entre a velocidade 𝑉 e a velocidade 
𝑉 ? 
> -0,381m/s; 
 
l) Qual a diferença de valor (variação de velocidade) existente entre a velocidade 𝑉 e a velocidade 
𝑉 ? 
> -0,235m/s; 
 
m) Entre as demais velocidades essa variação permanece ou sofre alteração? Leve em consideração a 
porcentagem de erro. 
> Permanece a mesma 
 
n) Levando em consideração a porcentagem de erro, esses dados reproduzem o que é anunciado 
teoricamente dentro do estudo do movimento de queda livre? Discuta. 
> Representa, sim, porém com uma precisão um pouco menor que a demonstrada na análise de 
posição, ainda que o erro tenha sido pequeno; 
 
o) Com que velocidade o objeto tocou o solo? Ou qual a velocidade que ele tinha no instante 
imediatamente anterior ao chegar ao solo? 
> -4,822m/s. 
 
 
 Análise da aceleração vertical (𝒂𝒚) 
a) Para o instante inicial t1 qual a aceleração 𝒂𝒚𝟏 do objeto? 
> -10,55m/s² 
 
b) Para o instante t2 qual a aceleração 𝒂𝒚𝟐 do objeto? 
> -11,68m/s² 
 
c) Para o instante t3 qual a aceleração 𝒂𝒚𝟑 do objeto? 
> -8,914m/s² 
 
d) Para o instante t4 qual a aceleração 𝒂𝒚𝟒 do objeto? 
> -11,42m/s² 
 
e) Para o instante t5 qual a aceleração 𝒂𝒚𝟓 do objeto? 
> -11,80m/s² 
 
f) Para o instante t6 qual a aceleração 𝒂𝒚𝟔 do objeto ? 
> -10,29m/s² 
 
g) Qual a diferença de valor (variação da aceleração) existente entre a aceleração e a aceleração 
? 
> -1,13m/s² 
 
h) Qual a diferença de valor (variação da aceleração) existente entre a aceleração e a aceleração 
? 
> 2,766m/² 
 
i) Qual a diferença de valor (variação da aceleração) existente entre a aceleração e a aceleração 
? 
> -2,506m/s² 
 
j) Qual a diferença de valor (variação da aceleração) existente entre a aceleração e a aceleração 
? 
> -0,38m/s² 
 
k) Qual a diferença de valor (variação da aceleração) existente entre a aceleração e a aceleração 
? 
> 1,51m/s² 
 
l) Entre as demais acelerações essa variação permanece ou sofre alteração? Leve em consideração a 
porcentagem de erro. 
> Sofre alteração. 
 
m) Levando em consideração a porcentagem de erro, esses dados reproduzem o que é anunciado 
teoricamente dentro do estudo do movimento de queda livre? Discuta. 
> Não reproduzem, provavelmente por conta de erro humano e fatores externos como, por exemplo, 
a resistência do ar. 
 
 
 Considerações finais 
a) Com base nos dados obtidos é possível determinar a aceleração da gravidade média do movimento. 
Para isso aplique a equação: 𝑌 =
∙
, 
> A partir desta aplicação, foi obtido 
 
b) Tendo definida a aceleração da gravidade média do movimento escreva a equação horária da 
velocidade e a equação horária da posição parao movimento do objeto. 
> 𝑉 = (−10,476 ∙ 𝑡)𝑚/𝑠 
> 𝑌 = (−5,238 ∙ 𝑡 + 1,488)𝑚 
 
c) Para testar os dados obtidos escolha três instantes diferentes e aplique nas equações. 
 
TEMPO POSIÇÃO VELOCIDADE 
t2 1,482 m -0,346 m/s 
t4 1,436 m -1,048 m/s 
t5 1,395 m -1,393 m/s 
 
 • Levando em consideração a porcentagem de erro, os dados obtidos podem ser considerados 
corretos? 
> Sim, podem ser considerados corretos, inclusive com boa precisão.