A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
RESUMO - AS CRUZADAS NA IDADE MÉDIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

É
As cruzadas foram expedições militares de motivação Cristã, que 
ocorreram entre o século XI e XIII que tinham por objetivo inicial a 
reconquista da Terra Santa (Jerusalém) que estava nas mãos dos 
árabes muçulmanos. 
Cruzada extraoficial Popular ou dos mendigos (1096): Iniciada pelo 
monge Pedro, o Eremita, tinha por objetivo reconquistar Jerusalém 
e massacrar judeus e muçulmanos que entrassem no caminho. Não 
tiveram apoio da igreja romana, nem do Império Bizantino, e assim, 
foram derrotados. 
1ª Cruzada dos Nobres (1096): Nobres católicos da Europa, em 
busca de salvação e de aumento de seus poderes, se aliaram ao o 
Império Bizantino e conseguiram reconquistar Jerusalém das mãos 
dos muçulmanos. 
2ª Cruzada (1147): Através do sultão Saladino, os muçulmanos 
conquistaram em Jerusalém, porém os cristãos não obtiveram 
apenas derrotas, pois o Infante D. Afonso Henriques conseguiu 
conquistar Lisboa dos mouros. 
3ª Cruzada dos Nobres (1189): Os reis Filipe Augusto da França, 
Frederico barba ruiva, do sacro império e Ricardo Coração de Leão, 
da Inglaterra, partiram e conquistaram cidades no caminho para o 
Oriente, mas foram derrotados em Jerusalém. Por fim, Ricardo 
Coração de Leão entrou em um acordo com Saladino de abertura da 
cidade para peregrinação Cristã. 
4ª Cruzada comercial (1202-1204): Comerciantes de Veneza, 
apoiados pelo Papa Inocêncio-III, invadem Constantinopla e obtém 
o controle comercial do mar mediterrâneo.