A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Classificação dos contratos Desafio

Pré-visualização | Página 1 de 1

Classificação dos contratos (Desafio)
Alguns contratos têm como característica o fato de apenas uma das partes ter obrigações a cumprir. Entretanto, existem situações em que encargos podem ser exigidos. Observe uma situação hipotética, acerca da classificação dos contratos. 
​​​​​​​​​​​​​​
Para se certificar de que suas condições seriam respeitadas, Dr. Ivo consultou você para saber quais providências seriam cabíveis na legalização dessa situação. No papel de advogado do Dr. Ivo, como você responderia as seguintes perguntas:
1. Se o contrato de doação é baseado em um ato de generosidade, de liberalidade, como o médico poderia exigir uma contrapartida dos professores?
Embora o contrato de doação seja um contrato cuja causa é a liberalidade, o desejo de transferir o patrimônio gratuitamente, o ordenamento jurídico brasileiro prevê uma hipótese de doação que depende da realização de alguma incumbência por parte dos donatários (professores). Denomina-se doação com encargo. Deste modo, Dr. Ivo poderia realizar a doação deixando expresso que impunha aos donatários os encargos de instalar a escola e conferir às bolsas de estudos aos alunos carentes. Tendo aceitado a doação, esse encargo deverá ser cumprido pelos donatários, sob pena de revogação da doação, nos termos dos seguintes artigos do Código Civil:
Art. 553. O donatário é obrigado a cumprir os encargos da doação, caso forem a benefício do doador, de terceiro ou do interesse geral.
Parágrafo único. Se desta última espécie for o encargo, o Ministério Público poderá exigir sua execução, depois da morte do doador, se este não tiver feito.
Art. 555. A doação pode ser revogada por ingratidão do donatário ou por inexecução do encargo.
2. Como se classificaria esse tipo de contrato?
Esse tipo de contrato classifica-se como um contrato unilateral impuro ou bilateral imperfeito, pois é um contrato unilateral em sua origem, o qual é a manifestação de vontade do doador, porém, após a aceitação, confere obrigações por meio da imposição do encargo aos donatários. Não há como dizer, entretanto, que o encargo é, exatamente, uma contraprestação, ou um pagamento ao doador, até porque nem mesmo reverte-se em seu favor. Sendo assim, sua classificação apresenta uma característica mista.​​​​​​​

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.