A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
ÁCIDOS NUCLEICOS- BIOLOGIA MOLECULAR

Pré-visualização | Página 1 de 2

- DNA E RNA 
-Porque são ácidos nucleicos? Pois na bioquímica são 
consideradas substâncias ácidas. 
- Tanto o DNA, quanto o RNA, podem ser encontrados fora do 
núcleo, 
 EXEMPLO: PROCARIONTES 
- São orgânicos, formados por uma sequência de 
nucleotídeos. 
*O nucleotídeo, vem da quebra do ATP. 
 
 
 
 
 
- Formado por um fosfato, pentose e a base nitrogenada 
- Base nitrogenada, é rica em nitrogênio 
Obs: Quando só se tem a pentose e a base nitrogenada é 
chamado de nucleosídeo, quando se tem a composição dos 
três é nucleotídeo. 
 
 
 
 
 
- O que diferencia o Rna e o Dna, são a pentose e as suas 
bases nitrogenadas 
: Ribose -(C5H10O5), Molécula instável 
 Desoxirribose -(C5H10O4), Molécula estável 
: Púricas- São bases grandes, com dois anéis 
 - Adenina e Guanina 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pirimídicas: Bases menores, com um anel 
- Citosina, Uracila e Timina 
 
 
 
- Timina, exclusiva do DNA e Uracila, exclusiva do RNA. 
 
 
 - Dupla Hélice (FITAS DUPLAS) 
 - Enroladas de forma helicoidais 
 * Rosalind Franklin 
 - Pentose: Desoxirribose 
 
 
 
 
- As bases nitrogenadas são por pontes de hidrogênio, a 
ligação entre guanina e citosina é considerada mais forte 
- Uma fita dá uma volta completa a cada 10 pares de base 
- Apresenta giros no sentido horário para A DIREITA 
 FITAS ANTIPARALELAS 
 -Cada fita tem um sentido 
 - SENSO 
 - ANTI-SENSO 
 
- A ligação entre bases nitrogenadas, fitas diferentes, na 
horizontal é PONTE DE 
HIDROGÊNEO 
- A ligação entre nucleotídeos 
, fitas iguais no caso na 
vertical, é chamada de 
LIGAÇÃO FOSFODIÈSTER 
 Nessa ligação, começa 
Fosfato, que se liga a pentose 5’ 
, e depois se liga no 3’. 
` ` 
@clara.barboosa
@clara.barboosa
 
 REGRA DE CHARGAFF 
 
- A mesma quantidade de adenina de um lado é a mesma coisa 
para timina em outro lado. A mesma coisa serve para guanina e 
citosina. 
 EXEMPLO: Tenho 25% de adenina, quanto eu terei de CITOSINA? 
 RESPOSTA: Perceba que, se a adenina é 25% logo a timina será 
25%. Sendo assim dando 50%, percebe que o total terá que ser 
100%. Logo a guanina é 25%, como a CITOSINA. 
 OBS: Sempre a púrica se liga a uma pirimídica. 
- A soma das púricas é igual as das pirimídicas 
 A+G=T+C 
 WATSON E CRICK 
- Estrutura Tridimensional 
- Eles imaginaram o DNA, como uma 
Escada de caracol, onde 
os degraus são as 
bases, e o corrimão é 
a pentose + fosfato. 
REPLICAÇ O DO DNA 
-Formação de copias de DNA, a partir de uma molécula de DNA 
preexistente. 
-Na replicação do DNA, a fita se desenrola por conta da 
atuação de enzimas, e se divide em duas. Formando novas 
moléculas de DNA. 
 
 
 
 
 
 
- : 
1. Existe múltiplas origens de replicação: Ou seja, várias 
enzimas iniciam a replicação, simultaneamente em vários pontos, 
ocorrendo um aumento na velocidade do processo. 
 
 
2. Bidirecional: A partir de cada origem, as enzimas atuam, nos dois 
sentidos. 
 OBS: Por ter várias origens e ser bidirecional, o tempo da 
replicação que necessita de 2 dias para terminar, decai para 12 hora, 
ou seja metade de um dia. 
3. Semiconservativa: Se conserva nas duas moléculas novas chamadas 
de recém-sintetizada, as fitas originais chamadas de parental. 
4. Descontinua em cadeia: A DNA POLIMERASE III, é responsável por 
construir uma fita de DNA, utilizando nucleotídeos de determinada fita 
molde. A enzima precisa de uma fita preexistente para construir uma 
nova. E quem vai adicionar esse pequeno trecho, é uma enzima 
chamada DNA PRIMASE. 
 
 
 
 
 
 
 
- Nesse processo é chamado de fita líder, construída no mesmo 
sentido da portilha. 
- Já a outra fita, é construída ao sentindo oposto. Chamada de fita 
retardante, e a partir, do 3’OH, constrói a fita nova para a direita. 
A medida que vai abrindo as fitas, irá precisar dos primes. Essa fita 
é construída de forma descontinua, vai parando. 
 *Primes: Vem dá síntese, da primase. Na fita líder, só será 
usado um, na fita retardante são usados vários primes. 
 *DNA LIGASE: Liga os fragmentos de Oktazolti. 
 
- Usaram versões diferentes, de isótopos de nitrogênio. O 
nitrogênio 15, considerado pesado, e o nitrogênio 14, 
considerado leve. 
 COMO ACONTECEU? 
1. Em primeiro momento, eles inseriram as bactérias no 
ambiente com nitrogênio 15, conseguindo sobreviver bastante 
tempo nesse ambiente. Todas as moléculas de DNA 
apresentadas, era formada pelo N15: fita preta. 
2. As bactérias foram transferidas para outro ambiente, com 
a presença do nitrogênio 14. 
3. Após a transferência, a amostra foi retirada. O resultado 
foi uma geração parental: As duas fitas do DNA 
@clara.barboosa
@clara.barboosa
 
apresentam o N15. Quando fizeram a centrifugação, o material 
pesado decantou no fundo do recipiente. 
4. Ainda no mesmo meio N14, após 20 minutos a primeira retirada, 
terá a segunda, configurando a primeira geração. Esse tempo 
foi suficiente para que as bactérias concluíssem um ciclo de 
replicação para que o DNA fosse replicado uma vez. 
5. A molécula de DNA, apresenta a seguinte estrutura: 
Separação da fita preta com a vermelha. A fita recém-sintetizada 
apresenta N14, já a parental N15. 
6. Após 40 minutos, eles fizeram mais uma coleta, dando tempo 
para as bactérias fazerem dois ciclos de replicação. 
7. Portanto a fita preta recebeu a vermelha complementar, quanto 
a vermelha recebeu a vermelha complementar. SEPARAÇÃO DAS 
PRETAS COM AS VERMELHAS. 
 RESULTADO: 50% HBRIDAS E 50%VERMELHA, as pretas se 
conservassem de geração em geração por será parental 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 - Apresenta cadeia simples 
 - Pentose: Ribose 
 - Bases Nitrogenadas: Uracila, Guanina, Citosina e 
 adenina. 
 - Teoria do mundo de RNA: Ela diz que a primeira 
 molécula da vida foi o RNA. O que fez sustentar 
 essa ideia, é porque existe um RNA que atua como 
 enzima. 
- A ribose é uma molécula instável 
- O RNA pode produzir uma molécula de DNA, pela transcriptase 
reversa 
 
- O ATP É FEITO DE RIBOSE 
 CLASSICAÇ O: 
*Existe três tipos de RNA, cada uma atuando em sua devida 
função. 
 1. RNA Mensageiro (RNAm): O RNAm pelo processo de 
transcrição, irá transcrever a informação dada pelo DNA, e 
traduzindo pelo processo de tradução, consequentemente 
levando a produção de proteínas. 
 2. RNA Transportador (RNAt): O RNAt será o responsável pelo 
transporte de aminoácidos, possuindo a sequência específica de 
bases. 
 3. RNA Ribossômico (RNAr): O RNAr é o responsável pela 
formação do ribossomo, realizando a leitura do RNAm. 
 PROCESSO 
- O DNA não quer sair do núcleo e manda as informações de 
dentro do núcleo para o RNA, ocorrendo a transcrição, sendo 
irá transcrever a informação dada pelo DNA e traduzir, pelo 
processo de tradução, o RNAm, produzindo proteínas. 
 EXEMPLO: Se eu tenho um porco com RNAm, um camelo com 
RNAt, e um jumento com RNAr. De quem vai ser a proteína? 
 * RESPOSTA: Logo será o porco, pois ele possui as 
informações genéticas colocadas pelo DNA. 
- A enzima que faz a transcrição é chamada de RNA POLIMERASE 
- As enzimas só conseguem fazer a transcrição de 5’ para 3’ 
 
 
 
 
 
 
 
 
- A molécula de DNA que será utilizada como fita molde será a 
ANTI SENSO, pois se já tem de 5’ para 3’, terá que ter de 3’ para 
5’. 
 OBS: A TRANSRIÇÃO E A REPLICAÇÃO ACONTECEM DENTRO DO 
NÚCLEO, PORÉM NOS PROCARIONTES É NO CITOPLASMA. COMO 
TABÉM OS MEMENTOS DOS ACONTECIMENTOS, ACONTECE OS TRÊS DE 
UMA VEZ SÓ. 
 
 
` ` 
@clara.barboosa
@clara.barboosa
 
 TRADUÇÃO 
 -Após a transcrição, será a

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.