A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
(Curta / Salve / Siga) Ligações químicas I (iônicas)

Pré-visualização | Página 1 de 2

CA
P. 
3
QU
ÍM
IC
A 
13
1
27
6
PV
2D
-1
7-
20
 Módulo 12
Ligações iônicas
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
RO
TE
IR
O 
DE
 E
ST
UD
OS
Leia com atenção Capítulo 3 – Tópicos 1, 2, 3, 3.A e 3.B
Ex
er
cí
ci
os
Série branca 221 222 223 224 227 229 230 231
Série amarela 224 225 226 228 229 232 233 234
Série roxa 226 228 230 234 235 236 237 240
Foco Enem 224 225 228 231 234 236 237 238
221. 
Considerando os modelos de ligação química, o que ex-
plica a condutividade elétrica dos materiais no estado sólido?
222. IFSul-RS
O principal componente do sal de cozinha é o cloreto de 
sódio. Este composto se apresenta no estado sólido nas con-
dições ambientes (temperatura de 25 °C e pressão de 1 atm) 
em decorrência das fortes atrações que se estabelecem entre 
seus cátions e ânions.
Quando dissolvido em água, são rompidas as ligações 
químicas 
a. dativas.
b. iônicas.
c. metálicas.
d. covalentes.
223. FEI-SP
Sabendo que o gálio (Z = 31) e o enxofre (Z = 16) formam 
um composto iônico, pode-se afirmar que a fórmula mais pro-
vável deste composto será 
a. GaS
b. Ga2S
c. Ga2S3
d. GaS3
e. Ga3S2
224. Mackenzie-SP C5-H24
A combinação entre átomos dos elementos potássio 
(metal alcalino) e fósforo (família do nitrogênio) resulta na 
substância de fórmula 
a. K3P2
b. KP3
c. K3P
d. KP
e. K2P
225. IFCE
Um elemento “A”, de número atômico 20, e outro “B”, 
de número atômico 17, ao reagirem entre si, originarão 
um composto
a. molecular de fórmula AB2.
b. molecular de fórmula A2B.
c. iônico de fórmula AB.
d. iônico de fórmula AB2.
e. iônico de fórmula A2B.
226. Cefet-MG 
Ao reagir um metal alcalinoterroso do terceiro período da 
Tabela Periódica dos Elementos com um halogênio do segun-
do período, forma-se um composto __________ de fórmula __________.
Os termos que completam corretamente as lacunas são, 
respectivamente, 
Dados: 8O, 9F, 11Na, 12Mg, 16S, 17Cℓ
a. iônico e MgF2.
b. iônico e Na2O.
c. molecular e Na2S.
d. molecular e MgCℓ2.
227. UFJF-MG
Num composto iônico XY3, sendo X o cátion e Y o ânion, 
no estado normal, os átomos X e Y devem possuir, respectiva-
mente, na última camada,
a. 3 e 6 elétrons. 
b. 5 e 7 elétrons. 
c. 2 e 5 elétrons.
d. 3 e 7 elétrons.
e. 1 e 3 elétrons.
228. FGV-SP C5-H24
Os defensivos agrícolas são empregados nos setores de 
produção, armazenagem e beneficiamento de produtos na 
agricultura. Sua função é impedir a proliferação de micro-or-
ganismos que deterioram esses produtos. Dentre os seguin-
tes compostos usados como defensivos agrícolas, assinale 
aquele que tem ligação iônica na sua estrutura. 
a. C�
C�
C C
ONa
O
C�
b. 
P
O
SCH3CH2O
CH3CH2O NO2
c. H
H
C BrH
d. O
CC�3
CH3
CH
OCH3
e. 
OHC�
C� C�
C� C�
LI
VR
O 
DO
 P
RO
FE
SS
OR
CA
P. 
3
QU
ÍM
IC
A 
13
1
27
7
PV
2D
-1
7-
20
229. VUNESP
Têm-se dois elementos: 20A e 35B. 
a. Escreva as configurações eletrônicas dos dois ele-
mentos. Com base nas configurações eletrônicas, diga 
a que período e grupo da Tabela Periódica pertence 
cada um dos elementos em questão. 
b. Qual será a fórmula do composto formado entre A e B? 
Qual o tipo de ligação existirá entre A e B?
230. 
Toneladas de lixo são lançadas todos os dias nos 
lixões, terrenos onde o lixo fica amontoado ao ar 
livre, sem nenhum cuidado. A matéria orgânica em 
decomposição atrai ratos, baratas, moscas, mosqui-
tos e outros transmissores de organismos que nos 
causam doenças (vírus, bactérias, protozoários, fun-
gos). Ela também produz um caldo negro malchei-
roso – o chorume.
“No chorume podem ser encontrados, além de 
matéria orgânica, produtos tóxicos como o chumbo 
e o mercúrio, que se originam de tintas, solventes, 
pilhas, lâmpadas fluorescentes etc.”
In: GEWANDSNAJDER, F. Ciências – Planeta Terra. 
1. ed. São Paulo: Ática, 2012 p. 95.
O óxido de chumbo e o óxido de mercúrio, substâncias 
tóxicas, têm fórmulas PbO2 e HgO, respectivamente. Sa-
bendo-se que o número atômico do oxigênio é 8, podemos 
concluir que
a. o chumbo é tetravalente e o mercúrio é divalente.
b. o chumbo é divalente e o mercúrio é monovalente.
c. o mercúrio é divalente e o oxigênio é monovalente.
d. o chumbo é monovalente e o mercúrio é tetravalente.
231. UTFPR C7-H24
Para evitar bolor em armários, utilizam-se produtos de-
nominados comercialmente de “substâncias secantes”. Es-
ses produtos, como o cloreto de cálcio anidro, são higroscó-
picos, ou seja, capazes de absorver moléculas de água. Por 
isso, o frasco contendo esse secante acaba por acumular 
líquido no fundo, que nada mais é que solução aquosa de 
cloreto de cálcio.
Dados os números atômicos: Ca = 20 e Cℓ = 17, é correto 
afirmar que
a. entre o cálcio e o cloro ocorre ligação iônica.
b. na formação do cloreto de cálcio anidro, o cálcio rece-
be 2 elétrons e o cloro perde um elétron.
c. a fórmula do cloreto de cálcio é Ca2Cℓ.
d. o cloreto de cálcio é uma base.
e. o cálcio forma o ânion Ca2– e o cloro forma cátion Cℓ+.
232. UERJ
O nióbio é um metal encontrado em jazidas naturais, prin-
cipalmente na forma de óxidos. Em uma jazida que contenha 
nióbio com número de oxidação +5, a fórmula do óxido predo-
minante desse metal corresponde a
a. NbO5
b. Nb5O
c. Nb5O2
d. Nb2O5
233. Unimontes-MG
A figura seguinte refere-se à estrutura de um sólido for-
mado por suas unidades constituintes.
+
–
+
– +
–
+
–
+
–
+
– +
–
+
–
 
+
–
+
– +
–
+
–
+
–
+
– +
–
+
–
Em relação ao sólido e às suas unidades constituintes, é 
correto o que se afirma em:
a. As ligações químicas que se estabelecem entre as 
unidades constituintes da estrutura são iônicas. 
b. As unidades constituintes da estrutura são moléculas 
que permitem o deslize na rede cristalina. 
c. Deslizes na rede cristalina originam debilidades na re-
sistência, devido às atrações interiônicas. 
d. As unidades constituintes dispõem-se em um arranjo 
desordenado, formando um sólido amorfo.
234. UFC-CE C7-H24
Considere um composto iônico do tipo MX, em que M é 
um metal alcalino e X, um halogênio. Com relação a essa clas-
se de compostos, assinale a alternativa correta. 
a. São espécies não eletrolíticas. 
b. São bons condutores de corrente elétrica no esta-
do sólido. 
c. Apresentam-se, no estado gasoso, em temperatura e 
pressão ambientes. 
d. A Iigação iônica será mais forte (módulo) quanto me-
nor for o raio do haleto. 
e. São formados, principalmente, entre elementos com 
eletronegatividades próximas.
235. UEPG-PR
O quadro a seguir fornece dados de cinco elementos 
químicos. Considere como condições ambientais normais: 
T = 25 °C, P = 1 atm.
Elemento Número atômico (Z)
I 11
II 16
III 18
IV 13
V 17
De acordo com os elementos acima representados, assi-
nale o que for correto. 
01. Os elementos químicos IV e lI formam compostos iô-
nicos de fórmula (lV)2(lI)3. 
02. Todos os elementos representados pertencem ao 
mesmo período da Tabela Periódica. 
04. O elemento III apresenta a maior eletronegatividade. 
08. O elemento V apresenta o maior potencial de ionização. 
16. Os elementos I e lII encontram-se no estado sóli-
do e gasoso, respectivamente, nas condições-pa-
drão ambientais.
Dê a soma dos números dos itens corretos.
LI
VR
O 
DO
 P
RO
FE
SS
OR
CA
P. 
3
QU
ÍM
IC
A 
13
1
27
8
PV
2D
-1
7-
20
236. VUNESP
Descoberto em 1996 por pesquisadores alemães, o novo 
elemento químico de número atômico 112 poderá ser batiza-
do de “copernicium”, em homenagem ao cientista e astrôno-
mo Nicolau Copérnico (1473-1543). Segundo os cientistas, o 
novo elemento é aproximadamente 277 vezes mais pesado 
que o hidrogênio, o que o torna o elemento mais pesado da 
Tabela Periódica, ocupando a posição relativa ao 7o período do 
Grupo 12. A Tabela Periódica, uma das realizações mais notá-
veis da Química, foi desenvolvida exclusivamente a partir das 
propriedades físicas e químicas dos elementos e, por isso, o 
conhecimento da posição ocupada por um elemento quími-
co permite que se façam algumas previsões quanto às suas 
propriedades. Considerando a localização dos átomos dos 
elementos químicos