A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
ESTUDOS DISCIPLINARES VI QUESTIONÁRIO II

Pré-visualização | Página 1 de 3

Curso
	ESTUDOS DISCIPLINARES VI
	Teste
	QUESTIONÁRIO UNIDADE II
	Iniciado
	17/06/21 15:35
	Enviado
	17/06/21 15:51
	Status
	Completada
	Resultado da tentativa
	5 em 5 pontos  
	Tempo decorrido
	16 minutos
	Resultados exibidos
	Todas as respostas, Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários, Perguntas respondidas incorretamente
· Pergunta 1
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Diversas fontes poluidoras são responsáveis por emissão de material particulado no meio ambiente. De acordo com os dados apresentados por órgãos reguladores de vigilância, quanto à emissão de material particulado, temos, em ordem decrescente, as principais fontes emissoras representadas na alternativa:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	a. 
Indústrias, solos e pedreiras.
	Respostas:
	a. 
Indústrias, solos e pedreiras.
	
	b. 
Indústrias, solos e construções.
	
	c. 
Solos, construções e veículos.
	
	d. 
Veículos, indústrias e construções.
	
	e. 
Pedreiras, solos, indústrias.
	Feedback da resposta:
	Alternativa: A
Comentário: de acordo com os principais órgãos reguladores que fiscalizam a emissão de poluentes atmosféricos, as indústrias são apontadas como as principais fontes emissoras de material particulado, sendo seguidas por solos, onde esses materiais são principalmente transportados via vento e em terceiro lugar pelas pedreiras, onde a exploração leva à emissão de materiais particulados.
	
	
	
· Pergunta 2
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Os casos descritos nas cidades de Donora (EUA) e Londres (Inglaterra) foram importantes para ocorrências envolvendo poluição e saúde humana. Nessas duas cidades, a ocorrência foi:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
Problemas graves respiratórios e até mortandade de pessoas devido ao acúmulo de poluentes atmosféricos por causa das emissões massivas de poluentes por indústrias.
	Respostas:
	a. 
Surto de cólera, devido à contaminação, por esgoto doméstico, dos mananciais que abasteciam a cidade, revelando, assim, a importância do tratamento de esgoto para a saúde humana.
	
	b. 
Vazamentos de usinas de energia nuclear, levando as autoridades a evacuar as cidades rapidamente para evitar danos aos moradores. Fato que evidenciou a importância do uso seguro da energia nuclear.
	
	c. 
Surto de tipos raros de câncer devido ao acúmulo de material particulado lançado diretamente por indústrias poluidoras.
	
	d. 
Problemas graves respiratórios e até mortandade de pessoas devido ao acúmulo de poluentes atmosféricos por causa das emissões massivas de poluentes por indústrias.
	
	e. 
Surto de gripe espanhola, devido à facilidade que o vírus encontrou para se disseminar a partir de materiais poluentes, tanto na água quanto na atmosfera.
	Feedback da resposta:
	Alternativa: D
Comentário: as cidades de Donora e Londres foram marcos importantes na história do envolvimento entre poluição e saúde humana, pois, com o acúmulo de materiais liberados pela atividade industrial, verificou-se um aumento excessivo de casos de doenças respiratórias e até a morte de alguns indivíduos por causa desses materiais. Após esses fatos, as autoridades responsáveis começaram a tomar medidas importantes quanto à fiscalização da emissão de poluentes atmosféricos.
	
	
	
· Pergunta 3
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Quando se faz um levantamento sobre o impacto de um determinado poluente em relação à saúde humana, é importante colher dados científicos que fundamentem e também deem base para interpretações e conclusões sobre o real impacto dos poluentes sobre a saúde humana. Conhecer a metodologia na qual os estudos são realizados também é de extrema importância para a melhor abordagem do problema. Indique, nas alternativas, a melhor metodologia experimental para, por exemplo, se avaliar o impacto de um poluente atmosférico e uma determinada doença.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Fazer um levantamento do número de doentes por determinada doença, verificar o estilo de vida desses pacientes e se estiveram em contato com o poluente. Fazer um levantamento de pessoas com a mesma doença e que não estiveram em contato com o poluente e comparar os dois casos, verificando se, de fato, a exposição ao poluente contribui para maior risco da doença.
	Respostas:
	a. 
Estudar utilizando-se animais de laboratórios expostos a um determinado poluente e verificar se esse animal desenvolve doença semelhantemente ao humano.
	
	b. 
Fazer um levantamento do número de doentes por determinada doença, verificar o estilo de vida desses pacientes e se estiveram em contato com o poluente. Fazer um levantamento de pessoas com a mesma doença e que não estiveram em contato com o poluente e comparar os dois casos, verificando se, de fato, a exposição ao poluente contribui para maior risco da doença.
	
	c. 
Realizar exames periódicos em pacientes com determinada doença para verificar se ocorre alteração em determinado poluente durante o período da doença. Assim, se houver alterações nesses níveis, é possível inferir a participação desse poluente nos primeiros passos do desenvolvimento da doença.
	
	d. 
Selecionar um grupo de voluntários que serão expostos à determinada concentração dos poluentes por períodos controlados. Selecionar outro grupo que não está exposto ao poluente e verificar se o primeiro grupo mostra manifestação da doença. Nesse caso, deverá também ser realizado todo o tratamento médico dos indivíduos expostos.
	
	e. 
Selecionar um grupo de pessoas com as fases iniciais da doença e criar condições para um grupo menor não ser mais exposto ao poluente. Desta forma, se este grupo que não mais ficará exposto não desenvolver a doença, pode-se afirmar que a exposição ao poluente testado é de fato o responsável pela doença.
	Feedback da resposta:
	Alternativa: B
Comentário: estudos que buscam a validação dos efeitos de determinado poluente no risco à saúde abordam uma temática epidemiológica para fazer tais inferências. Com esse objetivo, faz-se um levantamento de indivíduos já doentes e verifica-se seu histórico de vida, avaliando se nesse histórico houve ou há maior predisposição a determinada doença. Caso exista uma correlação, será esperado um número maior de doentes com história de exposição ao poluente em comparação com o número de doentes que apresentam a mesma doença, mas que nunca ou pouco estiveram expostos. Assim, pode-se afirmar a participação do poluente na gênese de tal doença. Um bom exemplo é o uso de cigarro e desenvolvimento de câncer de pulmão. Se fizermos um levantamento dos pacientes com câncer de pulmão, será possível verificar que cerca de 85/90% dos casos são de indivíduos que foram tabagistas, número bem superior aos que têm a doença, mas não tiveram esse hábito. Dada essa discrepante observação, pode-se inferir que o tabagismo está relacionado com o desenvolvimento de câncer de pulmão.
	
	
	
· Pergunta 4
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Um importante avanço contra a emissão de poluentes atmosféricos foi conseguido com o Decreto 59.113, no ano de 2013, o qual propunha metas importantes quanto à emissão desses compostos. Uma das mais importantes medidas da resolução baseia-se em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
Diminuição progressiva até mínimas concentrações aceitáveis de diversos poluentes, incluindo dióxido de enxofre e material particulado.
	Respostas:
	a. 
Término absoluto da emissão de material particulado já a partir de 2015.
	
	b. 
Permissão apenas de emissões de dióxido de enxofre a partir de 2020.
	
	c. 
Emissão controlada de gás ozônio, com o intuito de fornecer meios para a recuperação da camada de ozônio atmosférica.
	
	d. 
Permissão apenas de emissões de materiais partilhados acima de 10 micras, tamanho mínimo para efeitos nocivos sobre a saúde.
	
	e. 
Diminuição progressiva até mínimas concentrações aceitáveis de diversos poluentes, incluindo dióxido de enxofre e material particulado.
	Feedback da resposta:
	Alternativa: E
Comentário: a resolução busca, como ação conjunta, diminuir gradativamente as emissões de diversos poluentes em um intervalo de tempo determinado. Nesse