A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Lista -Equilíbrio e Volumeria de precipitação

Pré-visualização | Página 1 de 1

Universidade Federal do Espírito Santo 
Centro Universitário Norte do Espírito Santo 
Departamento de Ciências Naturais 
Disciplina Química Analítica 
 
 
Lista de Exercícios - Equilíbrio e Volumetria de Precipitação 
 
01) Expresse a constante do produto de solubilidade (Kps) para os seguintes compostos: 
(a) CuI (b)PbI2 (c)CaF2 (d) Ag2CO3 (e)PbSO4 (e)CuOH2 
 
02) Expresse Kps em termos de solubilidade molar S para os seguintes compostos: 
(a) CuI (b)PbI2 (c)CaF2 (d) Ag2CO3 (e)PbSO4 (e)CuOH2 
 
 
03) Calcule a constante do produto de solubilidade Kps para cada uma das seguintes substâncias, dadas as concentrações 
molares de suas soluções saturadas: 
(a) Pb(IO3)2 (4,3 x10-5 mol L-1) 
(b) Th(OH)4 (3,3 x 10-4 mol L-1) 
 Respostas: (a) Kps = 3,2 x 10-13 ; (b) Kps = 1,0 x 10-15 
 
04) Sabendo que a solubilidade molar S do Ba(IO3)2 é 7,32 x 10-4 mol L-1, calcule o Kps. 
 Resposta: Kps = 1,57 x 10-9 
05) As constantes de produto de solubilidade para uma série de iodetos é a que segue: 
CuI Kps = 1 x 10-12 
AgI Kps = 8,3 x 10-17 
PbI2 Kps = 7,1 x 10-9 
BiI3 Kps = 8,1 x 10-19 
a) Relacione os sais em ordem decrescente de solubilidade molar em água. 
Resposta: AgI < CuI < BiI3 < PbI2 
06) Qual a solubilidade molar do fluoreto de bário a 25°C em: 
(a) Água pura; 
(b) BaCl2 0,10 mol L-1. 
Dado: Kps = 1,7 x 10-6 
 Respostas: (a) 7,5 x 10-3 mol L-1, (b) 2,1 x 10-3 mol L-1. 
 
07) Calcular a concentração de íons sulfeto necessária para iniciar a precipitação de FeS em uma solução que contém 1,0 x 10 -4 
mol L-1 de Fe2+. Resposta: [S2-] > 5,0 x 10-14 mol L-1 
 
 
08) Calcule o produto de solubilidade do cromato de prata, sabendo que 1 litro da solução saturada tem 3,57 x 10 -2 g de material 
dissolvido. 
Dado: massa molar Ag2CrO4 = 331,7 g/mol. Resposta: 5,0 x 10-12 
 
 
09) Quantos gramas de Ba(IO3)2 (487 g/mol) podem ser dissolvidos em 500 mL de água a 25°C? Kps = 1,57 x 10-9 (mol L-1)3. 
Calcule a solubilidade molar S do iodato de bário. Respostas: S = 7,32 x 10-4 mol L-1; massa = 0,178g 
 
 
10) Uma amostra de 25,00 mL supostamente contendo NaCl de 0,0500 mol/L é titulada por adição de AgNO3 de 0,0250 mol/L. 
a) Escreva a reação de titulação para essa análise; 
b) Calcule o volume de titulante que será necessário para alcançar o ponto de equivalência. RTA: 50,00mL 
c) Faça um esquema desta titulação 
d) Descreva o preparo da solução de AgNO3 utilizada nesta análise; 
e) A presente os cálculos da padronização solução de AgNO3. 
f) Explique por que o AgNO3 não é considerado padrão primário.