A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
resumo com questões bioquímica

Pré-visualização | Página 1 de 1

1. Explique por que a água é tão importante para os seres vivos.
A água é de extrema importância para os seres vivos. Nosso corpo é composto de mais ou menos 70% de água. Ela é conhecida como “solvente universal”, pois ela é capaz de dissolver grandes variedades de substâncias químicas. A água ajuda na regulação da temperatura interna, além de ser essencial para todas as funções orgânicas (sistema circulatório, de absorção, digestivo e de evacuação). A água também é fundamental para a produção de alimentos (através da irrigação na agricultura) e também na pecuária. Pode ser utilizada no setor industrial e comercial, além de ajudar na produção de energia elétrica. Para que ocorra a fotossíntese é necessário a água, sem ela, não há produção de glicose. Contudo, a água é de suma importância na manutenção da vida no planeta.
2. Faça um esquema mostrando como as moléculas de água se unem.
A força de atração dos oito prótons do núcleo do oxigênio é maior que a do único próton dos núcleos dos hidrogênios (o oxigênio é mais eletronegativo), a molécula de água é polarizada, isto é, apesar de ter carga elétrica total igual a zero, possui carga elétrica parcial negativa (δ-) na região do oxigênio e carga elétrica parcial positiva (δ+) na região de cada hidrogênio.
A região eletricamente positiva de uma molécula de água atrai a região eletricamente negativa de outra molécula, formando ligações denominadas pontes de hidrogênio.
3. Explique o que são substâncias hidrofílicas e hidrofóbicas. Dê exemplos.
Na dissolução do cloreto de sódio, a dupla polaridade das moléculas de água explica sua versatilidade como solvente. Por serem dipolares, as moléculas de água podem associar-se tanto a moléculas de carga elétrica positiva quanto a moléculas de carga elétrica negativa. Sais, açúcares, proteínas e muitas outras substâncias orgânicas apresentam afinidade pela água dissolvendo-se nela. Substâncias que têm afinidade pela água são genericamente chamadas de hidrofílicas (do grego hydro, água e philos, amigo).
Gorduras e outras substâncias cujas moléculas não têm cargas elétricas, isto é, são apolares (não polarizadas), não se dissolvem em água e por isso são chamadas de hidrofóbicas (do grego hydro, água, e phobos, medo, aversão). A razão dessa insolubilidade é que as moléculas de água não conseguem interagir com moléculas não-polarizadas, que tendem a ficar agregadas sem se misturar à água.
4. Esquematize duas moléculas de aminoácidos e, depois, uma ligação peptídica entre elas.
5. Os aminoácidos são considerados moléculas dipolares. Qual é a principal característica deste grupo de moléculas? O que faz dos aminoácidos moléculas dipolares?
As moléculas dipolares, são moléculas que possuem dois grupos polares em sua estrutura. Em solução, os grupos amina e carboxila tendem a ficar ionizados e com isso tornam-se polarizados (amina carregada positivamente e carboxila carregada negativamente), sendo esta a origem do caráter dipolares dos aminoácidos.
6. Todos os aminoácidos compartilham de grupos químicos comuns, com exceção de um. Quais são os grupos comuns a todos os aminoácidos e qual o grupo varia para cada aminoácido?
Os grupos em comum a todos os aminoácidos são: amina, carboxila e o hidrogênio. O grupo variável é a cadeia lateral.
7. Os 20 aminoácidos que são encontrados na maioria das proteínas (eventualmente chamados de “aminoácidos comuns”) diferenciam-se entre si pelas diferentes estruturas da cadeia lateral. As cadeias laterais conferem aos aminoácidos diferentes propriedades químicas que são utilizadas para separar essas moléculas em grupos (ou classes). Quais são esses grupos e quais os aminoácidos que os compõe.
8. A maioria dos constituintes moleculares dos seres vivos são compostos de átomos de C ligados a outros átomos. Cite as principais funções das proteínas, ácidos nucléicos, lipídeos e carboidratos. Faça uma relação existente entre a água, atividade funcional do tecido, faixa etária e espécie.
Proteínas: São as moléculas orgânicas mais abundantes e importantes nas células e perfazem 50% ou mais de seu peso seco. Suas principais funções são: Estrutural (queratina, melanina), Enzimática, Hormonal (insulina), Transportadora (hemoglobina), Defesa (anticorpos), Contração Muscular (actina e miosina).
Ácidos Nucléicos: Sua principal função é o armazenamento e transmissão da informação genética. DNA: armazenador da informação genética na maioria dos seres vivos. RNA: armazenador da informação genética em alguns vírus, importante na transmissão da informação.
Lipídios: Possuem quatro funções básicas nos organismos: Fornecimento de energia para as células; Participam da formação das membranas celulares (alguns tipos); Nos animais endodérmicos atuam como isolantes térmicos; Facilitação de determinadas reações químicas que ocorrem no organismo dos seres vivos.
Carboidratos: Sua principal função é de servir como combustível energético para o corpo. Atual ainda na regulagem do metabolismo protéico, poupando proteínas; A quantidade de carboidratos da dieta determina como as gorduras serão utilizadas para suprir uma fonte de energia imediata; A celulose e outros carboidratos indigeríveis auxiliam na eliminação do bolo fecal. Estimulam os movimentos peristálticos do trato gastrointestinal e absorvem água para dar massa ao conteúdo intestinal.
A água é essencial para o metabolismo humano além de ser encontrada em maior quantidade nas células. Na atividade funcional a relação com a água é diretamente proporcional, ou seja, quanto maior a atividade funcional maior o teor de água. Com relação a faixa etária, o organismo jovem possui maior teor de água do que o organismo adulto, sendo assim, a relação é inversamente proporcional. No estudo da espécie, a proporcionalidade varia de acordo com a espécie e o estágio de vida.
9. Quais as principais características dos sais minerais? Cite a função de cinco aminoácidos para organismo humano.
As principais características dos sais minerais são para a manutenção da pressão osmótica, manutenção do equilíbrio do acidobásico, cofatores enzimáticos (magnésio), formação de ATP (Adenosina Trifosfato), função reguladora e formação de ossos (cálcio), oligoelementos (ferro, iodo, entre outros).
10. Descreva a importância da Bioquímica e sua relação com outras áreas do conhecimento.
A importância da Bioquímica se dá em compreender a vida através de reações químicas, ou seja, através das moléculas. A Bioquímica engloba outras áreas do conhecimento, como a Biologia Celular que visa o estudo das células, Genética que é fundamental trabalha-la na bioquímica (devido a alteração do gene e outros) e, Estudos Ambientais onde trabalha-se processo microbiológicos (tratamento de esgoto e resíduos, biorremediação – plantas e/ou animais indicadores, ciclo dos nutrientes), toxicologia e mutagênese (geneticamente modificado), destino de poluentes e, fotossíntese (tipos de vegetação e adaptação). 
3