A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
29 pág.
Sistema digestório

Pré-visualização | Página 1 de 3

SISTEMA DIGESTÓRIO
ANATOMIA GERAL :
1) BOCA :
- DENTES : TRITURAÇÃO DOS ALIMENTOS (DIGESTÃO MECÂNICA)
- LÍNGUA : MOVIMENTAÇÃO
- SALIVA : » LUBRIFICAÇÃO RICA EM IgA
» É UMA SECREÇÃO EXÓCRINA
» PROCESSO DE FORMAÇÃO DA SALIVA :
1) O FLUÍDO INICIAL É SECRETADO PELAS CÉL
» FORMAÇÃO DO BOLO ALIMENTAR
» POSSUI ENZIMAS CHAMADO DE AMILASE SALIVAR
» FUNÇÃO DE AMOLECER E LUBRIFICAR O ALIMENTO
» FUNÇÃO DE DIGERIR O AMIDO POR MEIO DA AMILASE
SALIVAR
(PITIALINA RESPONSÁVEL POR TRANSFORMAR O SUBSTRATO
AMIDO EM UM PRODUTO CONHECIDO COMO MALTOSE )
» RESPONSÁVEL PELA GUSTAÇÃO AO AUMENTAR A
SUPERFÍCIE DE CONTATO
» RESPONSÁVEL POR DEFESA POR MEIO DA LISOZIMA
( ENZIMA SALIVAR ANTIBACTERIANA )
2) FARINGE:
- POSSUI DOIS CAMINHOS :
1) TRAQUEIA » PULMÕES
2) ESÔFAGO » ESTÔMAGO
3) ESÔFAGO :
- ⅓ ESQUELÉTICO
- ⅔ LISO
- POSSUI O ESFÍNCTER ESOFÁGICO
- INÍCIO DO MOVIMENTO PERISTÁLTICO
4) ESTÔMAGO :
- POSSUI AS REGIÕES DE FUNDO , CORPO E ANTRO
- INCISURA CÁRDICA » CÁRDIA
- INCISURA ANGULAR » PILORO
- É UMA BOLSA DE ARMAZENAMENTO » RELACIONADO A
SACIEDADE
- PH MAIS OU MENOS 2
- DIGESTÃO MECÂNICA COM ONDAS DE MISTURA DE 2 A 4
MINUTOS
- DIGESTÃO ENZIMÁTICA » DECORRENTE DA PRESENÇA DO
SUCO GÁSTRICO QUE CONTÉM PEPSINAS + LIPASES
GASTRICAS + HCL ( ÁCIDO CLORÍDRICO )
- ONDE OCORRE A QUIMIFICAÇÃO DO BOLO ALIMENTAR O
TRANSFORMANDO EM QUIMO
- REGULA A VELOCIDADE NA QUAL O QUIMO ENTRA NO
INTESTINO , ESSA FUNÇÃO É IMPORTANTE PARA GARANTIR
QUE PEQUENAS PARCELAS DE QUIMO PASSA PARA O
INTESTINO E QUE A SUA DIGESTÃO SEJA APROPRIADA
- POSSUI A FUNÇÃO DE DEFESA
- POSSUI GLÂNDULAS GÁSTRICAS
» CÉLULAS CHEFE : PRODUÇÃO DE PEPSINOGÊNIO
» CÉLULAS PARIETAIS : PRODUÇÃO DO FATOR INTRÍNSECO E
DO HCL
» ESSAS CÉLULAS LIBERAM SEUS COMPONENTES EM
RESPOSTA A LIBERAÇÃO DO HORMÔNIO DA GASTRINA
● HCL :
» REDUÇÃO DO PH
» AÇÃO ANTISÉPTICA
» DESNATURAÇÃO DAS PROTEÍNAS
» TRANSFORMA O PEPSINOGÊNIO INATIVADO EM
ATIVADO CHAMADO AGORA DE PEPSINA
● PEPSINA :
» PRODUZIDA EM RESPOSTA AO HORMÔNIO GASTRINA
» TRANSFORMA AS PROTEÍNAS EM PEPTÍDEOS
MENORES
● FATOR INTRÍNSECO :
» RESPONSÁVEL PELO AUMENTO DE VITAMINA B12
- OUTRAS CÉLULAS :
» CÉLULAS DA MUCOSA : PRODUZEM MUCO, SECREÇÃO
VISCOSA ; COMPOSTO POR BICARBONATO DE SÓDIO E
MUCINA
● BICARBONATO : PROTEÇÃO DA PAREDE ESTOMACAL
CONTRA A ACIDEZ DO HCL
● MUCINA : É UMA GLICOPROTEÍNA
» CÉLULAS ENDÓCRINAS : PRODUÇÃO DE HORMÔNIOS COMO
A LEPTINA E A GRELINA
● LEPTINA : PRODUZIDA PRINCIPALMENTE POR CÉLULAS
ADIPÓCITAS E É RESPONSÁVEL POR SUPRIMIR O
APETITE
● GRELINA : RESPONSÁVEL POR DESENCADEAR A
SENSAÇÃO DE FOME
5) INTESTINO DELGADO :
- APRESENTA TRÊS REGIÕES :
1) DUODENO
2) JEJUNO
3) ÍLEO
- FUNÇÕES DE :
1) DIGESTÃO ALIMENTAR DO QUIMO PELO SUCO
INTESTINAL ( SUCO PANCREÁTICO + SUCO BILIAR )
- PROTEÍNAS
- CARBOIDRATOS
- NUCLEOTÍDEOS
- LIPÍDEOS
2) ABSORÇÃO
3) SECREÇÃO
- É NO DUODENO QUE SE TEM O ENCONTRO DOS DOIS SUCOS
● SUCO PANCREÁTICO:
» POSSUI BICARBONATO DE SÓDIO NEUTRALIZANDO A
ACIDEZ VINDA DO ESTÔMAGO
» POSSUI AS ENZIMAS TRIPSINA E QUIMIOTRIPSINA , MAS
DE PRESENTES NO DUODENO DE FORMA INATIVADAS
● SUCO BILIAR
» PRODUZIDO PELO FÍGADO
» LIBERADO PELA VESÍCULA BILIAR
» A BILE CONTÉM SAIS QUE ATUAM COMO
EMULSIFICADORES DE GORDURA E AJUDAM , ASSIM , NA
DIGESTÃO UMA VEZ QUE AUMENTAM A SUPERFÍCIE DE
CONTATO PARA UMA MAIOR AÇÃO DA LIPASE . OUTRA
FUNÇÃO DA BILE É A DEGRADAÇÃO DE ERITRÓCITOS.
- A DIGESTÃO É COMPLETADA NO DUODENO
- O JEJUNO E O ÍLEO SÃO SÍTIOS DE ABSORÇÃO DE NUTRIENTES
UMA VEZ QUE POSSUEM MICROVILOSIDADES PARA REALIZAR
ESSAS FUNÇÕES
- É NO INTESTINO QUE SE TEM A QUEBRA ENZIMÁTICA DOS
TRIGLICERÍDEOS
- ENZIMAS PRESENTES NO SUCO PANCREÁTICO
- ENZIMAS PRESENTE NO SUCO ENTÉRICO ( PRODUZIDO NO
INTESTINO DELGADO E LIBERADO PELAS CÉLULAS DO
DUODENO ) :
- ENZIMAS PRESENTES NO INTESTINO
OBS: A ATIVAÇÃO DAS ENZIMAS INATIVAS PARA ATIVAS E ,
ASSIM , TER A TRANSFORMAÇÃO DOS PRODUTOS EM
SUBSTRATOS É FEITA PELA ENZIMA TRIPSINA ( PRESENTE E
VINDA DO PÂNCREAS)
6) INTESTINO GROSSO
- DIVIDIDO EM :
1) CECO
2) COLON
3) RETO
- FUNÇÃO ABSORTIVA DE :
» ÁGUA
» ÍONS
» VITAMINAS
- AÇÃO BACTERIANA
- FORMAÇÃO, ARMAZENAMENTO E ELIMINAÇÃO DAS
FEZES
-
7) ESTRUTURAS ANEXAS :
- GLÂNDULAS SALIVARES
- FÍGADO
- VESÍCULA BILIAR
- PÂNCREAS
FISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO
1) PAREDE DO TRATO GASTROINTESTINAL :
- POSSUI 4 CAMADAS :
1) MUCOSA :
» POSSUI CÉLULAS ENTERÓCITOS
» CÉLULAS SECRETORAS ENDÓCRINAS E EXÓCRINAS
» CÉLULAS TRONCO ( DEVIDO A INTENSA MORTE
CELULAR PELO ÁCIDO DOS AMBIENTES DIGESTÓRIOS )
» POSSUI PLACAS DE PAYER : NÓDULOS DE TECIDOS
LINFÓIDES E CONSTITUEM A MAIOR PARTE DO SISTEMA
LINFÁTICO DO INTESTINO
POSSUI VILOSIDADES
2) SUBMUCOSA :
» POSSUI O PLEXO SUBMUCOSO OU DE MEISSNER : É
UMA DAS DUAS PRINCIPAIS REDES NERVOSAS DO
SISTEMA NERVOSO ENTÉRICO
3) MUSCULAR EXTERNA:
» POSSUI O PLEXO MIOENTÉRICO OU DE AURBACH: É A
SEGUNDA REDE NERVOSA DO SISTEMA NERVOSO
ENTÉRICO
4) SEROSA :
» TODO O REVESTIMENTO EXTERIOR DO TRATO
GASTROINTESTINAL
» É UMA MEMBRANA PERITONIAL ( TECIDO CONECTIVO)
QUE REVESTE A CAVIDADE ABDOMINAL
» O PERITÔNIO TAMBÉM FORMA O MESENTÉRIO :
RESPONSÁVEL POR MANTER O INTESTINO NO LUGAR
DURANTE SUA MOVIMENTAÇÃO
2) FUNÇÕES E PROCESSOS DIGESTÓRIOS :
- DIGESTÃO : É A QUEBRA QUÍMICA E MECÂNICA DOS
ALIMENTOS EM UNIDADES MENORES
- ABSORÇÃO : MOVIMENTO DE SUBSTÂNCIAS DO TRATO
GASTROINTESTINAL PARA O LÍQUIDO EXTRACELULAR
- SECREÇÃO : É O MOVIMENTO DE ÁGUA E ÍONS E TAMBÉM A
LIBERAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS SINTETIZADAS
- MOTILIDADE : MOVIMENTAÇÃO DO MATERIAL ATRAVÉS DO
TRATO COMO RESULTADO DA CONTRAÇÃO MUSCULAR
» TRANSPORTA O ALIMENTO DA BOCA AO ÂNUS
» MISTURA MECANICAMENTE O ALIMENTO PARA ELE SER
QUEBRADO
» MUSCULO LISO
» RESPONSÁVEL POR MOVIMENTAÇÕES DE CONTRAÇÃO :
- CONTRAÇÃO TÔNICA : DURAM MINUTOS OU HORAS
- CONTRAÇÃO FÁSICAS : DURAM SEGUNDOS
» POTENCIAIS DE ONDAS LENTAS :
- MOVIMENTAÇÃO ASSOCIADO A CICLOS DE
DESPOLARIZAÇÃO ESPONTÂNEA E REPOLARIZAÇÃO DO
MÚSCULO LISO
- POR MEIO DAS CÉLULAS INTERSTICIAIS DE CAJAL
» PADRÕES DE CONTRAÇÃO DO MÚSCULO LISO GI :
- PERISTALTISMO : ONDAS PROGRESSIVAS DE
CONTRAÇÃO PARA EMPURRAR O BOLO ALIMENTAR PARA
FRENTE
- SEGMENTARES : QUANDO CURTOS SEGMENTOS DO
INTESTINO SE CONTRAEM E RELAXAM DE FORMA
ALTERNADA DE FORMA ALEATÓRIA OU DE MANEIRA
REGULAR
» DISTÚRBIOS DE MOTILIDADE :
- ESPASMOS ESOFÁGICOS
- CONSTIPAÇÃO
- DIARRÉIA
- SÍNDROME DO COLO IRRITÁVEL
3) DESAFIOS DO SISTEMA DIGESTÓRIO :
- EVITAR A AUTODIGESTÃO : O CUIDADO PARA QUE AS ENZIMAS
DIGESTIVAS POSSAM DIGERIR APENAS OS ALIMENTOS
CONSUMIDOS . NECESSIDADE DE MECANISMOS DE PROTEÇÃO
E CASO HAJA FALHA PODE-SE TER ÚLCERAS
- MANUTENÇÃO DO BALANÇO DE MASSA : EQUILIBRAR A
QUANTIDADE DE ÁGUA , POR EXEMPLO , PARA EVITAR
DESIDRATAÇÃO
- VÔMITOS E DIARREIAS : DESEQUILÍBRIO HÍDRICO
- DEFESA : CONTRA ORGANISMOS INVASORES COMO BACTÉRIAS
, VÍRUS E OUTROS PATÓGENOS
4) ENZIMAS DIGESTÓRIAS : SÃO SECRETADAS POR GLÂNDULAS
EXÓCRINAS ( SALIVARES E PÂNCREAS )
» ALGUMAS ENZIMAS SÃO LIBERADAS COMO FORMA DE PROENZIMAS
INATIVAS ( ZIMOGÊNIOS ) E QUE NECESSITAM SER ATIVADOS PARA QUE
SE POSSA TER A DIGESTÃO.
5) REGULAÇÃO DA FUNÇÃO GASTROINTESTINAL :
» SISTEMA NERVOSO ENTÉRICO :
- CAPACIDADE DE REALIZAR REFLEXO INDEPENDENTE DO
CONTROLE EXERCIDO PELO SNC
- O SNE RECEBE ESTÍMULOS E ATUA SOBRE ELES
- CONTROLA A : 1) MOTILIDADE
2) SECREÇÃO
3) CRESCIMENTO DO TRATO DIGESTÓRIO
- REFLEXOS CURTOS INTEGRADOS NO SISTEMA NERVOSO
ENTÉRICO :
» OS PLEXOS ENTÉRICOS DA PAREDE INTESTINAL FAZEM COM
QUE OS REFLEXOS LOCAIS POSSAM SER INICIADOS ,
INTEGRADOS E FINALIZADOS COMPLETAMENTE AINDA NO
TRATO GASTROINTESTINAL
1) A REDE DE SNE INTEGRA A INFORMAÇÃO SENSORIAL
INICIANDO A RESPOSTA
2) PLEXO SUBMUCOSO CONTROLA A SECREÇÃO PELAS
CÉLULAS EPITELIAIS GI
3) AS CÉLULAS DO PLEXO MIOENTÉRICO INFLUENCIAM NA
MOTILIDADE
- REFLEXOS LONGOS SÃO INTEGRADOS AO SNC
» O SNE SE COMUNICA COM O SNC LEVANDO INFORMAÇÕES
SENSORIAIS POR MEIO DOS NEURÔNIOS AUTONÔMICOS. SÃO
OS REFLEXOS DIGESTÓRIOS INTEGRADOS AO SNC.
1) REFLEXOS ORIGINADOS FORA DO SISTEMA DIGESTÓRIO
OU REFLEXOS ENCEFÁLICOS : SÃO REFLEXOS
ANTECIPATÓRIOS E EMOCIONAIS
EX : VISÃO