A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
(Curta / Salve / Siga) Gases ideais ou perfeitos I

Pré-visualização | Página 4 de 4

C
Módulo 10
181. C
182. A
183. D
184. D
185. C
186. D
187. E
188. A
189. 19 (01 + 02 + 16)
190. C 191. D
192. 05 ( 01 + 04 )
193. 19 (01 + 02 + 16)
194. A
195. C
196. D
197. E
198. C
199. a. y = 2,52 · 1024 g = 2,52 · 1018 
toneladas
b. x = 8,4 · 109 anos = 8 bi-
lhões e quatrocentos milhões 
de anos
200. A
Módulo 11
201. a. x = 0,25 atm
b. x = 1,5 atm
c. x = 0,4 atm
d. x = 5 atm
e. x = 0,08 atm
f. x = 0,2 atm
202. a. x = 150 L
b. x = 0,28 L
c. x = 40 L
d. x = 0,025 L
e. x = 5 L
f. x = 2 L
203. a. 546 K
b. 273 K
c. 1 000 K
d. 250 K
e. 0 K
f. 173 K
204. B
205. C
206. D
207. A
208. A
209. 03 (01 + 02)
210. D
211. D 212. E
213. a. Lei de Boyle–Mariotte – 
Transformação isotérmica
b. P2 = 5 atm
214. D
215. D
216. D
217. E
LI
VR
O 
DO
 P
RO
FE
SS
OR
QU
ÍM
IC
A 
13
2
31
4
PV
2D
-1
7-
10
GA
B.
218. P2 = 3/5 P1
219. VR = 25 · VA
220. D
Módulo 12
221. B
222. E
223. a. C2 H6 O(l) + 3 O(g) → 2 CO2(g) + 
3 H2 O(g)
b. Após a combustão, ocorre o 
aumento da pressão interna 
por causa do aumento do nú-
mero de mols e da tempera-
tura. Como consequência, os 
gases são expelidos pelo ori-
fício da garrafa PET, deslocan-
do-a do ponto 1 para o ponto 2 
(conservação de energia).
224. E
225. Parte do ar escapa da garrafa 
quando ela é aquecida por causa do 
aumento do volume do gás em uma 
transformação isobárica. Quando o 
ovo é colocado sobre a boca da garra-
fa e é retirada a fonte de aquecimento, 
o gás no interior da garrafa sofre uma 
transformação isocórica, reduzindo-se 
a pressão interna do gás. A diferença 
entre a pressão interna e a externa, po-
rém, é suficiente para puxar o ovo para 
dentro da garrafa (Pexterna > Pinterna).
226. E
227. C
228. B
229. PFinal = 0,8 atm é a pressão interna.
 VFinal = 279,6 mL
230. D
231. A
232. C
233. F – F – V – F
234. C
235. C
236. E
237. A
238. 05 (01 + 04)
239. A
240. E
LI
VR
O 
DO
 P
RO
FE
SS
OR