A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
73 pág.
liderança e formaçao de equipes

Pré-visualização | Página 7 de 11

o saber fazer, e a maturidade psicológica, o querer fazer.
b
O desejo do subordinado em agradar o líder.
c
A capacidade do liderado em cumprir as ordens do líder.
d
A capacidade do liderado em fazer as coisas que acredita que devam ser feitas.
e
Todas as anteriores.
Liderança e Formação de Equipes /
Técnicas para liderar - Liderança Situacional
1
2
3
4
Descreva em poucas palavras quais são os quatro estilos de comportamento da liderança segundo o modelo situacional.
a
Ao clicar aqui você pode enviar sua resposta nos comentários abaixo
Estilo 1 - Diretivo - Ação de estruturação do trabalho e do comando - colaborador não autônomo.
Estilo 2 - Persuasivo - Ação de persuasão e desenvolvimento .
Estilo 3 - Participativo - Ação de Participação e suporte participativo.
Estilo 4 - Delegador - Ação de Delegação e acompanhamento - Colaborador autônomo.
A “Liderança Positiva” é, segundo Guimarães (2012), composta por um conjunto de práticas e de estratégias que podem ajudar aos líderes a fazer com que as equipes possam alcançar resultados espetaculares e desempenho muito além do esperado. A liderança positiva mostra que para obter resultados excepcionais, os líderes devem aprender a criar um ambiente extremamente positivo no trabalho. Eles devem desenvolver uma Comunicação Positiva. Líderes devem aprender a elogiar e promover emoções positivas como a compreensão, compaixão, otimismo, gratidão e perdão. Devem desenvolver e incentivar as relações de apoio mútuo em todos os níveis, e fornecer aos funcionários um senso profundo de significado e propósito do trabalho. 
Para Guimarães (2012) a liderança positiva é um novo modelo e forma de liderança. Na Liderança Positiva o ambiente é de desenvolvimento de emoções positivas como a compaixão, o otimismo, a gratidão e o perdão, incentivando as relações de apoio mútuo em todos os níveis, e fornecendo aos funcionários um senso profundo de significado e propósito.
É a orientação na direção das forças ao invés das fraquezas, do otimismo e não do pessimismo, do apoio ao invés da crítica. É colocar ênfase na comunicação positiva, no otimismo, nas forças e nas possibilidades de soluções. Não é ignorar erros, mas construir soluções positivas. É muito mais do que ser “legal”, amigo, carismático, confiável. É conhecer e saber usar as forças e os aspectos positivos das pessoas e da empresa.
1. A liderança positiva e as estratégias para desenvolvê-la
Para conseguir implantar os novos conceitos é preciso ir além da mudança de comportamentos e atitudes, questionar crenças e valores. Ter a coragem de acreditar que se pode ir além, confiar na capacidade das pessoas, nas possibilidades do virtuosismo e da excelência acima do limite. As quatro estratégias para implantar uma liderança positiva são:
· Cultivar um clima positivo
· Desenvolver Relacionamentos positivos
· Ter uma comunicação positiva
· Criar significados positivos
2. Cultivar um clima positivo
Pesquisas comprovam que a existência de clima positivo onde prevalecem emoções positivas conduz à otimização da atuação dos indivíduos e dos grupos, e ao atingimento de desempenhos positivos acima do normal. A criação de um clima positivo é fortemente influenciada pela atuação do líder. Líderes afetam o clima organizacional pela forma como induzem, desenvolvem e demonstram emoções positivas. Induzir e fomentar emoções positivas (alegria, confiança, amor, apreciação, etc.) e reduzir emoções negativas (medo, raiva, ansiedade, etc) provoca um aumento significativo da capacidade cognitiva, da retenção de informações, da criatividade, e da produtividade, das pessoas.
3. Desenvolver Relacionamentos positivos
Promover desempenhos significativos do ponto de visto fisiológico, psicológico, emocional e organizacional.  Pessoas, em grupo, quando dão e recebem amor, suporte, encorajamento, e tem as suas necessidades psicológicas e emocionais atendidas reciprocamente, se sentem mais seguras e têm suas performances e produtividades aumentadas.  Duas atividades são fundamentais para desenvolver relacionamentos positivos: construir redes de energia positiva e reforçar pontos fortes.
Para construir redes de energia positiva os líderes têm de ser não só energizadores positivos, ou seja, otimistas, confiáveis, desprendidos, atuando como centros de influência e fonte de informação, mas também devem saber identificar e construir redes com outros energizadores positivos. Estes trazem benefícios para a organização porque incentivam desempenhos superiores, ajudando os outros a se tornarem também energizadores positivos. Os líderes positivos precisam saber identificar e evitar energizadores negativos – indivíduos críticos, pessimistas, egoístas, inflexíveis – que esgotam a energia, os bons sentimentos e entusiasmo dos outros. Finalmente, o líder positivo tem de evitar a existência de energizadores negativos.
Reforçar pontos fortes para promover os relacionamentos positivos reside no reforço de pontos fortes individuais e organizacionais. Identificar e construir redes sobre os pontos fortes trazem muito mais benefícios do que descobrir e corrigir fraquezas e fragilidades. Em uma organização onde os empregados têm a chance de fazer o seu melhor e demonstrar suas forças, a produtividade.  A atuação dos líderes na valorização das forças e na celebração dos acertos resulta num aumento muito grande na produtividade e no desempenho dos indivíduos e do grupo.  
4. Ter uma comunicação positiva
Uma comunicação positiva ocorre quando uma linguagem afirmativa e apoiadora substitui uma linguagem crítica e negativa O fator mais importante no prognóstico da performance organizacional. A maneira mais objetiva para um líder conseguir implantá-la é usar ele mesmo uma forma positiva de comunicação, minimizando críticas e expressões negativas e substituindo-as por uma abundância de feedbacks positivos e expressões de suporte e apoio, de forma autêntica e sincera. O comportamento do líder é contagioso, e tem um efeito exponencialmente multiplicador no grupo e na organização.
5. Criar significados positivos
A busca de um sentido na vida é uma necessidade humana universal e a relação entre esse sentido e o significado do trabalho é fator fundamental. Do ponto de vista sociológico e psicológico, existem três tipos de representação e significados individuais para o trabalho. Pessoas definem seu trabalho como o emprego, como a carreira, ou como a vocação.  Os que consideram seu trabalho como um emprego buscam apenas os ganhos financeiros e materiais. Não conseguem um nível de satisfação pessoal e vão buscar interesses e realizações em atividades extraprofissionais. Por outro lado, os indivíduos que são orientados pela carreira, são motivados para o sucesso. Eles trabalham para conquistar prestígio, poder e reconhecimento, buscando progresso e promoção por uma atuação cada vez melhor. Finalmente, a orientação na qual o trabalho é uma vocação, caracteriza pessoas que trabalham por um benefício intrínseco e propósitos profundos. Consideram o trabalho inerentemente realizador e buscam recompensas muito além dos benefícios pessoais ou financeiros.
O líder positivo deve fazer com que todos trabalhem com um sentido e um propósito, como uma vocação.
O que é e por que criar significados positivos?
a
Para que as pessoas tenham consciência de seus ganhos financeiros e materiais
b
Para que as pessoas tenham certeza que não serão desligadas
c
Para que as pessoas tenham expectativas de promoção e aumento salarial
d
É definir propósito na ação dos liderados. Porque pessoas que trabalham por um benefício intrínseco e propósitos profundos são muito mais produtivas e eficazes
e
Todas as anteriores
Liderança e Formação de Equipes /
A Liderança positiva
1
2
3
4
O que é e o que precisa ser feito para se ter uma comunicação positiva?
a
Uma comunicação positiva é uma comunicação sincera e transparente
b
Uma comunicação positiva ocorre quando uma linguagem afirmativa e apoiadora substitui uma linguagem crítica e negativa. É atingida quando se minimiza críticas e expressões negativas
c
Uma comunicação positiva