Buscar

Roteiro de Anamnese em Pediatria

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 9 páginas

Prévia do material em texto

2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
Anamnese: 
Identificação: 
‣ Nome completo; 
‣ Nome dos responsáveis e relação; 
‣ Endereço; 
‣ Idade em semanas ou dias exatos → Fazer 
correção se pré-maturo. 
Queixa principal: 
‣ "Conforme relatado pelo responsável ou 
paciente, tempo de aparecimento dos sintomas" 
‣ Retorno: Alguma alteração? 
História da Moléstia Atual: 
‣ Estabelecer linha temporal organizada dos 
acontecimentos. 
HGO e H. do parto: 
‣ Até 04 anos. 
‣ Pré-natal? Complicações?Tempo de UTI? 
‣ Tipo de parto, se saiu junto com o RN da 
maternidade. 
HPP: 
‣ Uso de medicações? 
‣ Alergias? 
H. Fisiológica: “Criança dorme 9 horas" 
‣ Nº de fraldas? 
‣ Presença de esforço? 
‣ Sangue? 
‣ Aleitamento → troca de 5 a 6 fraldas/dia 
‣ Adaptação a fórmula → fezes esverdeadas e malcheirosas, após troca para 
Haptamil. 
‣ Sono → Quantas horas? Interrupções? Durante o dia 
ou noite? 
H. Alimentar: “Criança come o que os pais comem/o que 
tem em casa" 
‣ Recomendação de aleitamento: até 6 meses 
‣ Fórmula: indicação para bebês até 01 ano, enriquecido 
com ác. graxos e vitaminas. 
‣ Composto láteo: após 01 ano, indicação para rejeição 
ao leite. 
‣ Cç c/ suplementação e boa alimentação → não precisa de composto láteo. 
‣ Melhor utilizar leite em pó, tetra pak ou de saquinho fervido que o composto láteo 
processado. 
‣ Leite: após 01 ano. 
H. Familiar: 
‣ Positivo para comorbidades (HAS, DM ou dislipidemia) implicam investigação 
laboratorial. 
1ª consulta do RN: 
‣ APGAR 
‣ Peso, PC e comprimento → ao nascer. 
Triagem: 
‣ Teste do pezinho? 
‣ Teste da orelhinha? 
‣ Teste do olhinho? 
‣ Teste do coraçãozinho? 
Aspecto do RN: 
‣ Icterícia? 
‣ Cianose? 
‣ Mecônio? 
Umbigo: 
‣ Retirado no parto ou depois? 
‣ Óleo jhonson → limpeza e cicatrização. 
‣ Coto umbilical → queda em até 30 dias 
• +30 dias → hipotiroidismo ou 
imunodeficiéncia ( baixa adesão 
leucocitária) 
Puericultura 
‣ Retornos: 1,2,4,6,9,12,18 e 24º mês. 
‣ Após 24 meses passa a ser anual.
Investigação laboratorial: 
‣Hemograma completo; 
‣Glicemia de jejum; 
‣Colesterol total e fração; 
‣Triglicérides; 
‣TSH ; 
‣T4; 
2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
H. do desenvolvimento: 
H. Social: 
‣ Cuidado com o constrangimento pessoal dos 
responsáveis. 
‣ Cuidados domiciliares. 
Exame físico 
‣ Realizado em sentido crânio-caudal; 
Pré exame: 
‣ Idade: cálculo preciso de dias de vida. 
‣ Peso → balança p/ bebês até 03 anos. 
‣ Estatura: firmar a cabeça do bebê e 
encaixar um dos calcanhares na barra 
móvel. 
Perímetro cefálico: 
‣ Técnica: 1 cm acima das sobrancelhas e passando pela protuberância occipital. 
‣ Limite do RN: 32 cm. 
Geral: 
‣ Hidratação → pele e mucosas; 
‣ Oxigenação 
‣ Palidez? 
‣ Cianose? 
‣ Icterícia? 
‣ Tecido subcutâneo 
‣ Marcas ou cicatrizes? 
Face: 
‣ Olhos: estrabismo, olhar do sol poente, secreções e hemorragia; 
‣ Nariz: desvio do septo; 
‣ Orelhas: resposta ao som < 6 meses pisca os olhos; 
‣ Boca: lábio, gengiva, palato e língua → Dentes e faringe por último. 
Tórax: 
‣ Ausculta respiratória e cardíaca. 
‣ Inspeção 
Abdome: 
‣ Inspeção 
• Circunferência abdominal/ estatura > 
0,5 → fator preditor p/ s. metabólica 
‣ Palpação superficial 
‣ Ausculta 
Neurológico →Reflexos primitivos: 
‣ Reflexo de moro: teste de sustentação 
da cabeça, presente a partir do 3º ou 4 
mês. 
‣ Deitar o bebê de bruços e observar se há sustentação da cabeça e extensão dos 
mmss. 
‣ Sucção reversa: dedo na boca do RN. 
‣ Mancha mongólica: pais faio ou melano, caráter 
autoinvolutivo, defeito de migração melanocítica, 
predominante no cóccix. 
‣ Estrófulo: picada de inseto.
Frequência Cardíaca: 
‣ RN: 120-160 bpm 
‣ Lactente: 90-140 
bpm 
Frequência Respiratória: 
‣ 2 meses: 60 irpm 
‣ 3-11 meses: 50 irpm 
‣ 12-5 anos: 40 irpm 
‣ > 6 anos: 30 irpm
‣ Hérnia abdominal: diátese do músculo reto, 
autoresolução em ate 2 anos. Conduta: 
acompanhamento. 
‣ Cólica no RN: final do dia → resolução até o 2º mês. 
• Alívio de sintomas: simeticona e paracetamol(40 
min após simeticona) → 1gota/kg; 
• 2ª linha: colids(probiótico) até 2 mês → 5 gotas 
pela manhã. 
‣ Refluxo fisiológico: até 6 meses→ omeprazol ou 
domperidona (irritabilidade).
Gráficos: 
‣ Linha continua: sem faltas ou perdas da 
continuidade em até 2 meses. 
‣ Linha tracejada: perda da continuidade do 
tratamento. 
‣ Ideal encontrar valores entre 1 e -1. 
‣ Limiar perfeito = 0. 
2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
‣ Preensão plantar e palmar. 
‣ Apoio plantar e marcha reflexa: segurá-lo de pé e tentar fazê-lo andar. 
‣ Apoio sentado. 
Genitália e mmii 
‣ Impetigo? 
‣ Genitália masculina típica? testículos na bolsa? Presença de fimose? 
‣ Fimose: exposição da glande no 6º mês. 
‣ Hálux: recomendação de corte reto da unha e busca por onicomicose. 
Conduta terapêutica: 
‣ Vitamina D 
• Crianças< 3 meses → não usar. 
• Crianças 3 a 12 meses: 400 ui/dia → 2 gotas 
• Crianças 12+ meses: 600 ui/dia → 3 gotas até 24 meses. 
• Suplementar 30 minutos após o ferro. 
• Peso 6,5 = considerar 7 kg. 
• Exposição solar → a partir da 2ª semana, 30 min/semana de fralda ou 2 horas/
semana em rosto e mãos. 
‣ Sulfato ferroso 
• Iniciada aos 3 meses e mantida até 24 meses → profilaxia de anemia. 
• RN com peso ideal: 1mg/kg/dia 
• Pré-maturos ou RN com peso < 2500g → 2mg/kg/dia por 30 dias. 
• Peso 1500-1000g → 3 mg/kg/dia por 30 dias 
• Peso< 1000g → 4 mg/kg/dia por 30 dias. 
• Efeitos adversos: constipação, diarreia e vômito. 
• Pigmentação dos dentes: transitória 
→ recomendar escovação após 
medicação. 
Vacinação: 
‣ Ao nascer (0): 
• BCG → dose única. 
• Hepatite B. 
‣ 2 meses 
• 1ª Pentavalente 
• 1ª VIP 
• 1ª Rotavírus Humano 
• 1ª Pneumocócica 
‣ 3 meses 
• 1ª Meningocócica C 
‣ 4 meses 
• 2ª Pentavalente 
• 2ª VIP 
• 2ª Rotavírus Humano 
• 2ª Pneumocócica 
‣ 5 meses 
• 2ª Meningocócica C 
Efeito colateral comum: 
‣ Febre (até 2 dias) → paracetamol 1 gota/kg. 
‣ Se a febre persistir procurar atendimento. 
Legenda: 
‣ DPT →Tríplice bacteriana (difteria, tétano, 
coqueluche); 
‣ Hib →Haemophilus influenzae tipo B 
‣ Pentavalente →DTP +Hib + Hep B 
‣ VIP → Vacina inativada contra a Polio 
‣ Tetraviral → Sarampo, Caxumba, Rubéola e 
Varicela. 
‣ Tríplice viral → Sarampo Caxumba e Rubéola. 
‣ VOP → Vacina oral contra a Polio. 
Campanha de vacinação 
‣ Outubro/2020 → Varicela, Sarampo, Rubéola e 
Caxumba. 
2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
‣ 6 meses 
• 3ª Pentavalente 
• 3ª VIP 
‣ 9 meses 
• Febre amarela. 
‣ 12 meses 
• Reforço Pneumocócica 
• Reforço Meningocócica C 
• Tríplice viral → 2ª dose em 01 ano. 
• Varicela → 2ª dose em 01 ano 
‣ 15 meses 
• 1º Reforço DTP 
• 1º VOP ( Vacina oral contra a Polio) 
• 1ª Hepatite A → 2ª dose no sistema privado → após 6 meses da 1ª. Mn,. 
• 2ª Tetraviral ou Tri + varicela (sistema privado). 
‣ 4 anos 
• 2º Reforço DTP 
• 2ª VOP 
• 2º Reforço Varicela (Atenuada → até os 6 anos) 
‣ Influenza: 
• De 6 a 5 anos → Realizada anualmente 
‣ HPV 
• Feminino → 9 a 14 anos. 
• Masculino → 11 a 14 anos. 
Sinais de alerta do bebê 
‣ Dificuldade em acordar, excesso de sono ou choro fraco. 
‣ Dificuldade de mamar/respirar. 
‣ Palidez nas mãos ou/e nos pés. 
‣ Recusa de aleitamento. 
‣ Vômitos frequentes: atenção para vômito e diarreia. 
‣ Aumento do nº de evacuações ou fezes líquidas/sanguinolentas: atenção para 
vômito, inanição e febre. 
‣ Distensão abdominal. 
‣ Anúria: fralda seca em 12 horas. 
‣ Ictericia. 
‣ Colúria. 
‣ Hiperemia ou secreção umbilical. 
‣ Temperatura < 35,5 º ou > 37,8º. 
‣ Tremores, convulsão ou desmaio. 
Aleitamento materno: 
‣ Fatores imunológicos: IgA secretora, IgG e IgM, Lactoferrina, Lisozima e fator 
bífido (lactobacillus). 
‣ Contra indicações absolutas: HIV, HTLV1 e HTLV2, uso de antineoplásico e 
radiofármaco, além de RN com galactosemia. 
} ou Tetra Viral
2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
‣ Contra indicações temporárias: Inf. Herpética nas mamas, varicela materna 
periparto, dç de Chagas ou sangramento,abcesso mamário e drogas - anfetamina, 
ecstasy, maconha, cocaína e LSD. 
‣ Falsas contraindicações: TBC - usar máscara durante período bacilífero; 
Hanseníase - após 1ª dose do tto; HB - após profilaxia; HC - Desde que não tenha 
lesão sangrante; Dengue; Tabagismo; Álcool. 
Dermatite atópica 
‣ Lactente → face ou pescoço 
‣ Pré-escolar → membros e área de dobra 
‣ Orientações: 
• Banho de “gato”→ pano umedecido. 
• Sabonete de glicerina 
• Hidratante constante (2+x/dia)→ Cetaphil, neutrogena, nivea kids. 
‣ Tratamento: 
• Corticóide tópico → hidrocortisona a 1%: 2x/dia por 3 dias, em área de dobra. 
• Curso de anti-histamínico → 5 - 7 dias, Hidroxizina ou desloratadina. 
• Atenção o uso de corticóide oral → 2 ciclos já causam desmineralização e 
imunossupressão adrenal. 
Mini guia terapêutico: 
‣ Desloratadina: não dar antes dos 6 meses. 
‣ Polaramina: após 01 ano, efeito colateral de sono. 
‣ Hidroxazina. 
‣ Reelan nasal (2%): 2 a 3 gotas 2x/dia 
‣ Dipirona: evitar → alergia 
‣ Paracetamol: alergia, hepatotóxico. 
‣ Ibuprofeno: hepatotóxico. 
‣ Azox ou Anitta: giardíase. 
‣ Ranitidina: desuso pra refluxo. 
‣ Nebacetin → pústula não infecciosa. 
‣ Nistatina → dermatite fúngica (cândida: hiperemia, descamação e pápulas). 
‣ Ivermerctina → escabiose (sarna). 
‣ Comb AD → 1,0 ml/dia até 12 meses e 1,5 ml/dia de 12 a 24 meses. (+ tolerável) 
‣ Postec → até 03 anos para fimose fisiológica ( passar na pele ao redor da glande, 
1x/dia até abertura da glande) 
‣ Orientação de Alimentação → aos 6 meses. 
• Amamentação → dar preferência ao leite materno. 
• Manhã e tarde → 01 fruta. 
• Almoço → arroz (unidos venceremos)/batata/macarrão, feijão, carne (moída - 70 
a 100 g), ovo (cozido), legumes e verduras variadas. Prato de pelo menos 5 cores, 
tudo amassado, bem cozido, sem sal, pode-se utilizar alho e cebola. 
• Jantar → idem ao almoço, introduzir aos 7 meses. 
• Recomendação de prato com divisórias para permitir a diferenciação de sabores. 
• Água á vontade. 
• NADA INDUSTRIALIZADO. 
• Cç que não comem carne 
2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
• Introdução de carne batida no feijão (músculo bem cozido) 
• Manter ovo → enriquecer omelete com frango, cenoura… 
• Recorrer a sucos → beterraba, inhame… 
‣ Orientações para redução de agrotóxicos: 
• Lavagem dos alimentos; 
• Preferir frutas e hortaliças da estação → molho c/ bicarbonato por 20 min (1 
colher : 1 L) 
• Retirar casca e folhas externas dos alimentos; 
• Retirar gordura e pele das carnes. 
‣ Leite de vaca → não recomendado, preferencia para AME. 
• Muita proteína e sódio 
• Pouco ferro, zinco, vit D, vit E e vit C. 
• Pouco ácido linoleico e linolênico. 
• Adipogênico → aumenta IGF-1. 
• Incentivo ao leite de vaca e derivados no 2º ano de vida → 500 ml/dia 
‣ Bebidas de soja → presença de isoflavona, redução da disponibilidade de cálcio e 
alta concentração de açúcar. 
‣ Nestogen → Diluir 7 medidas de água filtrada e fervida, até 01 ano. ( 1 pá a cada 
30 ml de água) 
‣ Enfamil → marcas importadas tem diluição diferente. 
‣ Lactanutri (Danone) → composto láteo menos processado, + recomendado. 
‣ NAN AR → Dificulta refluxo por reação c/ pH. 
‣ Rinite crônica → espirros, congestão nasal e prurido (ocular e orofaringe), 
‣ Otoscopia → Se a cç deita e chora, aumenta a vascularização. Na dúvida procurar 
pro triângulo de luz, se estiver presente (transparente) a membrana não esta 
acometida. Pode-se refazer a rotoscopia segurando a Cç bochecha-bochecha com a 
mãe. 
‣ “Dimple” sacral → abertura puntiforme na região sacral → requer investigação. 
‣ Processo de aprendizagem é lento → ter paciência, falar e incentivar, em caso de 
recusa tentar novamente. 
‣ Candidíase cutânea → micropapulares, hiperemiadas com descamação furfurácea. 
• Lenço umedecido só na rua → limpar com água morna e algodão. 
• Lavar e manter local seco. 
• Troca frequente de fraldas. 
• Deixar sem fralda antes do banho. 
• Nistatina → camada fina na lesão com óxido de zinco, a cada troca de fralda por 2 
semanas. 
‣ Broquiolite viral aguda→ 1º episódio de sibilância na cç → chieira 
• Infecção viral no lactente (gripe arrastada) → Edema de v.a e hipermucosidade 
• Raro evoluir para pneumonia. 
• Tto → oxigênio, demora até 21 dias para melhorar. 
• Conduta expectante → observar sucção e padrão respiratório. 
• Se repetir → lactente sibilante 
• Viral → só chia quando gripa (profilaxia: antileucotrieno) 
2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
• Atópico → chia por múltiplos fatores (responde a broncodilatador → prova 
terapêutica com Berotec) 
‣ Clenil A spray → precisa usar espaçador 
• 200 mg/dia 
• Sinusite e rinite → edema de v.a 
‣ Atrovent → seca a secreção 
• Após salbutamol → s/ resposta 
‣ Prelone → corticoide oral 
• NÃO USAR → s/ evidências de melhora → ef colateral de choque adrenal 
‣ Aerolin → na crise, se necessário → não se usa sozinho → não tem efeito de AINE, 
reduz o broncoespasmo mas pode dar taquifilaxia. 
• Resgate → p/ cada aerolin usar 01 clenil junto 
• Lactente → 2 jatos até 2 a. 
• Cç grande → 4-6 jatos. 
‣ Corticoide nasal 
• Agitar antes de usar. 
• Apontar para cima e para fora → em direção ao canto do olho (risco de erosão do 
septo nasal) 
• Fazer com a mão contrária a narina. 
‣ > 6 anos e adultos → Formoterol + budesonida 
‣ Orientações p/ uso de bombinha 
• Tampar base do nariz e queixo. 
• Cç > 7 a pode usar peça bucal → 5-10 inspirações profundas a cada jato. 
• Cç sentada, agitar, acoplar ao espaçador e apertar → forma fumaça no espaçador. 
• Segurar de forma firme e esperar 15 segundos e pedir cç para fazer inspiração 
profunda. 
• Espaçador → seleção de partículas para deposição pulmonar distal 
• Dica p/ ver se acabou a medicação → colocar na água, se boiar acabou o remédio. 
• Limpeza → molho em bacia com água e detergente por 15-20 min, deixar secar e 
guardar. 
‣ Asma →” Nem tudo que chia é asma" 
• Anamnese → Como são as noites? Acorda com sintomas? Comparação com 
outras cç. Como é o ambiente? Mofo? Animal? Fogão a lenha? Tabagista? 
Limitação de atividades? Uso de medicação de alívio? 
• Fatores de risco → preditor materno? Alergia alimentar? Infecção viral? 
Tabagismo passivo? 
• Exame respiratório → Conformação do tórax, presença de sibilo? Tempo 
expiratório? Hipóxia? Pele seca ou xerótica? Baqueteamento digital? 
• Pilares do tto → adesão, controle de ambiente e técnica inalatória. 
‣ Acidentes de trânsito: 
• Educação → orientações e informações. 
• Engenharia → equipamentos e proteção. 
• Legislação → cinto de segurança. 
• Economia → acesso aos equipos de segurança. 
• Ambiente → estradas mais seguras. 
2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
• Emergência → atendimento ás vítimas. 
• Cotran → menores de 10 anos devem andar no banco traseiro. 
• Modelos de assento: 
- Bebê conforto ( 0 a 2 a) → de costas para o painel, banco traseiro e preso por 
cinto de 3 pontas. 
- Cadeirinha (2+a) → voltada pra frente, 18 a 36 kg. 
- Elevação/ booster → até 1,45 cm de 9 a 13 anos. 
‣ Quedas e traumas: 
• Segurar com firmeza e atenção. 
• Utilizar grades protetoras em camas e berços., 
• Bebê conforto deve ser posto ao nível do chão e afivelado. 
• Piso antiderrapante, corrimão e portão de segurança. 
‣ Queimaduras: 
• Testar água do banho com o cotovelo. 
• Não manusear líquidos e alimentos com cç no colo. 
• Panelas na boca de trás com cabos voltado para dentro do fogão. 
• Banho de sol → antes das 10 e após as 16. 
‣ Medidas gerais: 
• Tomadas → ocultas ou com protetor. 
• Deixar fora do alcance → Talco, sacos plástico, balas e pequenos objetos. 
• Não utilizar cordão ou presilha na chupeta. 
• Lençóis, mantas e cobertas bem presos ao colchão. 
• Manter medicamentos fora do alcance. 
• Plantas tóxicas → saia branca, comigo ninguém pode e pinhão araguaio. 
• Nunca misturar amoníaco e hipoclorito de sódio. 
• Evitar contato com animais estranhos ou agressivos. 
• Brinquedos → não devem ser pequenos, destacar partes, ter arestas cortantesou 
serem facilmente quebráveis. 
‣ Pneumonia 
• Sintomas de pneumonia típica 
- Pródromo: coriza nasal, tosse e febre. 
- Persistência de febre > 72 horas. 
- Prostração 
- Tosse produtiva 
- Desconforto respiratório 
- Taquipneia 
• < 2 meses → flora materna : S. Agalactiae e E. Coli → Sepse Neonatal 
- Atípicos → Chlamydia trachomatis, Ureaplasma ureayticum → Pneumonia 
afebrile dos lactentes. 
- Ampicilina ou Gentamicina 
• Escolares/adolescentes → S. Pyogenes, S Aureus, S. Pneumoniae e H. Influenza 
B. 
- Amoxicilina ou Claritromicina VO por 10 dias. 
- Atípicos → Mycoplasma pneumoniae, Chlamydophila pneumoniae. 
• Vírus →Sincicial respiratório, Influenza, Adenovírus e Rinovírus. 
2021 Saúde da Criança Aline Reis Tavares
• Ocorre confecção em até 50% dos casos → bactéria e vírus. 
‣ Pneumonia ambulatorial 
• Amoxicilina → VO p/10 dias. 
• Claritromicina → VO p/ 10 dias. 
‣ Pneumonia hospitalar 
• Penicilina cristalina. 
• Claritromicina. 
• Em RN → Ampicilina e Gentamicina. 
‣ Doenças exantemáticas 
• Erupção cutânea eritematosa → etiologia infecciosa, alergia medicamentosa. 
• Exantema petequial → alteração vascular, não some com digitopressão 
(meningococcemia, PTI e púrpura de henoch) 
‣ Diarréia e TRO 
A → domiciliar, hidratação, soro oral, 
alimentação normal. 
B → TRO no local por 4 horas, 
manter leite materno e avaliação 
constante. 
C → Hidratação venosa, fase de 
expansão rápida e fase de manutenção 
e reposição. 
•
• Gastróclise-Indicações(Não hidratado com Plano B) 
- Perda de peso após a 2 primeiras horas de TRO 
- Vômitos persistentes (4 ou mais vezes em 1h do início TRO) 
- Distensão abdominal com ruídos hidroaéreos presentes 
- Dificuldade de ingestão do SRO 
• Antieméticos → ondansetrona. 
• Antisecretor → Racecadotril–9. 
• Probióticos 
• Zinco → desnutridos. 
• Antimicrobiano 
- Presença de sangue ou pus 
- Suspeita de Shigella 
- Azitromicina (5 dias), Ciprofloxacino, Ceftriaxona e Gentamicina.

Outros materiais