A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Prova Discursiva - Introdução a Teoria Geral da Administração

Pré-visualização | Página 1 de 1

Questão 1/3 - Introdução à Teoria Geral da Administração 
Leia a tirinha a seguir. 
 
 
Fonte: ADAMS, 2011. Disponível em https://i0.wp.com/www.vidadetrainee.com/wp-
content/uploads/2013/01/tirinha-dilbert-retrabalho.jpg?resize=630%2C215&ssl=1 
Acesso em 12 de dezembro de 2019. 
 
Com base na tirinha e no conteúdo sobre APO vistos na disciplina, explique o que é 
Administração por Objetivos (APO). 
 
Nota: 33.3 
Rota 4, P. 16 
A Administração por Objetivos (APO) é um método ou prática estratégica, por meio do 
qual se procura alinhar metas e desempenhos individuais com os objetivos 
organizacionais, mediante o envolvimento de todos os funcionários da organização. 
 
 
Resposta: É um processo participativo de planejamento e avaliação por onde ocorre a 
descentralização das decisões e a definição de objetivos de forma conjunta para que a 
organização defina suas prioridades e consiga alcançar os resultados desejados. Pode 
ser iniciada a partir de um planejamento estratégico por meio do qual se estabelece 
metas, prioridades e medidas de desempenho. Sua utilização nos dias de hoje é 
inadequada, já que foi formulado num período bastante diferente dos atuais que é 
caracterizado por grande competitividade, rápidas alterações tecnológicas e maior 
exigência em relação á qualidade e desempenho do produto final. A APO pode ser 
caracterizada pelo estabelecimento dos objetivos que é feita entre superiores e 
subordinados de maneira que seja possível de ser alcançado e distribuído para 
diferentes departamentos da organização de modo que cada meta é relacionada a outra, 
o que resulta em interatividade pessoal é maior controle e conhecimento dos resultados 
atingidos. Também se caracteriza pela reciclagem dos funcionários, o que os torna cada 
vez mais qualificados e na reciclagem dos projetos que conforme é atingido aumenta 
sua porcentagem, de modo que os funcionários sempre superem suas metas e 
expectativas. A APO avalia o desempenho da organização a partir dos números que 
esta apresenta, o que gera comunhão entre funcionários e superiores para que atinjam 
e/ou superem seus objetivos, além de auxiliar no processo de previsão organizacional. 
Os objetivos podem ser dividis em: estratégicos, táticos e operacionais. 
 
Questão 2/3 - Introdução à Teoria Geral da Administração 
Leia a charge a seguir que representa uma linha de montagem pertencente à indústria de 
manufatura. 
 
 
Fonte: Thaves, s.d. Disponível em 
https://2.bp.blogspot.com/_39ephwOkYhQ/TB18ET6AbvI/AAAAAAAAAf4/r7X7Gi8
N_KU/s1600/Divisão+técnica+do+trabalho.jpg Acesso em 10 de dezembro de 2019 
 
Explique como surgiram as organizações manufatureiras. 
Nota: 33.3 
DISCURSIVA ROTA 1 , p. 7 
Os camponeses passaram a viver à custa do trabalho manual, abrindo espaço para o 
fortalecimento de outras categorias profissionais, como os artesões, tecelões, ferreiros, 
carpinteiros, sapateiros e fabricantes de armas. Muitos precisaram aprender uma nova 
profissão e, nesse processo, o mestre de ofício, que era habilitado e possuía uma loja, 
abrigava o aprendiz na sua casa e com ele estabelecia uma relação de cooperação. 
Depois de concluir o aprendizado, o aprendiz podia ser contratado como ajudante da 
loja. Com esse sistema, logo surgiram as organizações manufatureiras (Silva, 2008; 
Maximiano, 2017). 
Resposta: As organizações manufatureiras surgiram a partir do século XV quando o 
ser humano deixou de ser nômade e passou a ser sedentário, criando assim as primeiras 
cidades e civilizações. Milhares de anos depois, passou por muitas transformações, 
desde as guildas de artesãos, muito comuns na idade média, até a utilização de 
máquinas industriais, a partir de meados do século XIX. 
 
Questão 3/3 - Introdução à Teoria Geral da Administração 
Para Rensis Likert há duas categorias de comportamento de líderes: uma orientada para 
o empregado e outra orientada para a produção. Os líderes orientados para o empregado 
são interessados nas suas necessidades, no seu bem-estar, e procuram fomentar relações 
amistosas com ele, aceitando as diferenças individuais. Já os líderes centrados na 
produção se preocupam principalmente com a supervisão e com a execução das tarefas 
pelos subordinados. Em seus estudos, Likert descreveu os estilos de liderança típicos de 
quatro sistemas administrativos. 
Fonte: FONSECA, 2018. Rota de Aprendizagem 4. Introdução à Teoria Geral da 
Administração. Uninter. 
 
Com base no exposto, explique o sistema administrativo autoritário-coercitivo. 
Nota: 33.3 
Rota 4, P. 13 
• Sistema autoritário-coercitivo: o líder não confia nos subordinados, porque as 
formas de controle são muito rígidas. A pouca interação entre eles ocorre com 
medo e desconfiança. As tarefas são desempenhadas mediante ameaça, punição 
e, eventualmente, gratificação. As decisões e os objetivos são formulados no 
topo da hierarquia da organização, com a comunicação fluindo de cima para 
baixo e vista como suspeita pelos funcionários. 
Resposta: Sistema administrativo autoritário e forte, coercitivo, arbitrário que controla 
todas as posições da organização. As decisões são centralizadas na cúpula da 
organização, não existindo comunicações laterais. Punições e recompensas são 
ocasionais, fazendo prevalecer um clima de temor, onde a desconfiança, a insatisfação 
e a hostilidade permeiam entre os membros da organização.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.