A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Barroco

Pré-visualização | Página 1 de 1

Primeira escola literária. 
Ocorre na Europa, no período do fim da idade média. A 
nível de contexto histórico que vai influenciar bastante 
ainda é a contrarreforma e um evento que é importante 
citar é o desaparecimento do Rei Dom Sebastião em 
Alcácer-Quibir na batalha contra os mouros no Marrocos. 
O Rei D. Sebastião, não deixou herdeiros e quem acabou 
ocupando o trono foi o seu tio-avô D. Henrique mas dois 
anos após ocupar a coroa ele acabou falecendo e também 
não havia deixado herdeiros houve novamente a questão 
da disputa pela coroa portuguesa e quem ganhou essa 
disputa foi o rei da Espanha Felipe II, foi ele que promoveu 
a unificação dos dois reinos de Portugal e Espanha, essa 
unificação ficou conhecida por União Ibérica que foi de 
1580 a 1640, isso vai gerar um impacto grande a nível de 
Brasil porque nós brasileiros teremos uma consequência 
direta que será a invasão dos Holandeses no Nordeste. O 
Brasil estava no período do ciclo da cana-de-açúcar, o que 
gerava muito lucro na época para Portugal e Holanda que 
comercializavam o açúcar, porém, a Holanda era inimiga 
declarada da Espanha. Quando se teve o processo de 
unificação dos dois reinos o rei Felipe II proibiu o 
comercio do açúcar dos Portugueses com a Holanda, a 
Holanda, por sua vez, não iria perder os lucros que ela 
estava obtendo com a comercialização do açúcar, então 
ela decidiu invadir o Brasil pra poder continuar lucrando 
com o açúcar brasileiro. 
----------------------Bahia e Pernambuco são os centros 
econômicos e culturais desse período. ------------------------ 
As ideias contra reformistas vão impactar no Brasil e terá 
esse embate contra ideias contra reformistas e ideias 
inovadoras renascentistas. 
 
O marco inicial do barroco no Brasil se dá pela publicação 
do livro "Prosopopéia" escrito por Bento Teixeira em 
1601. A característica de destaque desse período é a 
dualidade entre alma e desejos carnais, céu e inferno, 
santo e pecador: Surge uma contradição de pensamentos 
e questionamentos, tanto sobre a existência do ser como 
da fluidez do tempo. O homem barroco pode seguir ideias 
contra reformistas ou ideias inovadoras, essa dualidade 
gera uma angustia e uma tormenta de pensamentos e 
ideias. 
• Características estilísticas dos textos.: figuras de 
linguagens como antíteses, paradoxos, hipérboles, 
inversões, metáforas, ausência de ideias claras, uso 
frequente de interrogações e questionamentos. 
• Traços estilísticos dos textos.: Cultismo 
(rebuscamento da forma, do texto através do jogo de 
palavras, palavras essas cultas; neologismos de origem 
latina que são mais comuns na poesia) e o Conceptismos 
(rebuscamento do conteúdo, jogo de ideias, ligado aos 
pensamentos e entendidos através do sentido 
conotativo; mais comum na prosa). 
 
Representante da literatura barroca no Brasil. 
Possuindo três tipos de poesias: 
• Lírico: 
Enaltecimento e elogio a alguém. Representação da 
figura feminina como angelical e outrora erotizada. 
• Religioso: 
Retrata a dualidade entre pedir perdão pelos pecados ou 
aproveitar os prazeres carnais. Poemas esses citam Jesus 
Cristo, passagens bíblicas etc. 
• Satírico: 
Crítica às classes sociais da Bahia do séc. XVII utilizando-
se da ironia, do sarcasmo, de palavras de baixo calão. 
 
 
 
Intitulado como imperador de língua portuguesa por 
Fernando Pessoa. Ele destaca-se em três tipos de 
categorias: profecias, cartas (situação social da época), 
sermões [(cunho pedagógico) Sermão da Sexagésima - 
seu destaque].