A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Saúde da Criança e do Adolescente - circulação fetal

Pré-visualização | Página 1 de 1

Saúde da Criança e do Adolescente 
Circulação Fetal 
O sangue chega na placenta rico em CO2 e nutrientes, 
entra no corpo do bebê pela veia umbilical, e desemboca na 
veia cava inferior através do ducto venoso. Metade do 
sangue vai para o fígado e a outra metade desemboca 
diretamente na veia cava inferior. Após passar pelo fígado, 
essa metade também vai para a veia cava inferior. Esse 
sangue desemboca no átrio direito diretamente ao átrio 
esquerdo pelo forame oval e sai para a aorta ascendente. 
No átrio direito também chega sangue da via cava superior 
(proveniente do retorno venoso sistêmico), este, não é 
desviado pelo forame oval e segue normalmente para o 
ventrículo direito. Do ventrículo direito o sangue segue para 
a artéria pulmonar, mas, como ela é atrofiada 90% segue 
para um caminho alternativo pelo ducto arterial, indo para a 
aorta, os outros 10% vão para o pulmão nutri-lo. O sangue 
dos pulmões chega ao átrio esquerdo pelas veias 
pulmonares, entra no ventrículo esquerdo, vai para a aorta, 
para o corpo fetal, artérias ilíacas e por fim para as artérias 
umbilicais, onde sai para a placenta. 
Como o canal arterial desemboca na aorta antes do ramo da 
artéria subclávia esquerda, os ramos que irrigam o membro 
superior direito, fígado, coração, cabeça e pescoço recebem 
sangue com saturação de oxigênio de 70%. O restante do 
corpo recebe sangue com uma oxigenação menor. Devido a 
isso, dividimos a circulação fetal e pré-ductal e pós-ductal. 
Após o nascimento devido a pressão do sangue no átrio 
esquerdo o forame oval de fecha. e o ducto venoso tem 
fechamento do esfíncter.