A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
AED Eletricidade e Eletrônica

Pré-visualização | Página 1 de 1

Aluno: Matheus Afonso Batista da Silva 
AED Eletricidade e Eletrônica 
Diodo 
O diodo é um dispositivo eletrônico feito geralmente de silício ou germânio, que 
permite a passagem da corrente elétrica somente em um sentido, quando seus 
terminais estão polarizados de forma direta. 
 
Diodo Zener 
O diodo zener é um tipo de diodo que funciona com a polarização reversa, ou seja, 
com o terminal cátodo no positivo da fonte e o terminal ânodo no negativo da 
fonte. Esse tipo de polarização permite que o diodo zener seja utilizado em 
circuitos reguladores de tensão, onde apenas um valor específico de tensão pode 
sair do circuito. 
 
Diodo Emissor de Luz 
O diodo emissor de luz, chamado de LED, é encontrado em praticamente todo 
dispositivo eletrônico. A junção PN do diodo emissor de luz emite luz sob ação de 
uma corrente elétrica. O contrário também acontece, ou seja, sob ação da luz a 
junção PN pode gerar uma corrente elétrica. A camada P deste diodo é bastante 
fina, sua espessura tem relação com o comprimento de onda emitida. 
 
 
Diodo Schottky 
O diodo schottky é feito de metal ao invés dos semicondutores diodo e germânio. 
Isso faz com que este tipo de diodo seja um componente de baixa capacitância e 
com comutação mais rápida. 
A queda de tensão no diodo schottky é menor do que nos diodos comuns, 
entretanto, a corrente inversa é maior, o que pode impedir seu uso em alguns 
circuitos. 
 
 
Diodo em Ponte 
O diodo semicondutor pode ser usado em circuitos retificadores, para fazer a 
corrente alternada, que é recebida da rede, tornar-se uma corrente contínua. O 
diodo em ponte trata-se de um componente que possui uma ponte retificadora de 
diodos, com geralmente quadro diodos retificadores comuns. 
 
Diodo Túnel 
O diodo túnel possui elevadas concentrações de impurezas em suas camadas, 
fazendo com que sua região de depleção seja muito estreita, que é um efeito 
mecânico quântico, denominado de tunelamento. O resultado deste tunelamento 
no diodo túnel é a resistência nula. Esta característica permite a construção de 
osciladores simples. 
O diodo túnel é pouco utilizado atualmente, por suportar baixa potência e ter um 
custo elevado em comparação aos outros tipos de diodos. 
 
Diodo Varactor ou Varicap 
O diodo varactor é bastante aplicado para o controle de frequência em circuitos 
osciladores. A capacitância deste diodo é variável, e é controlada pela tensão 
reversa, sendo projetado principalmente para explorar essa característica em altas 
frequências. 
 
SCR 
O retificador controlado de silício (em inglês SCR: Silicon Controlled Rectifier) é 
um tipo de tiristor formado por quatro capas de material semicondutor com 
estrutura PNPN ou NPNP. Como o próprio nome indica, o SCR é um retificador 
controlado, ou seja, um elemento ou um circuito que realiza a conversão da 
corrente alternada em corrente contínua e que controla o quanto "chega" de tensão, 
de corrente e de potência na carga. 
Um SCR possui três conexões: ânodo, cátodo e gate, também chamado de gatilho. 
O gate é responsável por determinar a passagem de corrente entre os terminais 
principais do tiristor, ou seja, entre o ânodo e o cátodo. Se o gate não for acionado, 
o tiristor não conduz; se acionado, o SCR conduz caso a corrente vá do ânodo para 
o cátodo. Em corrente alternada, a cada alternância de semiciclo da tensão, o SCR 
comuta. A comutação ocorre quando o tiristor para de conduzir, voltando ao estado 
de bloqueio da corrente, até ser disparado outra vez (aplicação de pulso de corrente 
no gate). Em corrente contínua, é necessário um circuito de bloqueio forçado, ou, 
então, a interrupção do circuito.