Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
NERVOS CRANIANOS

Pré-visualização | Página 1 de 1

NERVOS CRANIANOS 
12 pares de nervos que desempenham inúmeras funções neurológicas no corpo. 
 
V I N I C I U S D A S I L V A S A N T O S - M E D I C I N A - U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E P E R N A M B U C O 
NERVOS CRANIANOS 
 
 
TABELA NERVO/FUNÇÃO 
 
LOCALIZAÇÃO: Os dois primeiros nervos estão 
localizados na porção anterior do cérebro (sob ponto 
de vista inferior), enquanto todos os outros se 
localizam no tronco encefálico. 
NERVO OLFATÓRIO (I) → Sua função é sensitiva; con-
duzir a sensação olfatória para interpretação cerebral. 
• Trajeto: As partículas entram na cavidade 
nasal → Ramos terminais do nervo olfatório → 
Atravessam a lâmina cribiforme do osso 
etmóide → Bulbo olfatório → Sistema límbido 
→ Interpretação emocional do cheiro + 
Sistema entorrinal → Consciência do cheiro de 
determinada coisa. 
• Localização: No sulco olfatório, na porção 
ântero-inferior do cérebro. 
 
NERVO OFTÁLMICO (II) → Com função também 
sensitiva, o nervo oftálmico é aquele responsável por 
conduzir a visão para a interpretação cerebral. 
• Trajeto: Porção anterior do globo ocular (disco 
óptico) → Canal óptico → Quiasma óptico → 
Trato óptico → Tálamo → Radiações ópticas → 
Córtex visual. 
• Localização: Também na porção ântero-
inferior do cérebro, logo abaixo do nervo 
olfatório conseguimos visualizar o quiasma. 
• Avaliação de campos visuais: Uma das funções 
avaliadas na semiologia, se há integridade nos 
campos. 
• Avaliação da reatividade pupilar: Envolve a 
ação do nervo óptico, pois é ele o responsável 
por recepcionar o estímulo luminoso. 
 
NERVO OCULOMOTOR (III) → Possui funções motoras 
voluntárias (motricidade ocular, inervas músculos da 
motricidade) e autonômicas (contração pupilar) e 
elevação palpebral. 
• Motricidade voluntária: Músculos reto 
superior, inferior e medial e músculo oblíquo 
inferior. 
NERVO 
OLFATÓRIO 
NERVO ÓTICO 
 
V I N I C I U S D A S I L V A S A N T O S - M E D I C I N A - U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E P E R N A M B U C O 
• Motricidade autonômica: Músculo constritor 
da pupila e músculo levantador da pálpebra. 
• Localização: Localizado na porção central do 
mesencéfalo e adentra as órbitas pela fissura 
orbital superior, junto com os nervos troclear e 
abducente. 
 
NERVO TROCLEAR (IV) → Atua no movimento 
convergente dos olhos (movimento de ficar vesgo). 
• Motricidade voluntária: Músculo oblíquo 
superior do olho. 
• Localização: O único que vem da porção 
posterior do tronco encefálico 
 
NERVO ABDUCENTE (VI) → Responsável pela função 
motora de lateralização ocular (vesgo pra fora). 
• Motricidade voluntária: Músculo reto lateral. 
• Localização: Sulco bulbo-pontino e atravessa 
também a fissura orbital superior. 
 
NERVO TRIGÊMEO (V) → Possui funções sensitivas 
(sensibilidade completa da face) e funções motoras 
(motricidade mandibular), emite 3 ramos importantes. 
• Ramo oftálmico: Sensibilidade da região 
frontal da face, passa pela fissura orbital 
superior junto com os ramos motores dos 
nervos III, IV, VI. 
• Ramo Maxilar: Importante para sensibilidade 
da face até o lábio superior. 
• Ramo Mandibular: Também importante na 
área sensitiva abaixo do lábio superior, além da 
motricidade voluntária daquela região. 
 
NERVO FACIAL (VII) → Responsável pela função 
motora da face, emite diversos ramos para os mais 
diversos músculos da face. Além disso, possui função 
sensitiva especial na gustação, inervando 2/3 
anteriores da língua e glândulas salivares. 
• Ramos importantes: Ramo temporal, 
zigomático, bucal, mandibular e cervical. 
 
NERVO VESTIBULOCOCLEAR (VIII) → Como o próprio 
nome já diz, o nervo é do vestíbulo (função de 
esquilíbrio, postural) e coclear (audição). Atuando 
nesses aspectos sensitivos. 
*Os nervos facial e vestibulococlear possuem íntima 
relação, muitas literaturas costumam chamá-los de 
complexo VII-VIII. 
• Neurinoma do Acústico ou Schwanoma 
Vestibular: Neoplasia conhecida do complexo. 
NERVO FACIAL 
 
V I N I C I U S D A S I L V A S A N T O S - M E D I C I N A - U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E P E R N A M B U C O 
 
NERVO GLOSSOFARÍNGEO (IX) e NERVO VAGO (X) → 
Nervos que possuem características e trajetos 
semelhantes, com funções sensitivas (paladar, 
controle vasotônico, faringe, laringe) e funções 
motoras mais conhecidas (gastrointestinal, elevação 
do palato e lateralização da úvula). 
• Trajeto: Emergem entre a oliva inferior e o 
núcleo do trato cuneiforme, em um sulco 
conhecido como sulco látero-posterior e sai do 
seu córtex através do forame jugular (junto 
com o nervo acessório (XI). (“Vago vagueia 
entre a artéria (carótida) e a veia (jugular)”) 
• Glossofaríngeo: Função sensitiva na faringe e 
língua como gustação, reflexo nauseoso. 
• Vago: Múltiplas funções, função mista motora 
e sensitiva. Responsável por toda a inervação 
parassimpática visceral do corpo (pulmão, 
coração, intestino). 
 
NERVO ACESSÓRIO (XI) → Nervo motor responsável 
pela inervação de dois músculos importantes no corpo: 
Esternocleidomastódeo e trapézio. 
• M. Esternocleidomastódeo: Realiza a flexão 
do pescoço (contração bilateral) ou rotação no 
lado contralateral (se contração unilateral). 
• M. Trapézio: Realiza a elevação escapular, 
extensão do pescoço e abdução do braço 
(ângulo > 90º). 
• Localização: Emerge do sulco látero-posterior 
como o glossofaríngeo e vago e atravessa o 
forame jugular. Parece um leque. 
 
NERVO HIPOGLOSSO (XII) → Último nervo craniano, 
responsável por inervar a língua e atua na sua 
motricidade. Apesar de parecer símples, a língua possui 
inúmeros músculos envolvidos na sua motricidade. 
• Localização: Emerge no sulco ântero-lateral e 
sai em no seu canal próprio, o canal do 
hipoglosso, segue próximo ao ângulo da 
mandíbula formando a alça do hipoglosso 
• Alça do hipoglosso: Se encontra muito 
próximo à bifurcação da carótida, por isso 
quando vai operar o vaso precisa ter cuidado 
para não lesar esse nervo. 
• Função motora na língua 
 
NERVO 
ACESSÓRIO 
NERVO 
VAGO 
NERVO 
GLOSSOFARÍNGEO 
NERVO 
HIPOGLOSSO 
 
V I N I C I U S D A S I L V A S A N T O S - M E D I C I N A - U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E P E R N A M B U C O 
FUNÇÃO DOS NERVOS CRANIANOS 
 
NÚCLEOS DOS NERVOS CRANIANOS → 4 GRUPOS DE 
4! FORMANDO 16 NÚCLEOS! 
NÚCLEOS MOTORES SOMÁTICOS → Motricidade dos 
olhos e da língua (todos com o nome igual do nervo) 
1. Núcleo Oculomotor 
2. Núcleo Troclear 
3. Núcleo Abducente 
4. Núcleo Hipoglosso 
NÚCLEOS MOTORES BRANQUIAIS → Motricidade dos 
músculos, face, mandíbula. 
1. Núcleo Trigêmeo Motor 
2. Núcleo Facial 
3. Núcleo Ambíguo: Originária dos nervos IX e X 
4. Núcleo Acessório 
NÚCLEOS MOTORES VISCERAIS → Inervação 
parassimpática! 
1. Núcleo de Edinger-Westphal: Núcleo do nervo 
oculomotor (III), miose pupilar. 
2. Núcleo Salivatório: Núcleo dos nervos VII e IX, 
que fazem a inervação das glândulas salivares. 
3. Núcleo Ambíguo: Segunda parte do núcleo, 
responsável pela função parassimpática. 
4. Núcleo Dorsal do Nervo Vago: Como o nome 
já diz, inerva a função parassimpática do nervo. 
NÚCLEOS SENSITIVOS 
1. Núcleo do Trato Solitário: Originário de toda a 
inervação sensitiva visceral (boca) e gustativa. 
2. Núcleo Trigêmeo: Extenso ao longo de toda a 
ponte e bulbo, responsável pela inervação 
somática (da pele e músculos) do corpo. 
3. Núcleo Coclear: Porção coclear do nervo VIII. 
4. Núcleo Vestibular: Porção vestibular do nervo 
VIII. 
 
LOCALIZAÇÃO DOS NÚCLEOS NO TRONCO CEREBRAL 
 
PARA TREINAR: NERVOS EM PEÇAS ANATÔMICAS