A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Atividade 4

Pré-visualização | Página 1 de 2

Usuário
	KATIA MARQUES TERRA
	Curso
	GRA0041 ESTUDO DO SINTAGMA GR0959211 - 202110.ead-8400.11
	Teste
	ATIVIDADE 4 (A4)
	Iniciado
	31/03/21 17:10
	Enviado
	31/03/21 17:55
	Status
	Completada
	Resultado da tentativa
	8 em 10 pontos  
	Tempo decorrido
	44 minutos
	Resultados exibidos
	Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários
· Pergunta 1
1 em 1 pontos
	
	
	
	Coelho e Martins (2012, p. 13) apontam que os “Estudos mostram que há diferentes tipos de estruturas envolvidas na ordem XVS e diferentes condições sintáticas envolvidas no licenciamento dessa ordem […]. Essas construções podem ser resultado de estruturas com movimento do verbo, conhecidas na literatura como inversão germânica, ou sem movimento do verbo (inversão inacusativa)”.
COELHO, I. L.; MARTINS, M. A. Padrões de inversão do sujeito na escrita brasileira do século 19: evidências empíricas para a hipótese de competição de gramáticas. Revista Alfa, São Paulo, v. 1, n. 56, p. 11-28, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/alfa/v56n1/02.pdf. Acesso em: 23 fev. 2020.
Com relação à representação canônica sintática, analise a sentença “mamãe precisa de você em casa” e assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Na representação há sujeito, verbo e objeto, uma ordenação natural da gramática língua portuguesa.
	Resposta Correta:
	 
Na representação há sujeito, verbo e objeto, uma ordenação natural da gramática língua portuguesa.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta. Você acertou! A gramática de uma língua apresenta regras estruturais responsáveis pela ordem dos constituintes da frase. Essa ordem pode ser alterado sem que o sentido da oração seja prejudicado.
	
	
	
· Pergunta 2
0 em 1 pontos
	
	
	
	De acordo com Martins e Costa (2016, p. 372), “Tal como a generalidade das línguas românicas contemporâneas, o português é uma língua de ordem básica SVO, ou seja, normalmente o sujeito (S) precede o predicado e este é encabeçado pelo verbo (V), seguindo-se-lhe o complemento ou complementos verbais (O), sempre que o verbo não é monoargumental. A ordem básica dos constituintes frásicos (também dita canónica, regular ou não marcada) é a que ocorre com mais frequência em frases declarativas simples”.
MARTINS, A. M.; COSTA, J. Ordem dos constituintes frásicos: sujeitos invertidos, objetos antepostos. In: MARTINS, A.; CARRILHO, E. (eds.), Manual de linguística portuguesa. Berlin/Boston: De Gruyter, 2016.
Assinale a opção correta com relação à ordem dos constituintes e inversões.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Em orações exclamativas o sujeito nunca poderá vir depois do verbo, por isso a oração “viva o papa” não segue a norma padrão.
	Resposta Correta:
	 
Em “era uma vez uma casa encantada” o verbo inicia a oração, pois tem o sentido de existir.
	Comentário da resposta:
	Sua resposta está incorreta. Muitas vezes o padrão sujeito-verbo-objeto são alterados pelo falante, dado em um consenso naquela comunidade linguística, o que não dificulta o entendimento daquela oração. Reveja o conteúdo e tente responder novamente!
	
	
	
· Pergunta 3
1 em 1 pontos
	
	
	
	Segundo Guy (2000, p. 12), “[...] a natureza da mudança sintática, ou a origem de uma nova fixação de um parâmetro gramatical, é, consequentemente, o advento de uma nova gramática associado à aquisição da língua. Há no processo de aquisição, pelo qual a criança adquire a língua vernacular e as demais opções linguísticas às quais ela é exposta
(associadas a aspectos sociais, regionais etc.), uma assimetria (pensada aqui como uma ‘falha’ de transmissão) entre a gramática G1 alvo e a gramática G2 efetivamente adquirida pela criança”.
GUY, G. A identidade linguística da comunidade de fala: paralelismo interdialetal nos padrões de variação linguística. Organon: Revista do Instituto de Letras da UFRGS, Porto Alegre, v. 28 e 29, p. 17-32, 2000. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/organon/article/view/30194/18703. Acesso em: 23 fev. 2020.
Vamos imaginar que Pedrinho enuncia a um de seus colegas da escola a seguinte oração: “O bigode do vovô é bem grande”.
Com base no conhecimento adquirido, a expressão em destaque diz respeito a qual classificação sintagmática?
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Sintagma preposicional.
	Resposta Correta:
	 
Sintagma preposicional.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta. Essa unidade linguística está composta pela preposição “de”, que indica sua classificação e a partir disso é possível compreender o eixo do sintagma. Perfeito!
	
	
	
· Pergunta 4
1 em 1 pontos
	
	
	
	Gonçalves (2002, p. 55 apud NHONGO, 2005, p. 3) traz que “O domínio da norma padrão europeia está restringido a uma elite reduzida e, mesmo que o discurso oficial declare como modelo-alvo das instituições escolares, tal medida não impede que muitas das suas regras sejam desconhecidas pela maior parte de seus usuários.
NHONGO, N. A concordância verbal em número no discurso escrito de estudantes universitários moçambicanos. Dissertação (Licenciatura em Linguística) - Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique, 2005.
Em nossos estudos compreendemos sobre os aspectos funcionais da ordem dos constituintes. Desse modo, analise as afirmativas a seguir.
I. A língua portuguesa apresenta uma peculiaridade na entonação, organizando elementos em uma sentença de modo que predomine a mais forte precedida da mais fraca.
II. Em uma sintaxe a ordem dos constituintes nunca pode ser invertida, ou transposta de lugar, pois perde o sentido comunicacional e a informação não fica clara para o receptor da mensagem.
III. Algumas das características das normas validadas pelos usuários da língua portuguesa em relação à entonação frasal, é o não antes do verbo principal, exemplo, “não posso”.
IV. As regras de uso comum na fala dos brasileiros, não são determinadas pelo consenso entre os usuários da língua portuguesa, pois não são aceitas pelos membros da Academia de Letras.
Está correto o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I e III, apenas.
	Resposta Correta:
	 
I e III, apenas.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta! A oralidade dos falantes brasileiros de língua portuguesa, nem sempre condiz com as regras gramaticais propostas, muito embora seja a fala que determine essas mesmas regras. Porém, para que isso ocorra, é necessário um consenso de uso.
	
	
	
· Pergunta 5
1 em 1 pontos
	
	
	
	Brucart (1999) afirma que, nos casos de quando jovem, pode-se supor um verbo elíptico (quando era jovem) e que o constituinte encabeçado por quando tem realização oracional. Por outro lado, a atribuição dessa mesma análise aos casos de quando a guerra parece mais problemática, uma vez que não parece simples apenas admitir que existe um predicado (verbal) implícito.
BRUCART, J. M. La estructura del sintagma nominal: las oraciones de relativo. In: BOSQUE, I.; DEMONTE, V. (dir.). Gramatica Descriptiva de la Lengua Española, Espasa, p. 395-522, 2006.
Assim sendo, analise as assertivas a seguir no se que refere aos estudos dos sintagmas.
I. Na oração “bons tempos aqueles” temos um verbo elíptico, pois oração omite “bons tempos (foram) aqueles”.
II. “Ninguém apareceu” há um sujeito elíptico, já que ninguém oculta o verdadeiro sujeito.
III. Na Língua Portuguesa, a relação da estrutura sintática ocorre tanto pela ordem gramatical, como pela variedade dos falantes.
IV. Em uma mesma oração, não haverá um predicado elíptico se o sujeito for indeterminado.
Está correto o que se afirma em:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
II e IV, apenas.
	Resposta Correta:
	 
II e IV, apenas.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta! Muitas construções sintáticas são utilizadas como um da literatura, pois a linguagem permite dar enfatização à palavra, a fim de provocar um impacto estilístico no texto.
	
	
	
· Pergunta 6
1 em 1 pontos
	
	
	
	Conforme nos traz Pezzati e Camacho (1997, online), “Apesar de ser um aspecto já muito investigado, a ordem de palavras na sentença é assunto que mantém ainda bem acesa a chama do interesse. De

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.