A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
APOL 3 FILOSOFIA GERAL PROBLEMAS METAFISICOS

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/10 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Temos, pois, na Idade Média, duas vertentes de pensamento: a platônica e a aristotélica. Alguns pensadores se inclinavam fortemente para Platão, outros para Aristóteles, outros ainda partilhavam das ideias de ambos”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SIMÕES, Mauro. Cardoso. Os Caminhos da reflexão Metafísica: fundamentação e crítica. Curitiba: Intersaberes, 2015. p. 135.
A partir do fragmento acima e dos demais conteúdos do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, sobre a principal preocupação entre autores da patrística sobre a alma, é correto afirmar que:
	
	A
	A alma era um problema ético-religioso.
	
	B
	A alma era um problema científico.
	
	C
	A alma era um problema inconclusivo.
	
	D
	A alma era um problema metafísico.
	
	E
	A alma era um problema imanente.
	
Questão 2/10 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Entende-se, assim, que o corpo do homem não foi criado como uma prisão para a alma, mas foi isso que veio a acontecer como consequência do pecado de Adão – e o principal problema da vida moral é o escapar-se dessa prisão”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SIMÕES, Mauro. Cardoso. Os Caminhos da reflexão Metafísica: fundamentação e crítica. Curitiba: Intersaberes, 2015. p. 141-142.
Considerando o fragmento acima e os demais conteúdos do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o conceito de salvação de Agostinho:
	
	A
	Para Agostinho o homem consegue salvar-se quando busca na meditação e na filosofia o sentido da vida.
	
	B
	A salvação vem por mérito e por esforço individual.
	
	C
	Para Agostinho a salvação vem na forma de uma vida mística e ascética, voltada ao isolamento espiritual e afastamento do mundo.
	
	D
	O homem só pode alcançar a salvação pela prática da virtude. Sendo virtuoso Deus se obriga a aceitar o homem.
	
	E
	Por experiência, Agostinho ensina que a salvação vem de Deus que por sua graça e amor resgata do pecado aqueles que Ele escolheu.
	1 
Questão 3/10 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Como se pode perceber, o tema do mundo material ocupa no pensamento de Aristóteles um posicionamento central. É por esse motivo que ele dedica seus esforços por compreendê-lo sem perder, ao mesmo tempo, o foco metafísico de suas investigações”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SIMÕES, Mauro. Cardoso. Os Caminhos da reflexão Metafísica: fundamentação e crítica. Curitiba: Intersaberes, 2015. p. 96.
A partir do conteúdo do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, sobre o movimento da natureza, segundo Aristóteles, podemos afirmar que:
	
	A
	O movimento da natureza pode ser explicado pela ciência contemporânea.
	
	B
	O movimento da natureza pode ser explicado pelas quatro causas, informal, imaterial, inicial e padronizada.
	
	C
	O movimento da natureza pode ser explicado pelas leis da física.
	
	D
	O movimento da natureza pode ser explicado pelas quatro causas, material, formal, eficiente e final.
	
	E
	O movimento da natureza não pode ser explicado.
	1 
Questão 4/10 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Percebemos que, em Agostinho, isso era mais que uma convicção abstrata. O momento decisivo na sua história pessoal foi o da descoberta do pecado e da incapacidade de superá-lo sem a graça de Deus, como também a experiência do seu êxito com o socorro divino”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SIMÕES, Mauro. Cardoso. Os Caminhos da reflexão Metafísica: fundamentação e crítica. Curitiba: Intersaberes, 2015. p. 142.
Considerando o fragmento acima e os demais conteúdos do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, marque a alternativa que apresenta a concepção de pecado segundo Agostinho:
	
	A
	O pecado acontece quando o homem se desvia de sua natureza instintiva e vive uma vida artificial.
	
	B
	O pecado acompanha o homem desde seu nascimento, não sendo possível superá-lo. O homem está destinado a pecar e se perder.
	
	C
	Agostinho entende que o pecado é uma ilusão, algo inventado pela igreja para amedrontar os homens.
	
	D
	O discurso sobre o pecado, assim como sobre o inferno e o juízo final, são discursos de medo e controle social da igreja.
	
	E
	O pecado é transgressão da lei divina que colocou o corpo em oposição a alma.
	1 
Questão 5/10 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“O filósofo prossegue, em seu tratado sobre a alma, estabelecendo, antes de qualquer coisa, o objetivo desse estudo: descobrir a natureza e a substância da alma, assim como seus atributos.”
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SIMÕES, Mauro. Cardoso. Os Caminhos da reflexão Metafísica: fundamentação e crítica. Curitiba: Intersaberes, 2015. p. 115.
A partir do fragmento acima e dos demais conteúdos do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, assinale a alternativa que apresenta a concepção de alma para Aristóteles:
	
	A
	Aristóteles considera a alma como não existente.
	
	B
	Aristóteles considera a alma como sendo um princípio sem importância.
	
	C
	Aristóteles considera a alma como sendo um princípio ambíguo.
	
	D
	Aristóteles considera a alma como sendo formalmente princípio vital.
	
	E
	Aristóteles considera a alma como um princípio material.
	1 
Questão 6/10 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Proslogium foi escrito entre os anos de 1077 e 1078 e constitui, junto com o Monologium (1076), as obras de reflexão sobre a existência e a essência de Deus”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SIMÕES, Mauro. Cardoso. Os Caminhos da reflexão Metafísica: fundamentação e crítica. Curitiba: Intersaberes, 2015. p. 147.
A partir do fragmento acima e dos demais conteúdos do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, assinale o nome do argumento de santo Anselmo, acerca da existência de Deus:
	
	A
	Argumento filosófico.
	
	B
	Argumento científico.
	
	C
	Argumento empírico.
	
	D
	Argumento ontológico.
	
	E
	Argumento metafórico.
	1 
Questão 7/10 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Para entender a natureza da alma, Agostinho confia muito mais na 'introspecção' e na autoanálise do que na relação das faculdades da alma com seus respectivos objetos.”
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SIMÕES, Mauro. Cardoso. Os Caminhos da reflexão Metafísica: fundamentação e crítica. Curitiba: Intersaberes, 2015. p. 136.
Considerando o fragmento acima e os demais conteúdos do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, sobre as três diferentes operações do espírito, assinale a alternativa correta:
	
	A
	Sensitiva, emocional e capacidade de memorização.
	
	B
	Alma racional, alma vegetativa e alma irascível.
	
	C
	Alma moderada, alma nobre e alma de prata.
	
	D
	Pensamento, sentimento e vontade.
	
	E
	Intelecção, desejo e memória, faculdades que indicam que o homem participa da eternidade.
	1 
Questão 8/10 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Há, no mundo de Aristóteles, transformações muito mais radicais que os movimentos locais, quantitativos ou qualitativos”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SIMÕES, Mauro. Cardoso. Os Caminhos da reflexão Metafísica: fundamentação e crítica. Curitiba: Intersaberes, 2015. p. 108.
Considerando o fragmento acima e os demais conteúdos do livro-base

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.