A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
peça 2° fase OAB civil - ação reintegração de posse

Pré-visualização | Página 1 de 1

peças 2º fase - conceitos - DIREITO CIVIL OAB   
por @bru.direito  
  
AÇÃO DE REINTEGRAÇÃO DE POSSE  
ENDEREÇAMENTO : AO JUIZ DE DIREITO (A depender do valor do imóvel, a ação poderá ser proposta no Juizado  
Especial Cível ou na Justiça Comum.)  
  
LEGITIMIDADE : quem tem a propriedade, art 560 e 561 do CPC  
  
CABIMENTO : art 560 a 568 do CPC, 555  
  
FUNDAMENTO : O artigo 1.200 e 1.208 do Código Civil  
  
TEMPESTIVIDADE : - posse nova : menos de 1 ano e 1 dia; posse velha : mais de 1 ano e 1 dia;  
  
HIPÓTESES : quando ocorrer o esbulho (“O esbulho possessório ocorre quando alguém possuidor de um bem tem  
sua posse tomada de forma injusta, seja de forma violenta, seja de forma clandestina ou irregular, mas sem o uso de  
força. Assim, o possuidor perde o exercício regular da posse que lhe é legítima”).  
  
#¹ provar que possuía o bem de forma legítima e que a perdeu em virtude do esbulho praticado pelo réu.  
  
#² esbulho - O ato pelo qual o possuidor se vê despojado da posse injustamente, por violência ou  
precariedade. Por exemplo, estranho que invade casa deixada por inquilino, comodatário que não devolve a  
coisa emprestada findo o contrato (...) o possuidor poderá então intentar ação de reintegração de posse.  
  
PEDIDOS :   
“a) deferida a liminar, determinando seja expedido mandado, concedido liminarmente, inaudita altera parte, a  
reintegração de posse do imóvel situado na Rua XXXXX;  
b) Subsidiariamente, caso Vossa Excelência entenda necessária a audiência de justificação nos termos da  
segunda parte do artigo 562 do Novo Código de Processo Civil, requer o autor digne-se Vossa Excelência de  
considerar suficiente (art. 563 do Novo CPC), com a consequente expedição de mandado de reintegração de  
posse;  
c) Ainda subsidiariamente, caso Vossa Excelência não conceda liminarmente, requer o autor a procedência da  
presente ação com a consequente expedição do mandado de reintegração da posse, condenado o réu no  
pagamento das perdas e danos consubstanciadas no valor de R$ XXX por mês, à título de aluguel mensal  
pelo período em que permanecer no imóvel;  
d) ao final julgar procedente a presente ação, tornando definitiva a reintegração de posse, com a condenação  
do réu no pagamento, à titulo de indenização o valor mensal de RS XXXX correspondente ao aluguel, nos  
termos do artigo 582, do Código Civil, pelo período em que permanecer no imóvel;”  
ação possessória  
  
esbulho - bem é tirado da posse do proprietário; - ação de reintegração de posse  
turbação - atos de terceiros impedem a posse do proprietário, ex.: quando o MST adentra alguma propriedade;  
- ação de manutenção de posse ou interdito possessório  
ameaça - proprietário se vê na iminência de esbulho ou turbação, pede tutela antecipada ; interdito proibitório  
*são fungíveis, ou seja, se o pedido for diverso da sentença está correto, desde que se fundamente os  
pressupostos.  
  
  
https://www.jusbrasil.com.br/topicos/10655101/artigo-1200-da-lei-n-10406-de-10-de-janeiro-de-2002
https://www.jusbrasil.com.br/topicos/10654687/artigo-1208-da-lei-n-10406-de-10-de-janeiro-de-2002
https://www.jusbrasil.com.br/legislacao/111983995/c%C3%B3digo-civil-lei-10406-02

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.