A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Asma e DPOC na emergência e CTI

Pré-visualização | Página 2 de 2

Sepse, instabilidade hemodinâmica
· Quando NÃO dar alta: dispneia intensa; DPOC avançado; cianose; falência em responder às medicações; comorbidades graves descontroladas; arritmias; idade avançada (principalmente > 80 anos); suporte domiciliar inadequado; 
· Quando internar no CTI: rebaixamento da consciência; grave dispneia, sem resposta ao tratamento; hipoxemia grave PaO2 < 40; hipercapnia PaCO2 > 60; acidose respiratória grave (pH < 7,25), sepse; 
OBS: VNI não deve ser feita em pacientes mais graves ou com o objetivo de retardar IOT. Para ser feita, o paciente deve ter nível de consciência adequado. 
5