A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
DNA e RNA

Pré-visualização | Página 1 de 1

Introdução aos estudos genéticos 
O que são genes?
	São sequências de DNA que contêm a informação para codificar as cadeias polipeptídicas de uma proteína. De modo geral, são os responsáveis pela transmissão hereditária das características de uma geração para outra.
ÁCIDOS NUCLEICOS
Os ácidos nucleicos consistem de sequências de nucleotídeos.
 Cada nucleotídeo é formado por:
-Uma base nitrogenada, que pode ser uma purina: A ou G ou pode ser uma pirimidina: T ou C, no DNA e U ou C no RNA;
-Uma pentose – desoxirribose, no DNA, ribose, no RNA
-Um grupo fosfato (PO4)
Nucleosídeo= base+ açúcar
Nucleotídeo= base + açúcar+ fosfato
Considerações acerca do DNA
A) Longa cadeia, com filamento de nucleotídeos, formando uma configuração semelhante a escada de uma corda;
B) As ligações entre as bases são feitas por pontes de hidrogênio, sendo duplas entre as bases adenina e timina e triplas entre guanina e citosina
C)As duas fitas polinucleotídicas são antiparalelas, isto é, corram em sentidos opostos, uma corre no sentido 5` - 3´ e a outra no 3´- 5´ 
A+G = T+C 
Qual a diferença entre a rna e dna?
O RNA possui ribose, no lugar da desoxirribose, e uracila, em vez de timina.
CÓDIGO GENÉTICO
O código genético descreve a relação entre a sequência de bases nitrogenadas e a sequência de aminoácidos na proteína que ele especifica. Três bases nitrogenadas adjacentes codificam um aminoácido e formam a unidade de informação genética, ou códon
Características do código genético
A) Sua leitura é feita em trincas de bases ou nucleotídeos
B) É degenerado ou redundante – A sequência de nucleotídeos deve conter o número suficiente de unidades codificadoras para representar 20 aminoácidos
C) É considerado não ambíguo, uma trinca só pode codificar um aminoácido
D) É um código sem superposição
E) É contínuo
F) É universal
G) Há códons iniciadores (ou de iniciação-AUG) e finalizadores (ou de finalização-AUG, UAA e UGA)
Considerações acerca do RNA
1.RNA heterogêneo nuclear (hnRNA)
É o primeiro passo da transcrição.Forma-se a partir do DNA , e grande parte dele nunca sai do núcleo.Apresenta regiões codificadoras(éxons) e não codificadores( íntrons)
2.RNA mensageiro(mRNA)
Transfere a informação contida nos genes estruturais para as sequências de aminoácidos que formam os polipeptídeos.
3.RNA transportador (tRNA)
Sua configuração em forma de trevo torna-o capaz de reconhecer e ligar-se a aminoácidos por uma de suas extremidades e a códons determinados no mRNA pela outra extremidade.Essa especificidade se dá pela atuação da enzima aminoacil-tRna-sintetases.
Bem como é notável a ação do anticódon
4.RNA ribossômico
Esse tipo de RNA é sintetizado nos nucléolos e associa-se a certas proteínas ribossômicas sintetizadas no citoplasma e transportadas para os nucléolos ,formando os ribossomos . 
FUNÇÕES DO DNA
1.O DNA tem função autoduplicadora
No momento da replicaçação, essas ligações rompem-se e a dupla-hélice abre-se, com o auxílio de enzimas denominadas DNA-helicases ,ficando com seus terminais livres para ligarem-se a novos nucleotídeos específicos.Os nucleotídeos são unidos por ação da enzima DNA-polimerase,sendo ligados à fita molde por novas pontes de hidrogênio ,com o auxílio de outra enzima , a DNA-ligase.A DNA-polimerase também faz um processo de revisão ou de reparo,na qual um nucleotídeo recém-adicionado é conferido para que haja certeza de sua complementaridade à base da fita-molde.
Outra enzima,conhecida como primase ,atrai nucleotídeos de RNA complementar para formar uma pequena sequência de RNA,denominada de iniciador,desencadeador ou primer de RNA.
2.O DNA comanda a síntese de proteínas
O DNA também é responsável pela síntese das proteínas necessárias ao funcionamento celular. Essas proteínas são formadas por uma sequência de aminoácidos e suas características funcionais variam de acordo com o número e a posição desses aminoácidos na sua molécula. 
TRANSCRIÇÃO 
É o processo pelo qual a informação genética é transmitida do DNA para o RNA.
Existem pelo menos três tipos de RNA-polimerases:
RNA polimerase I-transcreve o RNA ribossômico
RNA polimerase II-transcreve o RNA mensageiro
RNA polimerase III- transcreve o RNA transportador e outros pequenos RNA´S
 O promotor circunda o primeiro par de bases que é transcrito em RNA, o códon iniciador, e a RNA polimerase move-se ao longo da fita molde até atingir um códon finalizador.
Etapas: 
A) RECONHECIMENTO DO MOLDE:começa com a ligação da RNA polimerase II ao sítio promotor do gene.
B) INÍCIO: são sintetizadas e liberadas as primeiras sequências de RNA, terminando quando a enzima se libera do promotor e a fita de RNA ultrapassa o comprimento mencionado.
C) ALONGAMENTO: a medida que se move ao longo do DNA, a RNA-polimerase alonga a fita de RNA, essa enzima desenrola a dupla hélice de DNA, expondo um novo segmento da fita-molde ,com o qual pareiam os nucleotídeos da fita de RNA em crescimento e atrás dessa região desenrolada, a fita molde de DNA pareia com sua fita complementar para restabelecer a dupla hélice. Finalmente, o RNA emerge como uma fita simples livre.
D) FINALIZAÇÃO ou TERMINAÇÃO:supõe o reconhecimento do ponto a partir do qual nenhuma base mais é adicionada à fita de RNA. Formando no final o RNA heterogêneo nuclear ou pré-Mrna
SPLICING
Consiste na remoção de todos os íntrons do pré-mRNA e na junção dos éxons não contíguos,formando ao fim,dessa etapa ,uma molécula muito menor e funcional.
TRADUÇÃO
 Transmissão da informação genética do mRNA para um polipeptídeo.
1) Formação do complexo de iniciação: depois que o mRNA leva a mensagem copiada do DNA até os ribossomos,uma curta sequência de bases no início de cada mRNA ,denominada de sequência líder,habita-o a ligar-se à pequena subunidade do ribossomo através de pontes de hidrogênio.
2) Início da tradução: esse primeiro aminoácido(met) constitui o início da cadeia polipeptídica,sendo geralmente removido antes do término da síntese da cadeia.Para que o processo continue,os tRNA transportam os aminoácidos ativados até os ribossomos,organizando-os segundo a sequência de nucleotídeos contida no mRNA e que foi transcrita do DNA.
 3) Alongamento da tradução: Depois do primeiro aminoácido trazido pelo respectivo tRNA,um segundo tRNA transporta até esse complexo outro aminoácido, o qual,com o auxílio da enzima peptidil-transferase,forma uma ligação peptídica com o primeiro.
4) Finalização da tradução: Encontrou os códons UAA, UGA e UAG. A seguir, um fator conhecido como fator de liberação, liga-se ao ribossomo, e a cadeia polipeptídica é liberada do ribossomo, o qual, se dissocia em suas subunidades, que estarão prontas para começar uma nova síntese.