A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
44 pág.
Capitulo - XI - EQUILIBRIO_IONICO

Pré-visualização | Página 4 de 9

máxima, em mol, desse 
sal que será completamente dissolvida em 1,0 litro de água, nessa temperatura é:
a) 3,6 x 10–15
b) 6 x 10–8
c) 1,2 x 10–5
d) 7,3 x 10–5
e) 1,2 x 10–2
13. (Souza Marques – 2000 – Primeiro semestre) 
Uma solução de hidróxido de sódio tem pH = 12. O hidróxido está totalmente dissociado. A concentração 
dessa solução é igual a:
a) 0,1 g.L–1
b) 0,2 g.L–1
c) 0,4 g.L–1
d) 0,6 g.L–1
e) 0,8 g.L–1
14. (Souza Marques – 2000 – Primeiro semestre) 
A concentração do cátion alcalino-terroso em uma solução saturada de um fosfato de metal alcalino-terroso 
é igual a 6 x 10–6 mol (de íons) por litro, a 25°C. O produto de solubilidade desse sal, a 25°C, é numericamente 
igual a:
a) 3,46 x 10–27
b) 1,80 x 10–25
c) 1,74 x 10–18
d) 5,76 x 10–16
e) 5,76 x 10–6
15. (Souza Marques – 2001 – primeiro semestre) 
O pH de uma solução de hidróxido de sódio, totalmente dissociado, é igual a 12. A massa de hidróxido existente 
em 200 mL de solução é:
a) 0,08g
b) 0,16g
c) 0,32g
d) 0,40g
e) 0,80g
16. (Unigranrio – 2014 – Primeiro etapa) 
O pOH de uma solução de concentração hidrogeniônica [H+] igual a 10–8 mol.L–1, será de:
a) 8
b) 7
c) 4
d) 6
e) 10
PROJETO BIOMÉDICAS - QUÍMICA 
Equilíbrio Iônico – Capítulo XI 341
17. (Unigranrio – 2011 – Primeiro etapa) 
A concentração hidrogeniônica de suco de limão puro é 10–2 mol.L–1. O pH de um refresco preparado com 
30 mL deste suco acrescido de 270 mL de água é igual a:
a) 13
b) 12
c) 3
d) 2
e) 0,5
18. (UNIFESO – 2013 – Primeiro semestre) 
O valor do pH de uma solução aquosa pode ser determinado com o uso de um aparelho denominado pHmetro 
que consiste em um eletrodo acoplado a um potenciômetro. Esse aparelho é um multivoltímetro com uma 
escala que converte o valor do potencial do eletrodo em unidades de pH. Quando o aparelho revela que, na 
temperatura de 298 K, o valor do pH de determinada solução aquosa é iguala 3,0, significa que esta contém:
a) Três mol de íons H+ por metro cúbico de solução
b) Três mol de íons H+ por litro de solução
c) Um mol de íons H+ por metro cúbico de solução
d) Onze mol de íons OH– por metro cúbico de solução
e) Onze mol de íons OH– por litro de solução
19. (Souza Marques – 2011 – Primeiro semestre) 
Quando adicionamos um pouco de vinho tinto a uma solução aquosa incolor de hidróxido de sódio, 
verificamos que esta adquire uma coloração azulada. Quando o mesmo procedimento é aplicado a uma 
solução aquosa incolor de ácido nítrico, visualizamos o surgimento de uma coloração avermelhada. Com base 
nessas informações, é possível prever que a adição de vinho tinto tornará azulada uma solução aquosa de:
a) NaCl
b) C6H5COOH
c) NH4Cl
d) K2SO4
e) KOH
20. (UNIFESO – 2011 – primeiro semestre) 
Considere três soluções aquosas A, B e C preparadas conforme o procedimento mostrado a seguir:
Solução A: dissolução de 2,244 g de hidróxido de potássio em água suficiente para completar 200 mL de 
solução;
Solução B: dissolução de 3,185 g de ácido sulfúrico em água suficiente para completar 100 mL de solução;
Solução C: dissolução de 1,2 g de hidróxido de sódio em água suficiente para completar 200 mL de solução.
Transferindo-se os conteúdos das três soluções para um único recipiente e considerando a dissociação 
completa dos eletrólitos, o pH da solução resultante dessa mistura será igual a:
a) 2
b) 4
c) 5
d) 10
e) 12
PROJETO BIOMÉDICAS - QUÍMICA 
Equilíbrio Iônico – Capítulo XI342
21. (Souza Marques – 2004 – Primeiro semestre) 
A concentração de ácido etanoico (Ka = 10–5) num determinado vinagre é igual a 0,1 mol.L–1. Assinale a opção 
que indica a concentração aproximada de íons etanoato, em mol.L–1, nesse vinagre:
a) 1,0 x 10–5
b) 6,0 x 10–3
c) 1,0 x 10–3
d) 6,0 x 10–2
e) 2,0 x 10–5
22. (Estácio de Sá – 2007) 
100 mL de solução 0,01 mol.L–1 de HCl foram misturados a 105 mL de solução também 0,01 mol.L–1 de NaOH. 
Sabendo-se que o logaritmo de 2,44 é igual a 0,39, determine:
a) A concentração molar em excesso após a reação;
b) O pH da solução resultante.
23. (Estácio de Sá – 2007) 
Uma das formas mais destrutivas de poluição é a chuva ácida. Ela se forma quando gases formados por 
óxidos de nitrogênio e de enxofre, produzidos principalmente por atividades industriais, reagem com água 
da atmosfera produzindo ácido nítrico e sulfúrico. Estes precipitam-se no solo pela ação da chuva. Considera-
se chuva ácida a que apresenta pH inferior a 5,6. Em determinada região, formou-se uma chuva ácida com pH 
igual a 3. Considerando que ela seja formada somente por ácido nítrico que esteja totalmente ionizado, que 
massa deste ácido está contido em 1m³ da chuva?
a) 63 g
b) 63 kg
c) 31,5 g
d) 31,5 kg
e) 1 kg
24. (EMERSCAM – medicina – segundo semestre – 2009) 
“Leite de Magnésia” é o nome comercial para a suspensão de hidróxido de magnésio, Mg(OH)2, cujo Kps é igual 
a 9 x 10–12 (25°C). É usado como laxativo (e até como antiácido - uso restrito - ou para diminuir a oleosidade 
da pele). A solubilidade em água desse hidróxido, expressa em mol.L–1, é igual à:
a) 9 x 10–12
b) (9 x 10–12)1/2
c) (9 x 10–12 / 4)1/3
d) 3 x 10–6
e) 3 x 10–12
25. (Souza Marques – 2012 – Primeiro semestre) 
A 25°C, a constante de ionização do ácido butírico responsável pelo odor da manteiga rançosa, é igual a 
1,5 x 10–5.
OH
O
PROJETO BIOMÉDICAS - QUÍMICA 
Equilíbrio Iônico – Capítulo XI 343
Assinale a alternativa que apresenta o ácido que possui, na mesma temperatura, constante de ionização de 
valor inferior a 1,5 x 10–5.
a) Ácido 2 – clorobutanóico
b) Ácido 2,2 – diclorobutanóico
c) Ácido etanóico
d) Ácido metanóico
e) Ácido pentanóico
26. (Vassouras – medicina – 2013 – Primeiro semestre) 
O principal componente do suco gástrico produzido no estômago é o ácido clorídrico, em uma concentração 
de 0,01 mol.L–1.
a) Escreva a fórmula molecular do ácido clorídrico.
b) Determine o pH do suco gástrico.
27. (Vassouras – medicina – 2015 – Segundo semestre) 
A produção de HCl pelo estômago, quando excessiva, forma uma solução aquosa com concentração igual a 
0,01 mol.L–1, levando a acidez estomacal. Para atenuar esse sintoma, é comum a ingestão de leite de magnésia, 
uma suspensão aquosa de Mg(OH)2. 
a) Apresente a equação química completa e balanceada da reação de neutralização ocorrida e 
determine o pH da solução aquosa de HCl.
b) Calcule o volume, em mililitros, de leite de magnésia com concentração igual a 0,04 mol.L-1, 
necessário para neutralizar 100 mL da solução ácida.
28. (Vassouras – medicina – 2015 – Primeiro semestre) 
A substância de fórmula química BaSO4 é utilizada como contraste em exames radiológicos. A baixa 
solubilidade deste composto na água dificulta sua absorção pelos tecidos do organismo humano. A 25°C, a 
constante de solubilidade do BaSO4 é igual a 1,0 x 10–10.
a) Nomeie a substância de fórmula BaSO4 e indique a função inorgânica a qual ela pertence.
b) Calcule a solubilidade dessa substância, em grama por litro, a 25°C.
29. (Vassouras – medicina – 2014 – primeiro semestre) 
A dissolução do ácido propanoico, utilizado como conservante na indústria de alimentos, gera o ânion 
propanoato e o cátion hidrogênio. A ionização do ácido propanoico em água, na concentração inicial de 
2,3 x 10–3 mol.L–1, acarreta a formação de uma solução com pH igual a 3,0. 
a) Apresente a fórmula estrutural e a fórmula molecular do ácido propanoico.
b) Calcule as concentrações, em mol.L–1, de íon hidrogênio e de ácido propanoico na solução, após a 
ionização.
30. (Estácio de Sá – medicina – 2009 – segundo semestre) 
Dada a reação: CH3COOH + H2O = CH3COO– + H3O+, se adicionarmos acetato de sódio (etanoato de sódio), em 
meio aquoso, à este equilíbrio, em temperatura constante, de acordo com o princípio de Le Chatelier, pode-se 
afirmar que o equilíbrio se desloca para a:
a) Esquerda e o valor de Ka aumenta;
b) Direita e o valor de Ka não se altera;
c) Esquerda e o valor de Ka não se altera;
d) Direita e o valor de Ka aumenta;
e) Esquerda e o valor de Ka diminui.
PROJETO BIOMÉDICAS - QUÍMICA 
Equilíbrio Iônico – Capítulo XI344
31. (Unigranrio – 2016 –