A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Histologia - Sistema cardiovascular (parte 3) (30.10.20)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Capilares 
São nos capilares onde ocorrem as trocas de substâncias entre o 
sangue e os tecidos. São constituídos de apenas uma camada de células 
endoteliais e sua lâmina basal, possuindo presença de zônulas de oclusão 
entre as células. 
Além disso, também há presença de pericitos, que são células de 
origem mesenquimal, que compartilham a lâmina basal do endotélio. Elas 
são capazes de responder a lesão dos vasos, se diferenciando para 
formar novos vasos e células do tecido conjuntivo ou do músculo liso. 
 
Tipos de capilares 
Existem três tipos de capilares: contínuos, fenestrados e sinusóides. 
Os capilares contínuos apresentam cavéolas (pequenas cavidades), 
lâmina basal contínua, e podem ter junções oclusivas. Estão presentes 
em músculos, tecido nervoso, ossos, pulmão, timo e nos tecidos em 
geral. 
Os capilares fenestrados possuem presença de orifícios de 10 a 
100mm, com ou sem diafragma, e lâmina basal contínua. Estão 
presentes nos rins, glândulas endócrinas e vilos intestinais. Por fim, os 
capilares sinusóides, que são grandes, descontínuos e possuem partes 
sem lâmina basal. Estão presentes no fígado e baço. 
 
Células endoteliais 
As células endoteliais tem origem mesodérmica e formam o 
endotélio: epitélio simples pavimentoso, revestimento de vasos e 
coração. Tem atividade anticoagulante e permeabilidade seletiva. Fazem 
a regulação da pressão sanguínea e da resposta imune/inflamatória. 
Participam da angiogênese, estimulando a formação de novos vasos 
sanguíneos, e lipólise, lise de lípideos. Possuem cavéolas, que são 
pequenas cavidades que fazem transporte de substância de pinocitose 
e transcitose. 
Sistema cardiovascular (parte 3) 
Capilar 
Pericito 
Célula endotelial 
Capilar contínuo no 
cérebro 
Capilar 
fenestrado 
no 
glomérulo, 
no rim. 
Capilar 
sinusóide no 
fígado 
 
 
 As células endoteliais podem ser ativadas para responder a lesão. 
As secreções capazes de ativar as células endoteliais são: 
 
Veias 
São vasos onde a pressão sanguínea é baixa. Nas veias, as túnicas 
são menos definidas do que nas artérias e as paredes são bem mais 
delgadas do que das artérias correspondentes. Podem possuir valvas, 
que são prolongamentos semilunares da túnica íntima. 
Vênulas 
As vênulas apresentam estrutura similar à dos capilares, mas o 
diâmetro é maior. Tem uma camada endotelial com presença de 
pericitos, a camada média, em sua maioria, é inexistente ou com poucas 
fibras musculares e sua túnica adventícia é muito delgada. 
 
Veias de pequeno calibre 
A túnica íntima possui endotélio com membrana basal. A túnica 
média possui 2 a 3 camadas de células musculares e a túnica adventícia 
é formada de tecido conjuntivo. É difícil fazer diferenciação entre as 
túnicas, pela espessura da parede. 
 
Veias de médio calibre < 1cm 
Possui a túnica íntima pouco desenvolvida, com camada subendotelial 
escassa ou pode estar ausente, túnica média inexistente ou com 
poucas fibras musculares e a túnica adventícia relativamente 
desenvolvida com presença de fibras musculares. Ela pode apresentar 
valvas, com dobras da túnica íntima, ricas em fibras elásticas. 
 
Veias de grande calibre 
A túnica íntima é bem desenvolvida, podendo apresentar membrana 
elástica interna, a túnica média é delgada e a túnica adventícia é bem 
desenvolvida. Também tem presença de valvas e vaso vasorum. 
Túnica íntima 
Túnica média 
Túnica adventícia 
Fibras musculares 
 
 
 
Artérias X Veias 
As artérias tem a parede mais espessa, com diâmetro externo 
menor e a luz é mais estreita. As veias tem a parede mais delgada, 
com diâmetro externo maior e sua luz é mais ampla. 
Nas artérias, a túnica média é mais espessa que a sua túnica 
adventícia e nas veias, a túnica adventícia é mais espessa que a sua 
túnica média. 
Sistema linfático 
É um sistema de canais que coletam o excesso de líquidos intersticial 
que retorna para o sangue. Os vasos linfáticos possuem estrutura 
semelhante à das veias, com paredes mais finas, sem separação clara 
entre as túnicas e maior número de válvulas. 
Possuem microfibrilas de ancoragem que se inserem no conjuntivo 
adjacente e possuem válvulas para impedir retorno da linfa. Os vasos 
convergem para os ductos coletores, similares a veias de maior calibre.