A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Anatomia Radiográfica - Dentes e Estruturas de Suporte

Pré-visualização | Página 1 de 1

] as imagens radiográficas são formadas por tons de cinza 
] corpos espessos ou densos -> absorvem raios-X -> raios-X não 
atingem o receptor de imagem -> não sensibilizam o sensor -> região 
clara = imagem radiopaca 
] corpos finos ou poucos densos -> não absorvem raios-X -> raios-X 
atingem o receptor de imagem -> sensibilizam o sensor -> região 
escura = imagem radiolúcida 
Órgão Dentário e Estruturas 
Dentárias 
Esmalte 
] é o tecido mais mineralizado do organismo 
] tem grande capacidade de atenuar os raios-X, sendo o tecido 
mais radiopaco do dente 
] recobre toda a coroa dentária, tendo menor espessura na junção 
amelocementária 
] as regiões proximais tem maior radiopacidade 
] a região de borda incisal tem menor radiopacidade 
] a região oclusal também é bastante radiopaca 
] nos dentes posteriores, as cúspides V e L são projetadas em níveis 
diferentes do filme 
- as cúspides vestibulares são menos nítidas e ampliadas 
- as cúspides linguais são mais nítidas e sem grandes distorções 
Dentina 
] tecido mineralizado, porém em menor grau que o esmalte 
] apresenta-se radiopaca, mas em menor intensidade que o esmalte 
] representa a maior parte do constituinte dentário 
Cemento 
] recobre a dentina na porção radicular 
] tecido menos mineralizado que a dentina e o esmalte 
] normalmente não pode ser distinguido em radiografias por ser 
muito delgado, somente em casos de hipercementose radicular 
] junção amelocementária: região de término da dentina revestida 
por esmalte e início da porção revestida por cemento; observada 
como um ponto nas proximais dos dentes 
Câmara Pulpar e Condutos Radiculares 
] a polpa é um tecido orgânico revestido por dentina, por sua 
composição pouco densa não barra os raios-X; sua imagem é 
radiolúcida 
] ocupa as porções coronária e radicular do dente 
] radiograficamente, a polpa não apresenta imagem, sendo 
representada pelos espaços radiolúcidos da câmara pulpar e dos 
condutos radiculares 
] a câmara pulpar apresenta em seu teto os cornos pulpares, 
projeções do espaço da polpa em direção as cúspides 
Estruturas de Suporte do 
Dente 
Lâmina Dura 
] é a cortical óssea que reveste o alvéolo dentário 
] tem grande densidade e atenua grandes quantidades de raios-x 
] apresenta-se na radiografia como uma linha radiopaca que envolve 
toda a raiz do dente 
* integridade e continuidade: ausência de lesão periapical de origem 
pulpar 
* ausência e descontinuidade: quando associada a imagem periapical = 
provável necrose pulpar 
Crista Alveolar Óssea 
] é a margem gengival do processo alveolar que se estende entre 
os dentes 
] imagem radiográfica de uma linha radiopaca 
] o nível normal da crista alveolar é cerca de 2,5 mm abaixo da 
junção amelocementária, podendo ser maior em casos de doença 
periodontal 
Espaço Periodontal 
] é a imagem radiolúcida do ligamento periodontal 
] aparece como uma linha radiolúcida entre a lâmina dura e a 
superfície radicular do dente 
] através da delimitação do espaço periodontal e da lâmina dura 
pode-se determinar as raízes dos dentes multirradiculados 
] a raiz lingual/palatina é sempre mais longa 
Osso Alveolar ou Trabeculado 
] é o osso que se encontra delimitando as corticais ósseas 
] é formado por placas ósseas entremeadas por espaços ovais 
preenchidos por medula óssea 
- maxila anterior: trabéculas finas e numerosas, formando um 
padrão granuloso, com espaços medulares numerosos e pequenos 
- maxila posterior: semelhante à região anterior, porém os espaços 
medulares podem ser mais amplos 
- mandíbula anterior: trabéculas mais espessas e em menor número 
que na região correspondente da maxila; espaços medulares mais 
amplos; trabeculado mais horizontal 
- mandíbula posterior: os espaços medulares ficam mais amplos e o 
número de trabéculas diminui bastante, aumentando a radiolucidez 
da região 
Materiais Restauradores 
] os materiais restauradores possuem imagens radiográficas 
diferentes a depender de suas densidades, espessura e número 
atômico 
] o número atômico é o que mais influência 
] amálgama de prata: apresenta imagem radiopaca; atenua quase 
100% dos feixes de raios-X 
] ligas áureas: apresenta imagem radiopaca similar à do amálgama 
] guta-percha: material emborrachado constituinte de cones para 
obturação dos canais radiculares; imagem radiopaca de menor grau 
que as ligas metálicas 
] resina composta: aspecto radiopaco 
- as restaurações de silicato usadas antigamente tem aspecto 
radiolúcido, muitas vezes se confundindo com lesões de cárie