A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Elementos da Anamnese

Pré-visualização | Página 1 de 1

Fernanda Daumas – Medicina\ LH I 
 
Elementos da anamnese 
➢ Identificação (ID) 
➢ Queixa Principal (QP) 
➢ História da doença atual (HDA) 
➢ Interrogatório Sintomatológico (IS) 
➢ Antecedentes pessoais e familiares 
➢ Hábitos de Vida 
➢ Condições socioeconômicas e culturais 
IDENTIFICAÇÃO 
Perfil sociodemográfico que possibilita a interpretação 
dos dados individuais e coletivos do paciente. 
➢ Nome 
➢ Idade 
➢ Sexo 
➢ Cor/etnia 
➢ Estado civil 
➢ Profissão 
➢Local de trabalho 
➢ Naturalidade 
➢ Procedência 
➢ Residência 
➢ Religião 
➢ Nome do responsável/acompanhante 
QUEIXA PRINCIPAL 
Registra-se a queixa principal ou o motivo que levou o 
paciente a procurar o médico. 
• Registrar as palavras exatas do paciente, usando aspas 
• Ex: Dor de ouvido, Dor no peito a 2h, Exame periódico 
de trabalho. 
HISTÓRIA DA DOENÇA ATUAL (HDA) 
Registro cronológico e detalhado do motivo que levou o 
paciente a procurar assistência médica, desde o seu 
início até a data atual. ETAPA MAIS IMPORTANTE DA 
ANAMNESE. 
NORMAS PARA SE OBTER UMA BOA HDA: 
 • Deixe que o paciente fale sobre sua doença 
• Determine o sintoma-guia (Ex: convulsão na epilepsia) 
• Descreva o sintoma-guia com suas características e 
analise-o minuciosamente 
• Use o sintoma-guia como fio condutor da história e 
estabeleça as relações das outras queixas com ele em 
ordem cronológica 
• Verifique se a história obtida tem começo, meio e fim 
• Não induza respostas 
• Apure evolução, exames e tratamentos realizados em 
relação a doença atual 
• Leia a história que escreveu para o paciente, a fim de 
que ele possa confirmar ou corrigir algum dado 
relatado, ou mesmo acrescentar uma queixa esquecida. 
COMO ANALISAR UM SINTOMA? 
 
Exemplo: 
Médico: Quando a dor surgiu? Paciente: Há 3 dias. 
Médico: Como ela começou? Paciente: De repente, 
depois que peguei um saco de cimento. Médico: Onde 
Fernanda Daumas – Medicina\ LH I 
 
dói? Paciente: A dor é no peito, do lado direito, na 
frente. Médico: A dor irradia? Ela anda? Paciente: A dor 
vai para as costas. Médico: Quanto tempo dura? 
Paciente: O tempo todo, não para. Médico: Como é essa 
dor? Paciente: É uma dor forte, em pontada. Médico: O 
que melhora a dor? Paciente: Melhora quando eu deito 
do lado direito. Médico: O que piora a dor? Paciente: A 
dor piora quando faço esforço físico e a noite quando 
esfria o tempo. Médico: Você está tossindo? Paciente: 
Não. Médico: Você tem falta de ar? Paciente: Eu sinto 
um pouco de falta de ar sim. Médico: Essa dor se 
modificou nesses 3 dias? Paciente: Ontem eu tomei um 
analgésico e a dor melhorou, mas é só o efeito do 
remédio acabar que a dor volta. Médico: Como está a 
dor agora? Paciente: Agora a dor está muito forte e 
dificultando a minha respiração. Nada mais melhora. 
Preciso de ajuda. 
INTERROGATÓRIO SINTOMATOLÓGICO 
 Avaliação detalhada dos sintomas de cada sistema 
corporal. Complementar a HDA e avaliar práticas de 
promoção a saúde. 
➢ Sintomas gerais ➢ Pele e fâneros ➢ Cabeça e 
pescoço ➢ Tórax ➢ Abdome ➢ Sistema Geniturinário 
➢ Sistema endócrino ➢ Coluna vertebral, ossos, 
articulações e extremidades ➢ Músculos ➢ Artérias, 
veias, linfáticos e microcirculação ➢ Sistema nervoso ➢ 
Exame psíquico e avaliação das condições emocionais. 
ANTECEDENTES PESSOAIS E FAMILIARES 
ANTECEDENTES PESSOAIS FISIOLÓGICOS: 
➢ Gestação e nascimento (como foi a gravidez da mãe, 
doenças durante a gestação, condições de parto, 
número de irmãos...) 
 ➢ Desenvolvimento psicomotor e neural (Dentição, 
quando andou, quando desenvolveu a fala, 
aproveitamento escolar...) 
➢ Desenvolvimento sexual (Puberdade, Menarca, 
Menopausa...) 
ANTECEDENTES PESSOAIS PATOLÓGICOS: 
➢ Doenças sofridas pelo paciente ➢ Alergias ➢ 
Cirurgias ➢ Traumatismos ➢ Transfusões sanguíneas 
➢ História Obstétrica ➢ Vacinas ➢ Medicamentos 
ANTECEDENTES FAMILIARES: 
➢ Doenças adquiridas ➢ Doenças hereditárias  
genealogia ➢ Causa dos óbitos em parentes de 1º grau 
HÁBITOS E ESTILO DE VIDA 
Documenta hábitos e estilo de vida do paciente: 
➢ Alimentação ➢ Ocupação atual e ocupação 
anteriores ➢ Atividades Físicas ➢ Consumo de Tabaco 
➢ Consumo de bebidas alcoólicas ➢ Uso de 
anabolizantes ➢ Uso de drogas ilícitas 
CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS E 
CULTURAIS 
 Avaliam a situação financeira, vínculos afetivos 
familiares, filiação religiosa e crenças espirituais do 
paciente, bem como condições de moradia e grau de 
escolaridade 
➢ Habitação ➢ Condições socioeconômicas ➢ 
Condições culturais ➢ Vida conjugal e relacionamento 
familiar