A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
indicadores de desempenho

Pré-visualização | Página 1 de 1

INDICADORES DE DESEMPENHO
	Os indicadores de desempenho são utilizados pela gestão organizacional para saber se aquilo que foi planejado de fato está sendo cumprido. Eles representam parâmetros de avaliação que orientam as ações da gestão, no sentido de correção de rumo nos casos em que não se observa o atendimento às demandas do planejamento em termos de objetivos.
	Sua capacidade informacional é bem ampla e depende muito do que se pretende avaliar e qual a amplitude dessa avaliação. Segundo Pereira (2001a, p. 197) “[…] a expressão avaliação de desempenho pode assumir diversos significados, dependendo do sentido conferido ao termo avaliação e do contexto”, o que pressupõe indicadores específicos e personalizados para cada organização ou para cada tipo de avaliação específica dentro dela. Cada indicador específico de desempenho busca avaliar algum aspecto da estrutura financeira e econômica da organização. “A análise e a mensuração de desempenho podem ser definidas como o processo de se quantificar uma ação, onde mensuração é um processo de quantificação e a ação é aquele que provoca o desempenho” (PACE; BASSO; SILVA, 2003, p. 39).
	Dessa forma, consideramos que a avaliação de desempenho está diretamente relacionada com a identificação e elaboração de indicadores que evidenciarão os resultados obtidos por atividade. Segundo Pace, Basso e Silva (2003, p. 40), “medidas de desempenho, por um lado, constituem a variável crítica para a afirmação do sucesso pessoal, da equipe ou de grupos e por outro elas não podem deixar de estar em permanente renovação na busca de ganhos ampliados”. É importante ressaltarmos que a organização geralmente se utiliza de indicadores de desempenho para medir a eficiência de seus funcionários, bem como de sua própria capacidade de gestão. O acompanhamento contínuo permite um aumento da possibilidade de sucesso da organização, principalmente pela possibilidade de correções ao longo de sua operação. 	As omissões ou correções tardias comprometem a saúde financeira e econômica das empresas de forma muito rápida. 
Indicadores de desempenho financeiro 
	Os indicadores de desempenho financeiro representam aqueles que oferecem, de algum modo, escala de valor no processo de avaliação. Geralmente eles são representados por metas mensuráveis a serem cumpridas e ou volumes de produção a serem alcançados pelos colaboradores. 
Indicadores não financeiros 
	Os indicadores não financeiros – não confundir com não quantitativos – executam um importante papel no sentido de avaliar de forma proativas algumas tendências relacionadas à qualidade da operação empresarial em vários de seus aspectos que envolvem a satisfação dos clientes internos e externos. Eles permitem a análise de desempenho por meio de avaliação das tendências, permitindo que se tenha uma ideia sobre como se comportarão as variáveis mensuradas em determinadas atividades antes mesmo de sua realização. Por isso são proativas. 
	Os indicadores não financeiros possibilitam a prevenção de algumas ações prejudiciais ao andamento empresa. São, portanto, considerados como indicadores de prevenção em contrapartida aos indicadores financeiros que, prioritariamente, medem atividades já realizadas.